O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

MATANDO GENTE COMO BARATAS, SEM DÓ NEM PIEDADE.


"O imperativo primordial desses programas gerados internacionalmente é o de reduzir a população da forma mais rápida e barata possível."

É o que "eles" tem feito desde muito antes de meu (nosso) nascimento. Quase que não estou aqui (levo muito a sério tudo isso) para contar estas escondidas atrocidades experimentalistas. Já escapei da mortandade física e "psiquiátrica" muitas vezes, agora não me pegam mais. MATAR BARATAS SEM DÓ NEM PIEDADE é o que fazem conosco para o "CONTROLE" numérico das senzalas. 

E há quem acredita no fim das escravidões neste prisional labirinto do nada... E "contribui" para o "criança esperança"...


Dei alta ao mundo, aos médicos, aos sacros, aos cleros, aos pais de santo, aos santos, aos demônios, aos políticos, aos alienígenas, ao torto e ao direito e demais funcionários especialistas em escravização. Já vai pra mais de sete anos a faxina desse 171 planetário.

Meu espírito está livre para cumprir seu combinado na medida em que preservo o corpo. Precisamos cuidar muito bem dessa nossa "unidade prisional" em que a "Divindade" habita em nós no agora infinito perpetuando causa e efeito. O acaso é uma lenda. estar vivo é uma benção e viver consciente é uma arte; sofisticadíssima...

Tudo neste planeta Terra não passa de um grande negócio entre os senhores das casas grandes. O resto é 171 doutrinário. O universo é infinito em expansão. É preciso ser impecavelmente responsável pelo treinamento libertário a que estamos dedicados; é a isso que os meus amigos invisíveis chamarão de "missão cumprida" quando eu voltar para casa.

Busca a verdade e ela o libertará. Sei que é duro cair nesta "real" de que são os banqueiros os administradores da escravista escassez planejada de tudo em nome da realeza (realidade vem de REI, real, R$, realeza? Significado de Real adj. Que tem existência verdadeira, e não imaginária: a vida real.Relativo ou pertecente ao rei ou à realeza: dignidade real, palácio real.S.m. Antiga moeda portuguesa e brasileira. Aquilo que existe efetivamente, que não é fictício; realidade. Unidade do sistema monetário brasileiro, que entrou em vigor em julho de 1994. (Símb.: R$). 

O rei reina mas não governa? O rei é o dono das verdades? O símbolo R$ pode ser o rei com seu caduceu impondo suas verdades aos mundos? 

Pense isso. É assim que é "a coisa", real. O "modus operandi" da realeza, como o tudo o mais, não é, e jamais será, um acaso. Seria muita ingenuidade nossa acreditar nisso justo nessa hora. O sistema é milenarmente aprimorado. Realismo. Estamos em pleno "up grade". Estão dando um "re but". E somos ignorantes das verdades verdadeiras sobre o que de fato acontece.

Realmente, estão preparados. Eles se preparam para isso. Sempre. Aqueles (os criadores - os deuses - o deus- o dono - o proprietário) que nos criam  para o abate enquanto nos abusam e escravizam, como gado humano estabulado, são os mesmos que criam o gado humano solto no pasto como um "estoque estratégico". Cada "PEÇA" (escravo na hora dos negócios) ainda vale muito para seus atuais donos proprietários. E, só por isso, e para isso, ganhamos um número ao nascermos. Controle de estoque. Num sistema em que tudo é coisa somos uma propriedade. 

Caldeirão tem tampa.  Quanto você vale é igual a quanto você "custa". Inclusive os vírus, os ebolas. Nós pagamos para nascer e para morrer. Ninguém dá calote no sistema. "Queima do estoque". Liquide$. Liquidação. Por isso investem tanto em tantos capitães do mato e leões de chácara.

Somos descartáveis quando não servimos ao sistema. Tudo tem um preço. Quanto vale (custas) um senzalado ativo? E um inativo? Já observaram que tudo para crianças e velhos é mais caro? Você pensa que você é de você só porque tem ID e um CPF? A liberdade das UNIDADES PRISIONAIS, nome que dou aos nossos corpos, criados e programados pelas casas grandes que exploram aqui o lucrativo negócio das REENCARNAÇÕES de nossas almas. Este é o Infinito em Expansão das muitas moradas... Nosso reino nem sempre foi ou será este mundo. Estamos aqui.

"Há muitas moradas...". Por aqui... A porta estreita vai se fechando... A Monsanto é o anti cristo. A televisão é o controle das mentes. Eugenia e depopulação, genocídio é o nome do programa em ação para esta "nova" ordem mundial. Quem não estiver chipado não comerá, não beberá, não morará, estará "tecnicamente" morto.

Se não estiver tecnicamente morto morto, vegetará nesses milhares de Guantánamos espalhados pelos mares e terras do planeta como "PEÇA" (cobaias) para aperfeiçoar os "estudos" junto aos brancos ratinhos de laboratórios. Ou, "tecnicamente morto", vai virar ração. "Nada se perde." Já dizia o Antoine Lavoisier.

Nota importante: quem resolver apiedar-se das almas desses não chipadas, e pensar em ajudar o infeliz perambulante, vai pro "arquivo morto" como zumbificado cúmplice dos terroristas. Terão seus CHIPS tecnicamente desligados, mortos.

O desengano do cego é ter a vista furada. É o terrorista olho por olho...
Vejamos por onde e a quantas andamos, os desdentados...

(...)"O objectivo da saúde mental não é apenas lidar com o desenvolvimento de indivíduos saudáveis​​, mas também criar uma sociedade saudável. [...] O conceito de saúde mental é alargado à ordem global e à comunidade global. " 
Há no manifesto dos WFMH três questões fundamentais. Primeiro, Rees salientou a necessidade de experiência psiquiátrica militar da Primeira e da Segunda Guerra Mundial como um paradigma:
"Um sistema de clínicas de saúde mental através da qual psiquiatras contra-insurgência conseguiriam forçar " terapias "para grandes populações."[49] 
Outro ponto importante do manifesto enfatizou a necessidade de colocar os psiquiatras em posições-chave permitindo-lhes desempenhar um papel decisivo nos programas administrativos e sociais dos governos e da indústria. Como escreveu em 1974, o pesquisador Mark 
L.: "Não é surpreendente o falecido George Orwell, tivesse concebido o seu Romance 1984, depois de ter passado algum tempo em contacto com um grupo de seguidores de Rees. [50]Inaugurada em 1948 pelo Grupo de Cibernética, a Federação Mundial de Saúde Mental foi um dos projectos mais deploráveis ​​lançados por sociólogos importantes, psiquiatras e antropólogos do mundo, chamados de "tropas de choque psiquiátricos" e cujo presidente, o Brigadeiro John Rawlings Rees, foi primeiro director do Instituto Tavistock: o principal centro para o estudo da guerra psicológica.Carl Jung foi seu vice-presidente. Outra pessoa intimamente associada com a Federação foi o médico nazista Villinger Werner, que participou da Conferência da Casa Branca sobre Crianças e Jovens, realizada na década de cinquenta. E por mais que tentem negar os seguidores de Jung, não pode distorcer os factos: Jung sabia muito bem que estava a apoiar Hitler e os nazistas. 
Imediatamente após a guerra, Sir Julian Huxley mudou o nome do seu programa de controle de natalidade forçado, de zero crescimento económico e tecnologia de controle mental em massa, e continuou a aplicar os princípios que levaram ao assassinato em massa dos "racialmente inaptos "na Alemanha nazista. Em 1946, Huxley anunciou que: 
"Embora seja verdade que a implementação da política eugénica radical seja impossível nos próximos anos tanto politicamente como psicologicamente, seria importante para a UNESCO entender que o problema da eugenia é examinado cuidadosamente e o público recebe informações do que está em jogo, de modo que o que é agora impensável, pelo menos pode ser considerado. " 
Em 1974, Henry Kissinger, o filho de Huxley intelectualmente sodomizado disse"O despovoamento deve ser a prioridade da política externa relativa ao Terceiro Mundo."

Huxley foi um dos fundadores da Eugenics Society britânica e o primeiro director-geral da UNESCO promoveu a redução da população e o que chamou de "uma cultura para o mundo." Além de um membro proeminente da WFMH, foi director da Associação para a Reforma da Lei do Aborto e fundador da WWF, cujo primeiro presidente, o príncipe Bernhard dos Países Baixos, era membro do partido nazista e um dos organizadores das reuniões Clube Bilderberg desde a sua fundação em 1954.
Fonte
Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.
Todos estão sendo chamados ao Amor Incondicional. Quando pintamos um quadro podemos escolher do escuro para o claro ou do claro para o escuro. 
Os detalhes virão com o tempo...


Sempre é tempo da consciente faxina das memórias e programas que nos impedem podermos despertar para novas escolhas para o nosso bem e o bem de todos... 

Para termos algo diferente é preciso fazermos algo diferente.

Inté! 

Um ótimo final de semana para todos. 

4 comentários:

  1. Então, qual o sentido da vida? O que nos resta? Por que não passar uma corda no pescoço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo seja bem-vindo.
      .
      Você certamente tem um nome, preze-o.
      http://www.dicio.com.br/preze/

      Veja que a corda no pescoço ELES já nos passam quando nascemos, desde quando nos criaram. O sentido da vida é retiramos a corda que eles passaram em nosso pescoço. Mas, antes, temos que retirar a venda que nos impede ver a corda - O EGO FRATRICIDA - e o verdadeiro amor...

      O VERDADEIRO AMOR NÃO TEM OPOSTO.

      Este é o propósito da (desta) vida aqui neste planeta. O Universo é Divino, Perfeito, Infinito e está em Expansão.

      Volte sempre. Há muito o que meditarmos.
      Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

      Excluir
  2. Qual o sentido da vida? Interiorizar-se e descobri-lo por si mesmo! Só descobrindo esse sentido e que a vida terrena tem sentido no contexto mais amplo de nossa existência cósmica. Muitos conseguiram se libertar da ilusão e deixaram indicações e pistas do caminho, mas cabe ao interessados buscá-las e não ficar sentado no sofá esperando o sentido da vida surgir de um Plim! Plim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Diógenes, sou muito grato por sua ressonante presença. Venha sempre que puder. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

      Excluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails