O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Trump venceu?


Há os que confundem espiritualidade (segundo minha modesta maneira de compreender isto) com o "desligamento" (zona do hipotético conforto da alienada inconsciência) do consciente campo eletromagnético que a tudo permeia e sustenta infinitamente através do somatório de todas as vibrações nesse mundo de dualidade e fora dele.

Espiritualidade é a consciencia lúcida da, e na, divinização da materialidade de tudo o que existe (desde cada um de nós) até a Infinta Fonte que nos sustenta incondicionalmente. Tudo existe, e está ligado a tudo, inclusive o que desconhecemos. O que simplifica não complica...

Quanto mais conscientes do que se passa conosco neste mundo, enquanto aqui encarnados, melhores são as chances de conseguirmos mais iluminação. 

Sejamos verdadeiros e a verdade nos libertará. Quanto mais formos capazes de sabermos quem somos e onde estamos neste palco em que representamos a tragicomédia que chamamos de vida melhor será o desempenho de nossos papeis. 

"Buscai o vazio e tudo lhe será acrescentado." Não adianta decoramos as falas mecanicamente, acusarmos uns aos outros e "rezarmos" as falas como papagaios, isso as igrejas impõem há milênios. A palavra consciente é preciso dize-la do fundo da corajosa alma experimentada na solidão silenciosa de si mesma. 

Temos que olhar e pedir a limpeza de nossos pensamentos/sentimentos de cabeça erguida, corajosa/mente, pois eles é que são os nossos verdadeiros inimigos a quem devemos amar e perdoar para corrigirmos, em nós, nossas rotas enquanto caminhamos solitária/mente, inda que, num mundo de bilhões de outras almas com as quais compartilhamos a infinita estrada. Cada um com a solidão de seu cada qual vibracional sabendo que jamais ficaremos "prontos" e liberados dessa tarefa faxinante. Sempre haverá o degrau avante.

Crenças e escolhas são sempre no AGORA, e, sempre haverá o que iluminar neste mundo de imposta ignorância e escuridão. Estamos aqui só por isto e para isto. Nada mais há a fazer além de orar (tomar consciencia e pedir a divindade que nos faça a limpeza amorosa dessas memórias compartilhadas com todos milenar/mente escravagistas) e vigiar, em profunda gratidão, por não reincidirmos nessas memórias negativas subvertendo nossa divina sanidade. 

Sejamos corajosos hoje, agora, como nunca fomos até aqui; "os tempos são chegados", a covardia não salvará nosso destino. Se melhorarmos corajosa/mente a nós mesmos o mundo à nossa volta melhorará imediatamente. E isso não se dará fugindo, sustentando ou dando as costas ao (i)mundo, ou tentando salva-lo, ele é o reflexo do somatório de todas as nossas escolhas a cada batida do coração. 

Tudo, absolutamente tudo, é absolutamente sagrado, divino. Vem da Fonte que atende a todos os desejos incondicionalmente. Os inteligentes átomos que nos dão a vida são os mesmos que aqui deixaremos e levaremos. Não importa a massa que você foi, o espírito não deixa de ser. Acha um exagero meu esta percepção? Meditemos...

O AGORA me impõe tomar consciencia de que, de Mussolini -1883, Predappio, Itália, 1945, ao recém eleito Trump -14 de junho de 1946, Queens, Nova Iorque, EUA, lá se vão também os meus admiráveis setenta inacreditáveis anos de pura perplexidade diante dessa "História" macabra em que chafurdamos na tal de; "assim caminha a nossa (des)humanidade". 


Salve-se quem puder... "O cara" antes de morrer disse que voltaria...

Como burros de moinho rodamos em círculo milenarmente escravizados, geração após geração. Somos os descartáveis, o cacife desse temer/oso jogo de matar matar onde "a elite" se diverte com nossas sacrificadas desditas, por eles mesmos engendradas, enquanto vão fazendo suas apostas sadomasoquistas... O planeta é um enorme cassino e, às gargalhadas, se divertem às nossas custas todas as milenares realezas.

Texto para ler na voz do caipira:
"Agora é que oces vão vê o que é o tar de esTRUMPicio esTEMERcido esTRUMPiando até o cabo... Num digam qui num avisei antes... 6 por meia dúzias de hylarylaryêêê, ô ô ô...

Avançam, incólumes, o 4º reich nazi sionista no escravismo global aos que sobreviverem. E, ninguém para pensar na mixaria de grana (trilhões) que os banqueiros desse (i)mundo investem para enrolar a macacada mantida com as calças arriadas na mais formidável ignorância, doentia/mente hipnotizada pelas televisões e outros artefatos de controle, comparada com as fortunas inimagináveis geradas pelo sistema corrupto da mais abjeta lama (i)moral escravagista sustentando ("os jogos de guerra") seu aparato industrial militar (genocida) com seus inconfessáveis lucrativos negócios de todas as guerras em todas as épocas e suas absurdas consequências.

Ainda estão achando exagero conspiranóico? 
Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato.

8 comentários:

  1. Olá Aldo. Há muito tempo que aqui não vinha...

    11 do 11 de 2016 que somados estes números dá um 9 - Uma data muito especial e por isso trouxe um Presente:

    https://www.youtube.com/watch?v=YD6fvzGIBfQ

    Sabe o que é um H? nem 11, nem 22, nem 33 mas sim um 44!!! Mas na Espiral Ascendente ou descendente? Fica a questão... pista: tem a ver com ADN

    Saudações Amorosas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto saudade de sua presença, aprendia amar você...

      Excluir
  2. Mas parece que nada mudou, não é mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha adorada Fada

      Tudo muda o tempo todo. É impossível determinarmos a posição das partículas... Veja que você, para nossa felicidade, reaparece iluminando a nossa jornada. Isso me faz mais feliz do que tenho sido, mesmo no lamento da sua ausência em minha (nossa) paradisíaca ilha...
      Quanto ao plano darker "deles" vai de vento em popa... Você é a segunda pessoa, hoje, que me manda este vídeo do Leonard... Fico grato.

      E, porque você voltou, o fim de semana torna-se especial, mais alegre na paz da gratidão por seu lusitano carinho e luminosa presença. Vos amo e sou grato.

      Excluir
  3. Claro que tudo muda o tempo todo, inclusive o ADN humano. Para meu "lamento" (e vai entre aspas porque as coisas são o que são e tudo esá bem em toda a Criação) você ainda continua com o seu ADN na velha energia e assim sendo, ainda consegue ver o lado "darker" como inimigo e pior, não sabe ler os sinais. Fico feliz por saber que me ama, o que é recíproco, mas você está tão atrapalhado com os outros, que não passam de reflexo seu, logo, consigo mesmo, que nem entendeu porque duas pessoas lhe enviaram o mesmo sinal no mesmo dia. Somando todos os nª e fazendo a redução metafísica, dá 4- 11-11-2016. Lamento imenso Aldo. Você estacionou na velha Energia e nem sequer tem a capacidade de ler os sinais. Pior, pior, é um amigo seu... cujo ADN deve andar a funcionar nos 27%, ou seja, nem a Centelha conserva. Talvez daqui a umas tantas Eras, nos voltemos a encontrar. Almas Antigas como as vossas, é uma pena. Mas, Deste Plano milhares de anos passam num instante.
    Adeus, Aldo querido.

    Saudações amorosas.
    Helena

    ResponderExcluir
  4. Ou seja, como disse Leonardo, o grego do vídeo e um Mestre, há sempre um Paradoxo para culpar.

    ResponderExcluir
  5. Acho que se não entendeu a letra Aldo, o que me parece, deveria usar o tradutor. Hoje possui essa ferramenta.
    Um bom fim de semana, Aldo.

    ResponderExcluir
  6. O mapa não é o território... Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails