O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

UMA AULA QUE FAZ A DIFERENÇA



BEM-VINDO NOVEMBRO! 

VAMOS COMEÇAR O DIA 1º JÁ ENRIQUECENDO O BENDITO ESQUECIDO LADO DIREITO DO NOSSO PRECIOSO "PROCESSADOR". TROUXE, ENTRE TODAS, MAIS UMA  ILUMINANTE AMOROSA  AULA DA RAVENA COM CARINHO AOS VISITANTES PARA O NOSSO COTIDIANO TREINAMENTO DE AMOR INCONDICIONAL.

APROVEITEMOS...

"Sua vibração comandará os acontecimentos para você, prepare-se para aceitar a morte com alegria, a sua morte, a morte dos entes queridos, a morte daqueles que vemos apenas na tv ou na internet, é uma das fases da libertação e ninguém "perde o casulo" antes da hora.
Encarnados e desencarnados receberão da mesma fonte, o que fará a diferença é sua vibração. Se você sente medo da morte ou sofre quando sabe de inúmeras mortes causadas por tragédias, pouco compreendeu sobre a transição, pouco ainda compreende sobre sua
ORIGEM CÓSMICA ETERNA E MUTÁVEL.

Foque seu aprendizado nessas 4 palavrinhas mágicas.

A morte

O medo é um sistema de defesa instintivo do ser humano, é para ser acionado somente em situações de emergência, ele produz reações químicas no corpo, produz hormônios como a adrenalina, um dispositivo de defesa que prepara o corpo para duas reações: lutar ou fugir.

Todos os sistemas foram idealizados para nos manter aprisionados no medo em tempo integral. O sistema religioso, médico, cultural, financeiro, este último é o maior vilão, pois foi adaptado para que as pessoas trabalhem de forma escravagista, nosso livre arbítrio é limitado nessa questão, pois já somos desde a infância, programados para morrer de trabalhar e assim conseguir sobreviver, inclusive para aquilo que é essencial: água, luz, moradia, comida, estudos, medicamentos...

Não é somente um sistema financeiro, é um sistema social, se você não é índio, fica difícil fugir dessa realidade. Aquilo que seria um dispositivo de defesa está sendo acionado todos os dias e em todas as circunstâncias, pois vivemos com medo.

Essas reações cotidianas desequilibram todo o corpo, nos mantêm refém de nossas inseguranças. As pessoas estão sempre alertas, agressivas, de mal humor, estressadas. O sistema incentiva as pessoas a sentirem medo o tempo todo e assim nos tornamos mais controláveis e é o principal meio de fazer você enxergar e sentir apenas o sistema, sem se dar conta do espiritual.

Somos 24 horas por dia bombardeados com informações que instigam apenas os nossos 5 sentidos, o materialismo, a vaidade, a distorção do sexo, tudo muito bem trabalhado pelos órgãos oficiais na mídia, eles estão realizando um ótimo trabalho, visto a inversão de valores atualmente.

As pessoas nascem e aprendem todos os valores do avesso, aplicam tudo o que aprendem para um dia ter algo e não ser alguém. Nascemos com um buraco enorme no peito, um vazio que não se sabe de onde vem, e todos tentamos preencher esse vazio de várias formas, a mais moderna e ineficaz é esse consumismo desenfreado. As pessoas compram, o efeito anestésico passa como um raio, e o vazio cresceu.

Esse buraco se alimenta de tudo que nos mantêm iludidos, de tudo que nos mantêm longe de nossa verdadeira origem, realidade e longe de tudo que devemos realmente aprender.

A pior das inversões foi manter a morte no lado sombrio da vida. Os egípcios se preparavam para a morte, enfatizavam valor a passagem, pois o que é a morte se não uma passagem?


A morte não é um tema macabro, não é feia, não é triste, não importa em que condições ela ocorra, é sempre libertação. A vida na 3D é uma escola, estamos experimentando a dualidade para aprender o equilíbrio, aprendendo a amar, aprendendo a morrer.

Essa cultura materialista nos afastou da espiritualidade, conseguimos enxergar apenas os 60 ou 80 anos que a maioria vive, não conseguem ver que isso é um sopro diante da eternidade. E meu querido, se você ainda não entendeu e lamenta a morte, vou te relembrar algo que já escrevi dezenas de vezes: VOCÊ É ETERNO.

A energia da Ravena é eterna, energia que já foi homem, mulher, pobre, rico, médico, faxineiro, que pode ter sido até uma baratona em outra orbe, em outro tempo, em outra dimensão. Experimentei diversas formas e situações e vou experimentar eternamente, por enquanto na 3D, mas com certeza todos iremos experimentar em todas dimensões e todas as situações.

Excluindo o suicídio, ninguém morre antes do tempo, mesmo as “criancinhas” de Teresópolis que morreram em tenra idade, passaram por situações que somente lhes trouxeram crescimento. Lembre-se, apenas a capa física estava ainda em condição infantil, já que muitas almas em corpos infantis são mais antigas que você e eu.

Precisamos pôr um fim na confusão entre amor e apego, pois esse último é o mais destrutivo entre todos os “defeitos” que nos mantêm estagnados e limitados.

Sofrer em demasia, dramatizar diante de “tragédias” é perder a oportunidade de enxergar o lado B da situação. Veja a solidariedade em ação, e se o ser humano precisa de tragédias para resgatar o que se perdeu ou ainda não aprendeu, que assim seja.

Não confunda equilíbrio com apatia. Não é frieza ou insensibilidade, apenas equilíbrio, somatizar energias densas de sofrimento apenas complicam a situação.
Se você ainda sofre ou lamenta a morte, tem muito que trabalhar nesse sentido.

Empatia não significa sofrer com o outro e sim entender o sofrimento. Hoje a maioria está vibrando indignação, revolta, medo, procurando por culpados. Sua vibração precisa ser diferente disso, pois vibração é energia em ação e chega onde você quiser. Preste muita atenção o que você está enviando pois receberá de volta.

Sua vibração comandará os acontecimentos para você, prepare-se para aceitar a morte com alegria, a sua morte, a morte dos entes queridos, a morte daqueles que vemos apenas na tv ou na internet, é uma das fases da libertação e ninguém "perde o casulo" antes da hora. 

Esse mundo holográfico da 3D é uma cópia do astral, a vivência física é apenas uma das muitas oportunidades de aprendizagem. A energia vinda do espaço Nexus, trabalhará nos nossos corpos energéticos, porque é o que somos: ENERGIA.


AGORA FAÇA O DEVER DE CASA, CONTINUE ESTUDANDO AQUI, SOU GRATO.

15 comentários:

  1. Sou grato por mais este aprendizado.
    Concerteza que a morte é uma passagem, e a pessoa (seja humano, animal, o que for) que está passando por ela, precisa de carinho, amor, de sentimentos que vão fazê-lo sentir bem e preparado para a nova etapa. Tristeza, remorso e outros sentimentos como de perda (como se a pessoa estivesse presa a gente), não somente tornam as coisas mais dificeis pros parentes e amigo. Acredito que as pessoas acabam criando dificuldades pra pessoa que está passando pela passagem.

    Fica na paz, Aldo. Continue, sempre que puder, trazendo esse conteúdo reflexivo para nós...
    Um grande abraço...

    ResponderExcluir
  2. Acesso o seu blog e gosto dele por sua abordagem, meio satirizando tudo, mas levando às pessoas a fazerem uma reflexão daquilo que estás postando, textos muito relevantes,continue assim que estamos lhe acompanhando....abraços....JO

    ResponderExcluir
  3. "Sou grato por mais este aprendizado. LôH, o verdadeiro mestre não é o que ensina, é o que não para de aprender enquanto percebe, compreende e apreende a realidade infinita do agora de infinitas possibilidades para o nosso bem e o bem de todos. Vos amo e sou grato por sua presença amorosa e a confiança em si mesmo. PAZ e LUZ na caminhada...

    ResponderExcluir
  4. Jo, feliz sou eu em ter companheiros de viagem como você. Paz e LUZ e um grande abraço. Grato pela confiança.

    A sátira, é uma artimanha amorosa vinda do fundo da minha velha alma peripatética; um recurso para tentar acordar o sonâmbulo sem me enlouquecer...

    ResponderExcluir

  5. Fala Sério............este blog para mim é para DEBÉIS MENTAIS..............

    ResponderExcluir
  6. Aldo e Ravena juntos, no mesmo blog, é muito interessante. Bons toques. O que acho lamentável, é não ter afinidade com o conceito do blog e daí partir para a ignorância. Não gostou, segue adiante. Existem muitos lugares onde a estupidez pode ser melhor empregada.

    Desculpe Aldo, sei que não é do teu feitio dar ouvidos aos boçais, mas a ofensa foi direcionada à todos os que aqui costumam frequentar. Ainda longe do desapego ao ego, tema caro à Ravena, penso que cabe retaliação quanto a participação de energúmenos ocultos. Estas bestas deveriam procurar seus espaços entre seus semelhantes muares.

    Te amo, sou grato.


    Devo também exercer este amor incondicional em relação aos muares: te amo sou grato, sua besta.

    ResponderExcluir

  7. Confirmado bando de débeis mentais com tendências de esquerda e homossexuais...........obrigado por abalizar minha opinião

    ResponderExcluir
  8. Caro Walner e demais amigos.

    Este anônimo "fala sério", na verdade, é um programa repetidor. Não é uma pessoa, de posse de sua real personalidade e vontades. Induzido a erro por crença na programação de desamor criptografado pelos dominadores em seu caótico subconsciente, omite o nome próprio e agride, como um raivoso pitbull deseducado, ou mal educado por seus senhores.
    E, um programa fratricida auto destruidor em reptilianas memórias escravistas, não pode reconhecer outros programas além de programas igualmente escravagistas.
    Qualquer amorosidade, nem pensar, deve ser repelida como um "firewall", mesmo com o profundo inconsciente mal estar físico químico generalizado de sua existência... Não podem reconhecer o que não conhecem... Não podem reconhecer o que FORAM PROGRAMADOS para desconhecer...

    Criados ancestralmente em total desamor, são repetidores operantes em "identificar, perseguir e destruir" tudo o que for AMOR. É preciso que tenhamos em mente que Não SÃO pessoas. Auto destrutivos, SÃO PROGRAMAS alienígenas usando pessoas para servir ao antropofágico sistema combatendo tudo e todos que pretendam a libertação dessa escravidão milenar.

    São ignorantes desta condição de escravos do psicopático sistema vigente. Lavados cerebralmente desde a tenra infância (e muito antes) são reprogramdos no ódio como escravos robôs "iluminatti" nazi sionistas deste 4º REICH e sua implantação da terrorista "nova" ordem mundial escravagista vagando no labirinto do nada em busca de sabotar humanos despertos ou em processo despertador.

    Estes, "ignorantes", não sabem que estão construindo a Guantânamo planetária para sua própria destruição.

    Mas, ele pode vir a desprogramar-se e encontrar a LUZ na medida em que, por ressonância, mantivermo-nos na vibração do Amor Incondicional que é um libertador de todas as cadeias; inclusive desses mesmos robôs mentalmente debilitados e dominados pelo centro de controle manipulador dos diabólicos no cume da pirâmide do "olho que tudo vê".

    Lembremo-nos que tudo são crenças e escolhas. Este programa do anônimo está com esta possibilidade de visão da sua própria escravidão momentâneamente desabilitada pelo programa de aceitação do desamor como verdade.

    Eis aqui mais uma divina chance... Por dever e desejo de consciência e iluminação, NO PERMANENTE AGORA INFINITO, escolhamos a PAZ do amor, do perdão incondicional, da inexistência de mágoas.

    Ele é um dos que o Cristo na cruz pedia ao Pai que os perdoasse pois não sabiam o que faziam. Bem diferente de seus milenares reptilianos senhores que sabem muito bem o que fazem. E ainda assim temos que, para libertarmo-nos definitivamente dessa mesma indesejada escravidão, perdoá-los.

    Faço aqui, agora, o pedido à Divindade para que nos limpe destes programas que não são nossa divina e perfeita amorosa identidade própria. Vos amo, sinto muito, me perdoe, escolhi a vibração do treinamento ao amor incondicional, sou grato.

    Segue o jogo, sem vinganças, sem dualidades, sem julgamentos, sem condenações, sem retaliações, sem desamor de qualquer grau ou espécie. A única crença possível é o agora, e a única escolha verdadeira é o amor incondicional.

    Perceber e compreender o jogo que está sendo milenarmente jogado com nossas existências é a única saída... Que A PAZ INFINITA esteja conosco, todos, sem exceções, eternamente. Vos amo, sou grato.

    ResponderExcluir
  9. Grande machão que vive de mexericos, fofoquinhas e considerações imbecis sobre a vida alheia. Um cara assim, de fato, deve ser muito macho. E como fica evidenciado, um ser dotado de capacidade racional inquestionável... mente besta. E os argumentos então: soberba... mente estúpidos.

    Te amo, sou grato seu aBESTAdo mui macho.

    ResponderExcluir
  10. Aldo,

    Desculpe ter atravessado teu comentário e ter respondido ao anônimo machão tricoteiro, mas é que o aBESTAdo entrou no meu correio eletrônico pra me chamar de besta (quanta originalidade!) e me mandar a merda. O palavrão já era esperado por ser evidente a estupidez da figura. Definitivamente se trata de alguém desprovido de criatividade, com massa encefálica reduzida, e como você bem definiu: mera antena repetidora de sinais. Me chamou de besta, assim mesmo, como deixei evidenciado o que o sujeito era de fato, nem para usar um sinônimo. Ô aBESTAdo, sinônimo de besta:
    - ASNO!
    - JUMENTO!
    - MULA!
    - BURRO!
    Ou de forma jocosa:
    - ESTÚPIDO!
    - IDIOTA!
    - ENERGÚMENO!
    - IMBECIL!
    - PASPALHO!
    - IGNORANTE!
    - BEÓCIO!
    - BOÇAL!
    - QUADRÚPE!

    Como meu amor é incondicional: te amo e sou grato, seu ESTRUPÍCIO!

    ResponderExcluir
  11. Desculpe Aldo

    Ô aBESTAdo sionista tricoteiro: vê se toma vergonha. Eu sei quem você é. Deixou seu rastro no blog que mantenho inativo. Tá lá o ícone que acompanha tuas patetices sionistas, juntamente com a mesmíssima numeração de tantas outras obtusidades que escreves poraí. Quem frequenta blogs como "Guerra Silenciosa", "Burgos (Cãogrino)", "Prezado... cara pálida" e "Bourdoukan", principalmente este último, vai se defrontar com os absurdos deste agente sionista mequetrefe. Na verdade apenas um potencial alcaguete sionista. Lamentável e ridículo. Mas se é assim que você prefere, ô aBESTAdo, vou te manter no anonimato, mas se alguém tiver curiosidade basta ir até "Barril do Sínope" e comparar com os ícones e numeração idênticos nos comentários do "Bourdoukan".

    Te amo e sou grato PATETA!

    ResponderExcluir

  12. Olha aldo, o walner é inteligente, pelo menos o QI é maior que de uma ameba................ele está todo contente de saber algo que era só perguntar, ou no máximo tirar a opção do anonimato..........walner que bom que vc ocupou seu tempo inutil no feriado.............abraços e obrigado por alegrar meu dia

    ResponderExcluir
  13. Walner e Wilson, vulgo Arthur Sionista. Já que vocês dois entram neste clima amoroso de lavadeiras em beira de tanque, sugiro que saiam da praia do peixe e vão assistir este filme aí até o final.

    http://www.youtube.com/watch?v=KbTyolwAILs&feature=related

    Quem sabe sirva para alguma coisa melhor do que embate de manutenção de programas do Eu escravista rodando em seus HDs caóticos se passando por vocês.

    Sejam espertos, ainda é tempo. Vocês NÃO SÃO "isto" que vocês estão pensando que são. Por enquanto vocês só prestam um grande serviço aos escravocratas, um grande desserviço a vocês mesmos e à humanidade representando esta novela da globabaquice.
    A casa grande escravagista agradece mais esta contribuição com seus robóticos trabalhos sem que "eles" tenham que gastar um tostão.
    "Jogo de espelhos"... Sinto muito, sou grato. Aguardo melhores comentários inerentes às postagens. Ah! Antes que me esqueça, leiam as postagens e meditem sobre ela. Eu, e a Ravena certamente, agradeceremos a consideração... Vos amo e sou grato.

    ResponderExcluir
  14. Aldo,

    Desculpe pelo ocorrido. Fique tranquilo, porque isto não se repetirá. Você está coberto de razão. Minha atitude não está de acordo com a proposta do blog, me excedi e sendo possível, espero que possa relevar o que aconteceu. De uma coisa pode estar certo, não entro aqui, nem em qualquer outro blog, para participar de disputas. Leio todas as postagens, fique certo, ao menos daquelas que comento.

    Sinceramente.

    ResponderExcluir
  15. Prezados, peguei a conversa no final, mas o Aldo tem razão e como se diz lá na minha terra "Não se deve gastar pólvora com bugio"

    Ahô

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails