O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 17 de março de 2017

Citando Walfrido para ampliarmos cada vez mais nossas consciências


Caro Walfrido, bem-vindo seja! Como o blogger, assim como o facebook já censuram os que não lhes são afins e nos tolhem sub-repticiamente as ações, e por isso estou impossibilitado de responder aos comentários aqui e em outros blogues, publico seu excelente comentário como forma de continuar agradecendo sua luminosa presença em nossas vidas.


"Walfrido16 de março de 2017 22:10 

"Olá Alo
Devemos considerar que cada indivíduo possui suas próprias convicções, crenças e juízos de valor, cujo conjunto expressa sua “realidade” pessoal. 
Essa “realidade” é o resultado de tudo aquilo que lhe tem sido transmitido e ensinado ao longo de sua vida. A grande maioria das pessoas acredita e considera, como real e verdadeiro, tudo aquilo que foi contado e recomendado pelos pais, ensinado pelos livros, por professores, pela religião, pela mídia, falada e televisiva, sem a preocupação de verificar se tais informações são coerentes. 
Elas passam a formar a base de suas crenças. São informações que lhes penetram pelo consciente e inconsciente fazendo com que passem a aceitá-las como verdadeiras. Elas preenchem suas estruturas e formam a base de seus padrões de comportamento e ética. 
Essas crenças, que funcionam como filtros que impedem a passagem da realidade, faz com que as pessoas só consigam enxergar aquilo que desejam ver, tornando-se cegos para os demais acontecimentos. A grande maioria das pessoas está convencida de que já conhece toda a verdade, pelo menos o que considera conveniente e suficiente conhecer. 
Essas pessoas, para provarem que estão com a razão, procuram descobrir e colecionar argumentos que se ajustam a essas verdades falsas. E isso acaba se tornando uma constante, porque uma falsa crença sempre dá origem a outra. Elas constroem um muro em torno de suas convicções, para protegê-las de influências que possam abalá-las. 
Este muro pode ser alto ou baixo, resistente ou vulnerável, mas nunca tem porta. Ao contrário, tem uma placa com a seguinte inscrição: “Proibida a entrada de verdades alheias”. A partir dessas convicções, todas as suas avaliações passam a ser baseadas em nessa falsa realidade. 
O fato é que a humanidade sempre foi, e continua sendo controlada por um grupo de sociedades e organizações, inclusive religiosas. Esse grupo condiciona toda a sociedade, em toda parte do mundo, a uma condição de escravidão mental, fazendo-a prisioneira de seus interesses. 
Pensar que sua vida é controlada por outras pessoas, organizações, religião, ou sociedade, determina uma condição de escravidão mental que o faz prisioneiro de sua própria vontade e iniciativa. Esse controle, não aparente e disfarçado, é utilizado para condicionar a vontade das pessoas no sentido de garantir os interesses do poder vigente, o qual usa a violência se preciso for, seja ela explícita ou presumida. 
Se sua mente foi programada e condicionada para crer em conceitos e valores falsos, você será propenso a adotar um estilo de vida que justifique esse condicionamento. Nesse caso, o que você é ou possui na vida nesse exato momento, não é mais do que o resultado daquilo que tem sido o tema principal de seus pensamentos. Se você não está satisfeito com o seu atual estilo de vida, você só poderá mudá-lo alterando a programação da sua mente. Mas isso não é tão fácil de fazer. 
Abraços
Walfrido
Em comentário aqui  http://infinitoaldoluiz.blogspot.com.br/2017/03/aos-que-me-questionam-sobre-esta-ideia.html

Na paz da gratidão espero estar contribuindo.

E ainda não acreditam em conspirações?


Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.

Inté!
Na paz da gratidão...

terça-feira, 14 de março de 2017

Aos que me questionam sobre esta ideia de "resgate extraterrestre", "fim de mundo", "salvações da humanidade" e "arrebatamentos"



Aos que me questionam sobre esta ideia de "resgate extraterrestre", "fim de mundo", "salvações da humanidade" e "arrebatamentos" digo humildemente que: nosso mundo é o que supomos conhecer. Crenças e escolhas...

O que não sabemos não existe. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... 

O planeta está dominado pelas energias dos parasitas de almas (frequências de ondas escravistas). Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós na reeducação de nossos egos egoístas.

"Ami-vos uns aos outros como eu vos amei." Onde há amor não há perdão. 

Ninguém virá nos salvar da programação ancestral da escravidão egoísta... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. 

A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente, silenciosa e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. 

Somos almas, tudo é espírito. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estão interconectados na Teia Cósmica.



Na paz da gratidão espero estar contribuindo.

E ainda não acreditam em conspirações?


Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.

Inté!
Na paz da gratidão...

quarta-feira, 1 de março de 2017

Nada é mais


Nada é mais adoecedor do que o egoísmo.
Nada é mais doloroso do que o arrependimento.
Nada é mais curativo do que o perdão.
Nada é mais iluminador do que a gratidão.




E ainda não acreditam em conspirações?


Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.
Inté!
Na paz da gratidão...

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Uma reflexão desafiadora para um dia de eclipse total da luz do sol.



A verdadeira coragem é buscar sua libertação do auto escravismo ao “ter” que escraviza a todos na idolatria do medo de Ser o amor que faz sermos pacíficos, divinos e perfeitos como tudo o que existe na gratidão do ser a perfeição daquilo que somos na paz da gratidão por existirmos como parte da totalidade do que chamamos de Deus, e que nada mais é do que o amor incondicional à toda criatura quando observamos o la fora no silencio da nossa mente consciente.




Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste
planeta.
"O Diabo só tem o poder que você lhe dá..."
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

Inté!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

O blogue não me deixa mais responder os comentários dos visitantes, que fazer?


O "blogger" não me deixa responder!

"Braszil velho de guerras", ou "O joguinho" - (coleção particular) - Acrílico sobre tela 120 cm x 200 cm - ano 2002

Caros amigos aceitem desde já minhas desculpas.
Vou explicar:
Não mexo nem mudo nada no modelo nem nas configurações deste blogue desde o ano 2009. 
Podem conferir. 

E de um mês pra cá... Ao tentar responder aos comentários como administrador imediatamente me transformam em visitante... Exigem que eu escolha o perfil. Eu escolho o perfil, coisa que nunca precisei fazer, escrevo o texto, aperto o publicar e o texto?... Desaparece... E é por isso estou fazendo esta postagem; é para que vocês possam entender porque não tenho respondido os comentários... 

Fica aqui minha explicação, meu pedido de perdão aos amigos e minha reclamação à esta empresa que modifica as regras à revelia do blogueiro que escreve o que certamente "não lhes agrada" nessas minhas "humildes"opinativas postagens... Não dá para levar a serio esta gente, nem coisa alguma que venha deste "sistema"...

Tá registrada a reclamação e a explicação sobre o causo das mensagens sem resposta? Então tá liberada a moderação porque além sem tampa a beira é lisa e já transborda... Vamos daqui para frente conhecer quem é quem com seu cada um. Peço perdão aos comentaristas.

E ainda não acreditam em conspirações?
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.
Inté!
Na paz da gratidão...

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

E assim, "carnavalesca/mente"...



E assim, "carnavalesca/mente", de dórias em dórias e cedaes em cedaes ao som de sua poderosa bateria de panelas, o bloco dos sujos adentra a avenida com suas luxuosas arrasadoras fantasias de nestles&cocacolas agradecendo ao distinto surdo público e pedindo passagem enquanto avança incólume sobre o sambódromo planetário o seu enredo maçônico para 2018 e além - "O 4º Reich nazi sionista é a nossa definitiva Guantánamo total."

Ainda não conseguem ver? Nem ouvir? Tá muito calor? Já pegou sua garrafinha de água suja? Os portões do labirinto do nada já estão se fechando... (Antes de adentrarem a "praça da apoteose" para hastear as bandeiras da vitória calçarão as botas)

o desenho desta postagem foi um dos estudos para o quadro


E ainda não acreditam em conspirações?
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.
Inté!
Na paz da gratidão...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Gotas tautológicas. O misógino.




O misógino odeia em todas as mulheres a mãe que o pariu...




E ainda não acreditam em conspirações?
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.
Inté!
Na paz da gratidão...
Related Posts with Thumbnails