O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A inexistente neutralidade.

Serra está mortalmente ferido por uma potente bolinha de papel, (certamente mais uma arma de extermínio em massa, não tão potente como a televisão é claro...).
É um candidato sem povo. Fantasmagórico. Contrata extras para encher os cenários vazios de uma campanha vazia de verdadeiras boas intenções e cheia dos propósitos inconfessos de seus senhores e seus asseclas aqui e nas casas grandes internacionais "financiando" a "democrática" manutenção do lucrativo milenar escravismo.  

Quem cala consente, e vira cúmplice. Que dizer desses religiosos oportunosserristas que batem no peito e afirmam-se 90% dos "cristãos" brasileiros? Serão eles aqueles mesmos vendilhões do templo que encolerizaram Jesus e agora reencarnam só para nos infernizar sem trégua?

Enrolar os mantidos na ignorância da prisional midiocracia é sua especialidade. Não há porteira fechada para os psicopatas. Desde quando escravagista coloca azeitona no comedouro de seus senzalados? Nem os caroços... 
Nesta semana que antecede "as eleições", repentinamente, todos os super mercados aumentaram todos os preços, como uma orquestra afinada pelo inaudível e invisível diapasão da escassez planejada de tudo. Pode conferir. 

A neutralidade é uma ilusão à toa... Ou melhor, é um "barato" que só nos custa a vida, e isso nos sai muitíssimo caro, mas faz a alegria dos vampiros banqueiros.

Não há nenhum caminho "do" meio, à duras penas podemos caminhar o caminho "no" meio até que, desiludidos e cansados de apanhar no lombo da vida miserável de nossa irresponsabilidade 100% concluímos que temos uma única escolha; ou estamos com a manutenção da casa grande e sua perene escravidão ou estamos na energia vibracional para extinção plena e definitiva de todas as senzalas do mundo.

O resto é a delirante (sempre lucrativa para eles) ilusória esperança de encontrar a inexistente paz eterna em escravistas religiosas mãos abençoando a chibata dos capatazes e capitães do mato ao longo dos descaminhos cercados  por silenciosas sete bases militares na Colombia e a quarta frota armada até os dentes flutuando em cima do pré-sal. 

Brasileiros acordemos, há um pesadelo rondando nossos sonhos, a hora é esta, estejam certos de que se errarmos essa escolha não haverá uma segunda chance, sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Vote 13! Vote Dilma!

Marina se irrita com Serra

A senadora Marina Silva (PV-AC), derrotada no primeiro turno na eleição presidencial, fez duras críticas a setores do PSDB que tentam associar sua imagem à do candidato José Serra. Marina fala em “iniciativas fraudulentas” promovidas por esses setores do PSDB para que Serra ganhe a simpatia de pessoas que votaram nela no primeiro turno.  “Não usem meu nome para o vale-tudo eleitoral”, disse Marina.

A revolta se deu quando a senadora foi informada da circulação de um endereço de e-mail falso (marina@pv.gov.br) e de um post do blog Eu Vou de Serra 45. O texto  manipula declarações dadas por ela durante a campanha do primeiro turno.

“Infelizmente, muitos não aprenderam nada com os resultados das urnas e continuam a promover a política de mais baixo nível ao usar estratagemas banais para buscar votos”, declarou a ex-presidenciável do PV, em seu site oficial.

Marina se declarou neutra neste segundo turno. Em entrevista à revista Isto É nesta semana, lembrou que membros importantes de seu partido, como Fernando Gabeira e Fabio Feldmann, optaram por apoiar Serra, mas que “muita gente” do PV votaria em Dilma.

“Estamos no final do segundo turno, e os brasileiros já tiveram acesso a muitas informações sobre os candidatos à Presidência. Não há mais desconhecidos. O eleitor vai às urnas consciente da sua escolha e não sujeitará a formação de sua opinião àqueles que usam artifícios ingênuos para distorcer a realidade”, afirmou Marina.

Por Alberto Oliveira no Blog do Yahoo

2 comentários:

  1. Acho que agora até quem apóia Serra e é verdadeiramente do bem está envergonhado. Infelizmente Serra por não ter um projeto político verdadeiro apelou para uma guerra suja que só terminará no dia 31. Estou muito preocupado com um possível golpe midiático como foi na Venezuela, que contribuiu para um golpe militar contra Chavez, como foi nos EUA onde a população foi convencida de que havia armas de destruição em massa no Iraque, quando não havia, como foi aqui em 1964, onde houve um primeiro golpe com apoio da mídia corporativa e depois um golpe dentro do golpe com a edição do AI-5.

    Pessoas como o Serra são capazes de tudo para conseguir o que querem e por aí percebe-se que forças atuam por detrás da sua candidatura. Serra não tem escrúpulos, não tem caráter e acha que a população é estúpida, tanto é que mente publicamente como mentiu no último debate ao acusar Dilma de privatizante e incólume continua sua campanha das trevas, da desinformação.

    Recebi tantos emails falsos, tanta boataria, tive minha casa invadida por ligações insistentes de uma máquina, de um robô falante apoiando a campanha de Serra, vi igrejas mandando imprimir panfletos com as maiores mentiras contra a Dilma, vi a mulher de Serra chamar Dilma de assassina de crianças, vi Serra invandir uma igreja no Canindé e expulsar o padre de seu rito porque o padre quis impedir a panfletagem política dentro do recinto religioso, vi pessoas boas serem induzidas a disseminar mensagens falsas, por pura ingenuidade.

    O que é isso, minha gente? Vale tudo? Se para alguém vale tudo isso significa que nada vale, nada tem valor, não há limites éticos, não há respeito, há apenas a sanha inconfessável do poder. É nesse cara que alguns vão votar. Um cara que abandonou a presidência da UNE, teve uma reunião com o líder civil do golpe, fugiu para o Chile, fugiu depois para os EUA deixando a mulher que realizou um aborto de 4 meses, não tem formação em engenharia nem em economia como diz ter, mentiu quando prefeito de São Paulo ao não completar o mandato, teve como principal dirigente da empresa estatal de São Paulo um receptador de jóias roubadas, que ainda roubou 4 milhões de sua campanha, que Serra disse não conhecer, para no dia seguinte dizer que conhecia, que teve como mais recente escândalo a licitação fraudada do metrô, que está envolvido até o pescoço em negociatas das privatizações do governo de FHC, como está apurando a Polícia Federal, que está com 17 processos na Justiça, que espancou os professores de São Paulo, que disse que era a favor da união civil entre homossexuais e depois disse para o pastor Silas Malafaia que vetaria a lei da homofobia...e muito mais. Esse é o cara? Sim, Serra é o cara responsável por eu abraçar a campanha da Dilma com tanta força. Sim, Serra é o cara, é o cara de pau.

    No intento,

    F.A.

    ResponderExcluir
  2. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails