O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Escravistas em ação

Querem transformar o mapa do mundo do petróleo num imenso Iraque... 
Será que é por isto que o Chaves está ficando preocupado?
A senzala ideal é sem povo e sem "gerentes gerais ditadores". 

O Iraque hoje é um mar de rosas, uma benção, só petróleo. 
Nem parece que foi ontem. 
Agora a lista cresceu, num repente... 
Maravilha de genocídio. 
Ninguém  fala disso? 
Nossa inteligência foi seqüestrada.   
Não devemos nos preocupar, Dilma já pazeou com seus torturadores.
Sem pressa, nossa vez vai chegar.
Tio Obama tá vindo aí pro carnaval trazendo novidades.
UFOS, espelhinhos e missangas.
D. João VI saiu de Portugal escoltado pela Inglaterra, e aqui abriu os portos às "nações amigas"... 

Inglaterra. 
Depois "resolveu" ir embora e deixou seu filho D. Pedro I. 
Quando D. Pedro I "resolveu" partir do Brasil quem o financiou foi a Casa ROTHSCHILD. 
Quando D. pedro II partiu do Brasil, quem o financiou foi a Casa ROTHSCHILD.
Em troca de que fariam os ROTHSCHILD este "benefício" aos escravagistas monarquistas e "republicanos" brasileiros? .
O plim-plim da globo é o mesmo belém-belém das igrejas, que é o mesmo das "musicas" tecno e outros bate-estacas, e, de todos os sons repetitivos como os do sino no pescoço das vacas, das cabras e das ovelhas para que mantenham o rebanho na trilha do controlador. 

"Por conseguinte, é possível manipular o sistema nervoso dum sujeito com imagens PULSANTES exibidas num ecrã dum computador ou aparelho de televisão. TV." 
Já comprou sua TV HD 3 D?
Parece ser o infantilismo já uma conquista do nefasto sistema escravista. 
A grande massa senzalada não conseguiu sair do século XX.
Conseguirá?
Boris Casoy continua tranquilo com seu "tá tudo dominado"...
Sei não...
Nibirú tá vindo aí...

Enquanto isso...

McDonald´s: Maus tratos e superexploração

Nesta semana, nas bancas, o jornal Brasil de Fato traz uma grande reportagem sobre a superexploração e maus tratos que sofrem os jovens e adolescentes na maior rede fastfood do mundo. Confira a seguir trechos

24/02/2011

Michelle Amaral
da Reportagem






“Uma vez eu estava com uma bandeja cheia de lanches prontos para serem entregues e escorreguei. Quando ia caindo no chão, meu coordenador viu, segurou a bandeja, me deixou cair e disse: 'primeiro o rendimento, depois o funcionário'”, conta Kelly, que trabalhou na rede de restaurantes fast food McDonald´s por cinco meses.
“Lá você não pode ficar parado, se sentar leva bronca”, relata Lúcio, de 16 anos, que há 4 meses trabalha em uma das lojas da rede na cidade de São Paulo. “Você não tem tempo nem para beber água direito”, completa José, de 17 anos. “Uma vez eu queimei a mão, falei para a fiscal e ela disse para eu continuar trabalhando”, lembra o adolescente. Maria, de 16 anos, ainda afirma que, apesar da intensa jornada de trabalho nos restaurantes, recebe apenas R$ 2,38 por hora trabalhada.
Os relatos acima retratam o dia-a-dia dos funcionários do McDonald´s. Assédio moral, falta de comunicação de acidentes de trabalho, ausência de condições mínimas de conforto para os trabalhadores, extensão da jornada de trabalho além do permitido por lei e fornecimento de alimentação inadequada são algumas das irregularidades apontadas por trabalhadores da maior rede de fast food do mundo.
Somente no Brasil, o McDonald´s tem mais de 600 lojas e emprega 34 mil funcionários, em sua maioria jovens de 16 a 24 anos.
As relações de trabalho impostas pelo McDonald´s são objetos de estudo de muitos pesquisadores. Do mesmo modo, pelas irregularidades recorrentes, a rede de fast food é alvo de diversas denúncias na Justiça do Trabalho.
Em São Paulo, o Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis e Restaurantes de São Paulo (Sinthoresp), ao longo dos anos, tem denunciado as más condições a que são submetidos os funcionários do McDonald´s.
Recentemente, resultou em uma punição ao McDonald´s uma denúncia feita há quinze anos pelo sindicato ao Ministério Público do Trabalho (MPT) da 2ª Região, em São Paulo. Trata-se de um acordo que, além de exigir o cumprimento de adequações trabalhistas, estabelece o pagamento de uma multa de R$ 13,2 milhões.
Desse valor, a rede de fast food deve destinar R$ 11,7 milhões ao financiamento de publicidade contra o trabalho infantil e à divulgação dos direitos da criança e do adolescente durante os próximos nove anos. Além disso, a rede deve doar R$ 1,5 milhão para o Instituto de Medicina Física e Reabilitação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). O compromisso foi firmado em outubro de 2010 e passou a valer em janeiro deste ano.
As investigações realizadas pelo MPT a partir da denúncia do Sinthoresp confirmaram as seguintes irregularidades: não emissão dos Comunicados de Acidente de Trabalho (CAT); falta de efetividade na Comissão Interna de Prevenção de Acidentes; licenças sanitárias e de funcionamento vencidas ou sem prazo de validade, prorrogação da jornada de trabalho além das duas horas extras diárias permitidas por lei, ausência do período mínimo de 11 horas de descanso entre duas jornadas e o cumprimento de toda a jornada de trabalho em pé, sem um local para repouso.
O MPT também apontou irregularidades na alimentação fornecida aos trabalhadores: apesar de oferecer um cardápio com variadas opções, o laudo da prefeitura de São Paulo reprovou as refeições baseadas exclusivamente em produtos da própria empresa por não atender às necessidades nutricionais diárias. Em relação à alimentação, o McDonald´s chegou a ser condenado, em outubro de 2010, pela Justiça do Rio Grande do Sul a indenizar em R$ 30 mil um ex-gerente que, após trabalhar 12 anos e se alimentar diariamente com os lanches fornecidos pela rede de fast food, engordou 30 quilos. (A reportagem completa você lê na edição impressa número 417 do jornal Brasil de Fato).


*Os nomes dos funcionários citados na matéria são fictícios.

5 comentários:

  1. Aldo,

    Eu trabalho Na Justiça do Trabalho, tenho acesso aos contra-cheques de diversos trabalhadores que trabalham nestes restaurantes, em grandes lojas de departamentos, supermercados, eyc.

    Esta semana eu estava conversando com minha esposa acerca do fato, apesar de ter 20 anos no ramos, ainda me revolta observar os baixíssimos salários que se pagam a estes trabalhadores (escravagismo disfarçado), geralmente um pouco mais ou menos do que o mínimo após os descontos. E o que aumenta a indignação é ver a fila que se faz quando se abre uma vaga nesta empresa. E o tratamento lá dentro, na maioria dos casos, é "escravagista" mesmo, o sujeito a desenvolver as mais diversas funções (faz tudo), trabalha domingos e feriados e na maior pressão...

    Parabens amigo pelo seu blog.

    Guilherme

    ResponderExcluir
  2. Pois é Guilherme, e ainda me apareceu um por aqui dizendo que eu levo a vida muito sério. É mole?

    Haja limpeza, ou melhor faxina...
    Sinto muito, me perdoe, te amo, Sou grato.

    ResponderExcluir
  3. Aldo, retiro o que eu disse uma vez sobre seus posts serem assustadores. ESTE SIM É ASSUSTADOR! Acho que eu prefiria encarar os Illuminati e acordar abraçado com Annunaki e reptilianos...

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. http://www.activistpost.com/2011/02/iraq-war-was-not-started-over-oil-or.html

    ResponderExcluir
  5. Anônimo, grato pelo link, activistpost.com já comecei a pesquisa.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails