O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 10 de novembro de 2012

"CORDEL" DA ONIPRESENÇA INFINITA

O Brazsil
Da casa grande e senzala
Sobre isso
Ninguém fala
Da onipresença Infinita 
O cheiro de enxofre exala
Para quem está chegando
O mundo acabando acaba
Não viu agora
Acabou começando
Começou acabado

O Bra$zil
Não se pertence
Do$ banqueiro$
O Brasil acabou
Acabadiço
Acabando-se
Mal acabado
O mundo acaba?
faz tempo
O mundo acaba...
Em vida vivida
Endividada
Aos donos
Do Braszil Annunaki
Aos infinitos reais annunaqueiros
Senzalado
Simbólica
vida você paga
A obra teve início
Acabou começando
Começou acabando
E você desavisado
Vai viver e morrer endividado

Morre Monty, o cachorro de Rainha Elizabeth II - Grosby Group
Elizabeth II

"A obra teve início, simbolicamente, em 9 de novembro de 1968, com a presença da Rainha da Grã-Bretanha, Elizabeth II e de Sua Alteza Real, o Príncipe Filipe, Duque de Edimburgo, ao lado do ministro Mário Andreazza. As obras tiveram início em janeiro de 1969.
O banco responsável por parte do financiamento da obra foi N M Rothschild & Sons. Não foi permitida a participação única de empresas inglesas no processo de licitação da fabricação dos vãos principais de aço. Para concretizar a realização da obra, o Ministro da Fazenda, Delfim Neto, o engenheiro Eliseu Resende e a Rotschild & Sons assinaram, em Londres, um documento que assegurava o fornecimento de estruturas de aço, com um comprimento de 848m, incluindo os vãos de 200m+300m+200m e dois trechos adicionais de 74m, e um empréstimo de, aproximadamente, US$ 22 milhões com bancos britânicos. O valor destinava-se a despesas com outros serviços da ponte, totalizando NCr$ 113.951.370,00. O preço final da obra foi avaliado em NCr$ 289.683.970,00, com a diferença paga pela emissão de Obrigações Reajustáveis do Tesouro Nacional. Em 1971, o contrato de licitação para construção da obra foi rescindido devido a atraso nas obras, e a construção passou a ser feita por um novo consórcio das construtoras Camargo Correa, Mendes Junior e Construtora Rabello designado Consórcio Construtor Guanabara, sendo concluído três anos depois.
(Leia toda esta história AQUI)

Sinto muito, sou grato. O joguinho safado sô!

4 comentários:

  1. Aldo, assim que puder, não deixe de ler isso: http://blogdobourdoukan.blogspot.com.br/2012/11/livro-escrito-por-rabinos-afirma-que.html

    Como se explica uma coisa dessas? Onde que o mundo vai parar desse jeito?
    Olhe que essa tendência religiosa de não enxergar valor na vida de um ser humano que não segue a mesma religião, já está presente entre os muçulmanos e entre os cristãos já mostra sinais de contágio avançado e discreto.

    Quando será que as pessoas vão perceber que somos seres espirituais (ligados ao Principio Criador Amoroso Infinito) que usam organizações de atômicas para interagir/experimentar a realidade física? Que somos todos iguais, usamos interfaces materiais iguais, e que apenas diferimos um do outro no plano mental, onde somos livres para escolher nossos destinos, nossas ações, etc.

    Paz Infinita e Amor Infinito te desejo. Até....

    ResponderExcluir
  2. Ao Anônimo das 14:47,

    Não há porque se espantar, haja visto o que se lê no Talmude. Estou contigo: as religiões, em geral, segregam os povos. Estas idiossincrasias estão no nascedouro do livro sagrado e aqueles povos que porventura se sentem em condições superiores, tendem à oprimir e suprimir àqueles que julgam seus antagônicos. Infelizmente só não vê quem não quer.

    Qual o exemplo que se pode tomar de um livro que passa o ensinamento de que, mesmo que seja para "combater a iniquidade" (tanto proclamada nas suas páginas), deve ser usada a força, até mesmo a aniquilação? Resposta de muitos: temos que ter em mente o contexto histórico. Mas a verdade é que até hoje, "a iniquidade dos demais" ainda é a desculpa esfarrapada para as "guerras tidas como santas". Aqui pode perfeitamente caber o foco principal do blog: parece que de fato algo, uma trama, uma conspiração, seja lá o que for, vem trabalhando com acuidade e perseverança na preservação dos atritos da raça humana, há muito. Lamentavelmente cultivamos isso com um zelo extremo, e aqui me penitencio com relação as várias atitudes equivocadas tomadas, fáceis de serem comprovadas em postagens anteriores. É uma luta árdua e temos que estar sempre sentinelas. Por vezes um toque basta para nos recompor e nos recolocar na trilha da qual não podemos nos desviar: o da solidariedade humana.

    Abraços Anônimo.
    Grato Aldo.

    ResponderExcluir
  3. Caros amigos, digo como Walner; "não há do que se espantar", com outra conotação...
    Estive lá no BourdouKan e deixei o seguinte:

    "Tudo está ligado a tudo. Principalmente neste momento em que o nazi sionista 4º REICH avança sua agenda reptiliana, incólume, para a implantação da Guantânamo planetária. Essa gente jamais teve pátria, escrúpulo, sentimento. São a ideologia antiqüíssima da dominação mundial na perpetuação da casa grande e senzala sempre invisibilizada pelas mídias de todas as épocas, todas de sua propriedade. O jogo da dualidade é uma cortina de fumaça enquanto avançam o genocida planejamento de mais mil anos de escravização da propositalmente estupidificada humanidade. É preciso avançar o olhar simplista para além da ilusória superfície enganadora dessas armadilhas.

    Se vocês juntarem as peças do quebra-cabeças verão surgir diante de vocês todos os descendentes desses tais Annunakis de que tanto falam (só na Internet; por enquanto). Foram eles, os Annunaki, que nos criaram (geneticamente modificados) para servirmos como seus escravos. Pesquisem algumas postagens por aqui e por aí. O controle mental da "raça" humana é velho como a nossa escravização.

    Sinto muito, sou grato.

    ResponderExcluir
  4. Vejam isto também:

    http://caminhoalternativo.wordpress.com/2012/11/10/militares-dos-eua-se-preparam-para-as-consequencias-das-mudancas-climaticas/

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails