O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

UMA VELA PARA DEUS E OUTRA PARA O DIABO / SERRATUALIZADO em 22 do10

Nunca precisamos tanto de um saneamento básico.
Entre crédulos e mentirosos há pessoas que mentem tanto que acabam ultrapassando a fronteira da realidade. 
Verdadeiros "artistas" a serviço do reino do mal, habilidosos profissionais do engodo, transformam a inverdade do delírio organizado de suas mentes doentias em um discurso, à primeira vista do ladino e mais ainda do ingênuo desavisado, em ardil absolutamente crível e aceitável. Como Deus é amor incondicional e não julga nem pune, geralmente blasfemam usando o seu nome em vão para abrir as portas mais trancadas. O insuspeito estelionatário é em principio uma criatura adorável, primorosa, sedutora,condição primordial para o seu sucesso. Só nos damos conta do golpe lesivo quando é tarde demais e a perda tornou-se, na maioria das vezes, dolorosamente irreparável. Não medem esforços para iludir-nos quando, obsessivos, não respeitam nada nem ninguém, desconhecem a ética e a verdade e colocam-se dolosamente acima do bem e do mal. Pior ainda quando agem em bandos. Diabólicos. A dominadora "casa grande" da velhíssima nova ordem mundial escravagista tem nesses personagens seus maiores e melhores atores. Os fatos são históricos.

ELES NÃO TEM PODER ALGUM! SÃO MUITO POUCOS E NÓS SOMOS MILHÕES.
NÓS, O POVO, QUE ELES MANTÉM SENZALADO E DO QUAL NÃO PODEM PRESCINDIR, É QUE TEMOS O PODER!

NOSSA DESCRENÇA EM NOSSO PODER INFINITO É QUE OS SUSTENTA NOS OPRIMINDO E EXPLORANDO MILENARMENTE. ESCOLHA AQUELES QUE TE PERMITIRAM, SEM PORRADA E TORTURAS, PENSAR E ESCOLHER MUDAR ESTES 500 ANOS DE PERMANENTE ESCRAVIDÃO BENEFICIANDO UMA MINORIA QUE NOS ESCARNECE JOGANDO AS MIGALHAS DAS SUAS MESAS FARTAS PARA O CHÃO ONDE CATAMOS DE JOELHOS.

O INUMANO ESCRAVAGISTA ESTÁ A SERVIÇO DO QUE HÁ DE PIOR NA HUMANIDADE.

ACORDEMOS PARA NOSSA FORÇA INFINITA E NÃO NOS DEIXEMOS IMPRESSIONAR E MANIPULAR POR FARSANTES. NÓS SOMOS MUITO SE ELES MUITO POUCOS.

ATUALIZAÇÂO 22 10 2010 
O político da casa grande não se ruboriza porque não tem sangue nas veias. É um profissional do milenar "teatro" político, por isso escolhi as fotos que ilustram esta postagem.

Eles são financiados para representar o seu papel contratual com a casa grande à que servem. Tem que nos convencer a aceitar de toda e QUALQUER maneira, o que escancaradamente é UMA MENTIRA PARA GARANTIR A PERENE MANUTENÇÃO DAS SENZALAS, com todas as letras maiúsculas. 

Vejam neste novo filme mais detalhes sobre esta mambembe peça teatral "Detalhes tão pequenos de nós dois". Sem qualquer vestígio de escrúpulo, mentem e conspiram como respiram. E estes caras ainda querem presidir o Brasil? Quais os interesses por debaixo de tanto cinismo e tanta baixaria? Com que objetivo? Ainda tem alguma dúvida?

Não é que as palavras "caiam do céu" para nos atraiçoar, mas o subconsciente estoca "tudo" e sempre nos trai quando menos damos conta.
O tal médico é um enrolador enrolado, a bolinha de papel deixou-o sem "marcas" para um laudo... Aí inventaram este tal Molina.

Vejamos no filme que o presidente do PSDB depois de uma cantilena sem convicção, fundo ou pé nem cabeça tentando enrolar os senzalados trouxas, lá pelo final do seu discurso de cão de guarda da casa grande, TRAÍDO POR SEU SUBCONSCIENTE, usa a palavra "CONSPIRAMOS". Diz: "NÓS NUNCA CONSPIRAMOS CONTRA ELE! 
Só faltou receber uma ligação em seu celular, tipo a que recebeu serra com as instruções do diretor da pantomima. Coisa que esqueceram de fazer também com "o médico" para que ele pelo menos soubesse onde foi que pegou o "tijolaço".

ELES NÃO TEM PODER ALGUM, NÓS, O POVO, QUE ELES MANTÉM SENZALADO, É QUE TEMOS O PODER.
NOSSA DESCRENÇA EM NOSSO PODER INFINITO É QUE OS SUSTENTA NOS OPRIMINDO E EXPLORANDO MILENARMENTE. ESCOLHA AQUELE QUE TE PERMITIRAM, SEM PORRADA E TORTURAS, PENSAR E ESCOLHER MUDAR ESTES 500 ANOS DE PERMANENTE ESCRAVIDÃO.



Bolinhagate: Daniel Florencio mostra que Serra não reagiu ao rolo de fita do Molina



Coisa que esqueceram de dizer também ao "o médico" que o atendeu para que ele pelo menos soubesse onde foi que pegou o "tijolaço" de 1/2 Kg.



 ATUALIZAÇÃO 21 10 2010
Vejam como a mentira tem pernas curtas nesta bendita internet. E este "médico" serrista hein??????????




(Os grifos no texto abaixo são meus.)

20.10.10 - BRASIL
Serra e o saneamento

Roberto Malvezzi, Gogó *

Adital -
É praticamente impossível fazer uma reflexão mais de fundo nesse momento da campanha eleitoral, onde o jogo do poder prevalece sobre a ética e a verdade. Porém, é impossível também não comentar as declarações de Serra sobre o saneamento.

Ele tem afirmado que desenvolverá o saneamento no Brasil, alegando que o governo atual pouco fez nesse sentido. Então, é preciso restabelecer um mínimo de verdade nessa questão.

Em 2004 eu estava na equipe da CNBB que elaborou o texto base da Campanha da Fraternidade, "Água, fonte de vida". Evidentemente tínhamos que nos deparar com a questão do saneamento no Brasil. Então, pesquisando o governo FHC, ficamos sabendo que o Brasil, por força de um acordo com o Banco Mundial e FMI, tinha sido proibido de investir em saneamento por quase uma década. O argumento dos organismos multilaterais era que "não são investimentos, mas despesas". Para equilibrar as contas, então, não se podia investir no saneamento.


Dessa forma, os serviços ficaram ainda mais precarizados; mas, era a lógica de "precarizar para privatizar". Foi feita uma tentativa de monumental da era FHC para privatizar os serviços de água no Brasil. Houve resistência popular, dos sindicatos, de parlamentares vinculados à questão social. As privatizações desse setor, àquela época, pouco avançaram.

Quando estávamos para concluir o texto base, D. Odilo Sherer, então secretário na CNBB, me delegou, juntamente com o Pe. Carlos Tóffoli, para um encontro com o Olívio Dutra, então ministro do Ministério das Cidades. Foi ele que nos apresentou o Marco Regulatório do Saneamento Ambiental para o Brasil. O país precisaria de cerca de 180 bilhões de reais para ser saneado, um investimento médio de oito bilhões ao ano durante vinte anos.

O conceito de "saneamento ambiental" inclui cinco princípios básicos: abastecimento de água para uso doméstico, coleta e tratamento de esgoto, drenagem das águas pluviais, manejo dos resíduos sólidos, controle de vetores transmissores de doenças.

Esse Marco Regulatório do Saneamento foi finalmente aprovado, embora ainda persistam pontos divergentes no Congresso. Na contradição do PAC, o governo atual começou operacionalizar efetivamente o saneamento, embora de forma tantas vezes criticável, como acontece aqui no vale do São Francisco.

Uma questão básica como essa não pode estar à mercê do jogo bruto da conquista do poder. Nossa população mais pobre precisa de um verdadeiro saneamento ambiental, hoje reconhecido pela ONU também como direito fundamental do ser humano.

A conquista do saneamento deveria ser um pacto nacional, para além de todo e qualquer partido.

* Agente Pastoral da Comissão Pastoral da Terra

2 comentários:

  1. Precisamos fazer o saneamento básico das mentes. Minha esperança é que este saneamento já está em curso, a resistência que se faz a este saneamento é natural, e é por isso que a campanha rasteja no lodo, ele está sendo remexido, purificado pela força do saneamento mental que está se criando. Os núcleos mais resistentes encontram-se certamente no PIG (a mídia corporativa ou o Partido da Imprensa Golpista), uma classificação providencial, que reflete justo aquilo que precisa ser limpo.

    Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

    ResponderExcluir
  2. Caro Fernando, o saneamento, queiram ou não queiram está já em processo e me parece que em escala universal.
    Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails