O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 17 de abril de 2015

As maquinas já escravizam a humanidade...


AS MÁQUINAS  ESCRAVIZAM A HUMANIDADE...

Preferem não pensar isso? Parece loucura? Eu vos garanto; esta é a assustadora realidade. As pessoas estão inconscientes. Zumbi ficadas...

Já estamos "robóticas" e não estamos nos dando conta. Como disse-o bem o Dr Lair Ribeiro; "O celular é o cigarro do século XXI". 

Dura realidade. Repetimos as mesmas loucuras de nossos ancestrais e não nos apercebemos disso porque estamos brincando com maquininhas criadas pelas máquinas que já nos escravizam com ou sem açúcar e muito desafeto. 

Tudo deve parecer muito natural. As máquinas ditam nossos comportamentos. Traçam limites. Rígidas cercas virtuais dentro do ilusório labirinto do nada em que nos controlam. A deusa Taligada, a famigerada TV, dita a dura doutrinação dos comportamentos. 

Fratricídio, parricídio, matricídio, infanticídio, genocídios tornam-se coisas banais nos playgrounds facebookianos espelhando a estupidez desumanizadora das novas (e velhas) gerações. Mais em breve que o fim do próprio sistema inumano vigente restarão "humanos" absolutamente obedientes com menos inteligencia que galinhas...


Androides eunucos impotentes espirituais.

Já somos dependentes funcionais. Cegados, não conseguimos ver os filmes com legendas. Bonecos de ventríloquo. Adictos. Já dependemos das máquinas para tudo. Viciados, na e pela confortável ilusória praticidade enquanto belicosas máquinas inteligentes constroem máquinas carcereiras das "novas" gerações de senzalas em acelerada reorganização genocida. 

Quando você usa um cartão magnético, um celular, um computador, tudo está computadorizado, escolhas já estão condicionadas pelos "programadores". Todos os nossos movimentos estão sob o controle das máquinas.

Frias, matematicamente sem compaixão, desafetuosamente exatas. Máquinas vivas sem almas. Aliens de aliens examinam, julgam, condenam e executam. Estamos sendo reprogramados enquanto exterminam os excedentes. 

Ainda não vemos isso? Ou não queremos ver? O humano está sendo transmutado em ciborgues obedientes. Já repararam como a repressão não vacila, executam as ordens. "Humanos" maquinais. Viciados em fazer sofrer antes de devorar. Matar e morrer são banalidades tele propagandeadas em lavagem cerebral permanente. Exterminadores do futuro já são a mais pura realidade.

Repetindo para quem não leu a postagem anterior:
NOTA: 
Ora, a questão é que o chip não é apenas um transmissor; o problema é que ele pode ser também um receptor. E que tipo de sinais ele pode receber e quais as reações ou danos, físicos, psicológicos, neurológicos ou mentais ele pode provocar? 
Se esse chip for capaz de receber sinais de ondas compatíveis com as do nosso cérebro, através de satélites (ou do projeto HAARP) e isso puder desencadear uma alteração no comportamento dos usuários, fazendo-os cometer suicídios ou massacres, e outras coisas? 
Isso é algo pra se pensar. Gado marcado, gado feliz...

O Transcendente acelera definitivamente neste 2015. Antes do próximo natal. Trepida a tampa do caldeirão. Quem se lembra do Aaron Russo? A virada de mesa será repentina. Os resultados imprevisíveis...

A assombrosa NOVA velha ordem mundial avança sua agenda de forma definitiva a execução de seus planos. Algo violento e tenebroso se aproxima velozmente. A "elite" já clama por definições mais claras, executivas... Sobreviverão os melhores "enxadristas".

Inglaterra e seus súditos contra China e Rússia redefinindo a nova casa grande e senzala para mais mil anos. Genocídio com o extermínio dos excedentes. Estão com as facas entre dentes... Fazem incessantes "jogos de guerra" para o máximo de previdências. Erros serão fatais. 

A primeira e a segunda guerra mundial parecerão contos de fadas diante da NOVA carnificina que se aproxima. A chapa já está quente. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

A bomba atómica de Hiroshima foi um acto criminoso a uma escala épica. Foi um assassínio de massas premeditado que pôs à solta uma arma de criminalidade intrínseca. Por causa disso, os seus defensores refugiaram-se na mitologia da suprema "guerra boa", cujo "banho ético", conforme Richard Drayton lhe chamou, tem permitido ao ocidente não só desculpar o seu sangrento passado imperial mas promover 60 anos de guerra de rapina, sempre à sombra de A Bomba. 

Fonte 

 2001 / 2015 - A CHAPA ESTÁ QUENTE. 

SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO. 

Uma confrontação entre o masculino e o feminino,permanente, a toda hora, com a necessidade de controlar e, ao mesmo tempo, uma sede de feminilidade.
Então, você imagina o que isso dá?

Inté!

soubem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails