O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

domingo, 20 de abril de 2014

Pois é, meus amigos... Sinto muito; a páscoa é muito pior do que imaginamos.


"O mais curioso é que pessoas tão distantes no tempo e espaço, como Tolkien, xamãs africanos, americanos e europeus, J.J Benitez, Van Ellam, Bob Dean e muitos outros, tenham tido "sonhos" tão semelhantes... ou seja, vão todos dar ao mesmo por histórias diferentes e por outras palavras. Se não fosse isso, eu até poderia pensar que tudo isto é desinformação. Impossível." 
Palavras que faço minhas, vindas de Fada do Bosque.
do livro "Espártaco", de Howard Fast.
_ ... a pura verdade. E agora dizem que Espártaco nunca existiu. Ah! existo eu? Existis vós? Existem ou não existem seis mil quatrocentos e setenta e dois cadáveres pendurados em crucifixos daqui a Cápua, ao longo da Via Apia? Existem ou não existem? Se existem! E permiti que lhes faça uma pergunta, meus jovens senhores: por que tantos? Um símbolo de punição é um simbolo de punição. Mas, por que seis mil quatrocentos e setenta e dois?

Pois é, meus caros amigos, trago aqui uma pequena amostra do que chamamos de o desagradável repetitivo infinito. "Verdade nunca fica velha ou fora de moda." Ou fica? Ou sempre foi velha e nunca esteve em moda? Pregar no deserto, falar para surdos, cegos e mudos por absoluta desinteressada estupidificação escravista sempre acaba no "show busines" das infindáveis fogueiras.

Como dizem, com seus silêncios, os escravos ao serviço do "sistema", a que servem com estupida satisfação e prazer luxuriante; "nós não queremos ser salvos, estamos felizes com este nada egoico medíocre com que nos comemos como "divinizadas" criaturas, sequestradas e abusadas, neste deitado MUNDO em esplendido infinito labirinto do nada de religiões políticas chamada "História da Humanidade".

Inumana e desumana escassez controlada de tudo e principalmente da divina inteligencia amorosa para as guerras lucrativas infinitas, em holocaustos permanentes, demência congênita de corações, mentes e almas. Casa grande e senzala com depopulação planetária para a eternidade. Fede! Mas está tão quentinho, né mermo? Vejam se  estou certo, exagero ou estou mermo completamente errado. E não deixem de assistir os vídeos abaixo antes de me crucificar na via Apia da repetência das informações que não querem que vocês saibam.


Muitas vezes pensei em desistir... Ainda penso em fazer o silencio de uma vez por todas. Quanta inutilidade? Até mesmo abandonar o bendito "blogue" amanagé e estas inócuas garrafas postagens me parecem uma outra bendita internética admirável inutilidade, afinal, é por aqui que também vou medito/faxinando enquanto messo a distancia entre nós e a porta estreita que vai se fechando cada vez mais pra lá da velocidade da luz. Em verdade falamos e escrevemos para nós mermos, uma espécie de narcisismo sado masoquismo do ego iluminado ainda por faxinar mais severa/mente. 

O jogo segue... Copa do mundo? Copas dos mundos? Hein? Cê num disconfia di nada? Inté agora? Ah! A Inglaterra... Tá vindo aí a mais inacreditável de todas as copas desse mundo. Perveita. Pão e circo. E relho! Sigamos o jogo mermo já sabendo do resultado final dessas cartas marcadas. Vivamos para ver. Futurologia? Não, quem precisa disso diante da escancarada verdade. Alegrai-vos! Olhos de ver, ouvidos de ouvir, boca de falar. O resto é pura covarde hipocrisia. Lixo processado se passando por gente. Sinto muito, me perdoem, vos amo, sou grato.

As vacas e seus adoradores foram pro brejo da casa grande e senzala faz tempo, ruminando, ruminando, ruminando lixo, faz tempo... Ruminando, ruminando, ruminando, ruminando, ruminando, ruminando, ruminando, ruminando, ruminando...

Inté! Se é que haverá um ou algum até... né mermo? Num qué tomá um cafezim antes de saí? Outra pinga? Vacina? A prosa tá boa... Sai já não. Pito? Bolim di quejo?

Esta foto veio daqui








Só pra variar
Um beijim pro'cês!

2 comentários:

  1. Amigo Aldo, não me lembro exatamente como uma de suas garrafas chegou até mim. Tenho uma leve suspeita de que foi através de uma blogueira chamada Rita Z. As postagens dela eram fascinantes. Um belo dia ela deixou de postar, apagou seu blog e sumiu. Não tenho mais noção de qual paradeiro ela tomou. Sei que cada um de vocês que param de escrever, é como uma estrela que se apaga no céu, aparentemente não faz diferença, pois existem bilhões delas, mas pense se é uma daquelas estrelas especiais que você acompanha diariamente, vendo sua posição mudar conforme os movimentos do planeta. Se some da noite para o dia, sentimos que algo que fazia parte de nós simplesmente desapareceu. É assim que sinto a cada blog que acompanho que deixa de ser alimentado, cuidado, faxinado. Vocês são necessários, indispensáveis, especiais! De inócuas suas garrafas não tem nada! Abraço! Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

    ResponderExcluir
  2. ♥ Querido amigo Pajé! Querido Ernesto e todo o ser que aqui vier! ♥

    Como tudo foi absorvido, canibalizado e deglutido pelo Sistema, parece-me, às vezes, que o silêncio, seja, talvez, a maior forma de contestação. Por isso, escritores deixaram de escrever; pintores, de pintar; escultores, de esculpir; músicos , de tocar; compositores, de compor; filósofos, de filosofar... e por aí, vai... e por aí, vão-se todos, e as estrelas, embora continuem a brilhar, parecem ter apagado, ou sido apagadas. Mas, de uma forma ou de outra, mesmo sendo tarefa indócil, faz-se necessário prosseguir. Até quando? Até quando... Porque é preciso levar a tocha a outros que prossigam; plantar o germe; deixar que floresça... Portanto, faço minhas as palavras do Ernesto: "De inócuas suas garrafas não tem nada!"

    Quanto ao aperto de mão entre o réptil e o lacaio, por preguiça e praticidade, colarei aqui um comentário que fiz recentemente numa postagem: Esses são os outros 500 prometidos: Ouroboros! Quanto mais nos aproximamos do fim, mais encontramos o começo. A Serpente devorando a própria cauda. Vejamos: Novamente um Jesuíta a viajar pelo mundo, a propagar doce veneno e com que facilidade desliza goela abaixo da cegueira coletiva. A pseudo-eleição do Brasil como sede da Copa deu-se para adiantar a Agenda Illuminati, pois a colônia onde vivem os tupiniquins, pelas suas características peculiares, era um dos últimos empecilhos à implantação da NOM. A desestruturação do que se desejava um país, a submissão da população, o descaso dos "Poderes" estabelecidos face às perdas dos direitos, o propositado atraso na conclusão das obras para o suposto campeonato - "sacrifício aos deuses" e lavagem de dinheiro - são o caminho para consolidar a presença da super-polícia da ONU fazendo o serviço que a polícia brasileira não conseguirá fazer. O Brasil já foi enquadrado, já estamos quase lá! Mas não nos iludamos, o ordenamento é para todos e, mais uma vez, a velha e reptiliana Londres, através do seu braço americano, já está a provocar uma guerra para acelerar o processo de colapso da civilização. Mais uma vez eles estão a ordenar o mundo. Mais uma vez eles estão a apagar a História e a reescrevê-la e dessa vez, estão a deslocar o Governo para a América Latina e, mais especificamente, para o Brasil. Não tenho dúvidas: Eles estão a provocar uma catástrofe termo-nuclear no oriente, mais uma vez, produzirão um fim para recomeçarem como iluminados que pensam ser.

    Então, o que há? Acaba ãssim? Fiquemu dessmodo? Ê hum, zinfii, só sabemu mermo é do agora, pruquê o resto é de i, de prossegui…

    Prossigamos então, para dentro que ao mais alto nos eleva.

    ♥ Abraços de vento, nuvem, cachoeira…

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails