O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 25 de setembro de 2010

Os tucanos foram levados ao altar

Escravagismo. Isto não tem mesmo nenhuma novidade, a foto ao lado expressa bem este tenebroso e velho casamento. 

Façamos a leitura dos velhos fatos atualizados...

 sábado, 25 de setembro de 2010


Católicos criticam presença de Serra e Alckmin em igreja


Três aproveitadores safados:o padre, Serra e Alckmin.

Os tucanos José Serra, candidato à Presidência da República, e Geraldo Alckmin, postulante ao governo paulista terminaram o dia de campanha no interior paulista com uma visita à Igreja Nossa Senhora de Aparecida, em Araraquara, o que foi criticado por católicos da região.

Os tucanos foram recebidos por um pároco, conhecido como padre Nelson. Depois de receberem as bênçãos na sacristia da igreja, os tucanos foram levados ao altar. “Eu tenho aqui uma alegria muito grande de acolher nosso futuro presidente (referindo-se a Serra). Temos a certeza de que ele é uma pessoa muito preparada.”, disse padre Nelson.

Nem Alckmin e nem Serra discursaram no altar. Segundo pessoas ligadas à paróquia, estavam presentes cerca de 2 mil pessoas.

Sobre as críticas de católicos, que manifestaram indignação pelo ato do padre com os políticos, além de outros que esboçaram uma vaia, Serra procurou se esquivar. "Não sei quem criticou, fui convidado e vim", limitou-se a responder o candidato tucano, na saída. Alckmin não viu problema. "Vou à missa todo domingo, em dia santo, pra mim é normal", disse o candidato ao governo paulista. O convite para a ida à missa foi do deputado federal araraquarense Dimas Ramalho (PPS).

"Viemos para ver a missa, não para ver político", disse Maria Fernandes, chateada. "A casa de Deus é aberta para todos", retrucou a amiga Maria Luísa Villa Leal. "Onde se viu o padre falar que estava diante do presidente do Brasil e do governador de São Paulo, é uma falta de respeito", disse o representante Paulo Sérgio Neves, proferindo alguns palavrões ao lado da sacristia. "É ridículo misturar política com religião", comentou Luciana, que preferiu só citar o prenome. O marido dela, Marcos, também não gostou. Outros devotos saíram rapidamente da igreja quando os políticos subiram ao altar para receber a bênção do padre. "Isso é uma palhaçada", vociferou um dos que abandonaram a paróquia. IG.


O Segredo dos Carros Usados

2 comentários:

  1. Aldo

    bom dia

    É o fim da picada. Que todos os santos perdoem esses vendilhões do templo.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Aloha querido Bond, é de doer a alma do Cristo a desfaçatez dessa corja. E eles sabem que o divino em seu amor incondicional e infinito não julga nem pune. nós é qu etemos de ssumir 100% de responsabilidade e não dar suporte a estes escravagista, e o povo está acordando pra isso. Sou grato.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails