O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Esse é o jogo de dados do universo.



Os dados... 
(...)A academia de polícia americana define:
"Quando um crime requer um grande número de pessoas, uma conspiração está formada"
A “Teoria da Conspiração” examina as ações de coalizões secretas de indivíduos, e se não fosse uma “teoria” sobre os “escândalos na Casa Branca” nunca saberíamos sobre Watergate ou Monica Lewinsky. Coisas miúdas para despistar a macacada, pois há babados imensamente mais graves do que abuso de poder, escutas telefônicas e vestidos manchados de... você sabe o que. (... @)

Os jogos
 (sempre de guerra)


A 3ª guerra mundial está aí, casas grandes contra as senzalas estapeando, socando as nossas caras e ninguém esta querendo acordar para isso. Ora imorais, ora amorais continuamos sonambúlicos... Extermínio em massa da espécie. Uma contradição antagônica. Não nos reconhecemos mortalmente cercados, ora fazemos isto, ora fazemos aquilo.

Não nos consideramos infinitos. Não nos amamos pelo que somos originalmente, antes de reprogramarem nossas mentes com este programas de competição fratricida dos vermelhos contra os azuis enquanto eles se divertem ganhando dinheiro negociando com as nossas vidas.

Agora troquemos de camisa e de campo.

Não nos reconhecemos de imediato, o programa anterior criptografado no subconsciente quer permanecer ativo, egocêntrico, possessivo. Quer se revalidar, se sobrepor. Virar DNA. Possuir, ser o dono da vítima que parasita.

Não nos reconhecemos capazes de assumir novas escolhas inspiradas, imortais, próprias. Menos ainda as sempre divinas e perfeitas. Repetimos a cada meio século de existência no planeta, o mesmo enredo... A mesmas escolhas com outros rótulos. "NOVO!", a ficção da liberdade de escolha. É o buraco negro entre as gerações que vão chegando e as velhas de partida. Como um desfile de escolas de samba atravessando na avenida...

Asseguram-se de não estarmos conscientes disso. Assegurados de não estarmos presentes; com os nossos conscientes "neutralizados", avançam o jogo. Coisa de reis...

Exímios programadores, esgrimistas. Suas peças de xadrez são de ouro maciço. Tamanho natural... Obras de arte. Vivas!

Esculpiu o jogo!? Está esculpindo?... Legal.

As guerras, qualquer tipo de guerra, (a guerra é um caríssimo jogo de matar matar, coisa de reis) sempre deram muito dinheiro aos senhores das guerras.

Observem as cores nas bandeiras... Azuis contra vermelhos. Matam-nos aos milhões.

Só mesmo um poderoso universo infinito, e em expansão!; ou muitos, poderiam guardar tantas frequências de onda, tantos encarnados e desencarnados voando por aí... Um bolo de cabelo, como dizia minha mãe.

Frequências que se recriam - "crescei e multiplicai" - é uma redundância."Quando AMANHECEU O DIA, o sol brilhava forte." Vocês já viram amanhecer a "noite"? Já viram fazer crescer sem multiplicar?

Somos frequências que  se auto reprogramam infinitamente. Informatizados somos ainda muito mais poderosos.

Já observaram as poeiras voando num raio de sol que passa por uma fresta? 

Imaginem quanto faturam os banqueiros que ficam empoleirados em seus castelos apreciando as ("nossas") paisagens em destruição?

"Do caos vem a ordem". Penetremos nas mentes deles... São exímios planejadores, treinadíssimos matemáticos estrategistas, usam réguas, compassos e poderosíssimos computadores. São obcecados ritualistas em suas ações guerreiras. Cultivam seitas secretas, inumanas.  Cultivam drogas.
Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, introduzida no organismo modifica suas funções.
São controladores sem qualquer tipo de afeto possuindo rígidos códigos de moral e conduta.
"Os princípios morais como a honestidade, a bondade, o respeito, a virtude, e etc, determinam o sentido moral de cada indivíduo. São valores universais que regem a conduta humana e as relações saudáveis e harmoniosas."
Trabalham nas sombras, nos bastidores, nos desvãos, nos subterrâneos, nos bueiros, são a nata do gangsterismo. Depopulação em genocídios. O esporte da caça. Coisa fina do carnivorismo, da antropofagia... Pra lá da "deep internet", pra lá dos buracos negros, dos poços sem fundo...


Os Universos...

 "O fato de falar(em) que uma coisa vai acontecer faz com que aconteça." 

"A prisão do banqueiro de R$ 300 bilhões de patrimônio, André Esteves, do BTG Pactual, certamente levará a Operação Lava Jato a encruzilhadas interessantes. 
http://www.viomundo.com.br/politica/estadao-explica-tudo.html

"Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. 
E, no entanto, o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa.
Antoine de Saint-Exupéry


Todas as utopias humanitárias são tática dentro da estratégia escravagista. Possuem todos os meios de lavagens cerebrais, de qualquer cérebro, tanto para o bem como para o mal. São o poder. Incrédulos estamos, em 2015 para 2016 falando em discos voadores, extraterrestres, Internet, televisão, chips, drones, drogas, tele transporte, celulares, e, as realezas, continuam se apresentando com as (mesmas) indumentárias rituais (arquétipos) do tempo das caravelas e cruzadas... 

Se não entendermos o áudio entenderemos as imagens...




Trabalham nas sombras,

 nos bastidores, pelos subterrâneos.


Enquanto não ajoelham o Brasil vão cercando os outros, os "bolivarianos". O Brasil é o tesouro no final do arco iris. Os azuis cercam os vermelhos... Somam o Peru, Chile, Colômbia e Paraguai à Argentina. Aumentam os azuis...

Com toda certeza "os nossos aliados" (?) terão que decidir se nos socorrerão ou cuidarão de defender-se. De um jeito ou doutro, querendo ou não, seremos ocupados. Esse é o plano...
(...) "A isto podemos somar a crise dos refugiados, que combinada com a brutalidade dos atentados e a conseguinte indignação, poderia provocar uma resposta violenta contra os imigrantes por parte dos grupos mais xenófobos, o que por sua vez, provocará uma resposta destes e um crescente nível de enfrentamento social e instabilidade." (...)

Guerra contra as guerras!

Vocês não desconfiam de nada? 
Toda Luz!
Inté!

Ser ou não ser É a questão...

2 comentários:

  1. MAIS UM ARTIGO PARA SE JOGAR NA LATRINA

    REPETITIVO E CHEIO DE BESTEIRAS

    MAS APESAR DE TUDO ALDO TE ADORO

    ResponderExcluir
  2. Caro Alberto
    Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Fico feliz com sua honesta sinceridade. Gosto disso. Por falar em repetitivo; as pessoas que não me acompanham acessam geralmente aleatoriamente as mensagens. Só quem acompanha sente esta "repeten/cia". O fato é que não há nenhuma mudança dentro desse labirinto do nada em que tentam nos aprisionar. É como digo E REPITO; sem uma faxina severa do nosso egoismo não há como sair do esgoto escravista em nos chafurdam, não pense que quem escreve ou quem lê está fora da latrina que é o sistema escravizante com que nos abusam enquanto não nos devoram. Mas... "Os princípios morais como a honestidade, a bondade, o respeito, a virtude, e etc, determinam o sentido moral de cada indivíduo. São valores universais que regem a conduta humana e as relações saudáveis e harmoniosas."

    Convido-o a reler este e outros. Não nos reconhecemos de imediato, o programa anterior criptografado no subconsciente quer permanecer ativo, egocêntrico, possessivo. Quer se revalidar, se sobrepor. Virar DNA. Possuir, ser o dono da vítima que parasita. Impedir que nos tornemos conscientemente livres.

    Toda PAZ para você e os seus.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails