O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

terça-feira, 28 de março de 2017

Que síntese interessante...



Que síntese interessante...


Você, que desceu à Terra para mais uma experiência no corpo, jamais deixou de ser um cidadão do Universo. Sua verdadeira natureza não é desse ou daquele lugar, mas do Infinito. Sua casa é no coração do Todo e tudo o que vive é seu próximo. Você pode lembrar-se de muitas vidas, em diversos lugares, mas você é uma consciência espiritual, que não nasce nem morre, só entra e sai de corpos perecíveis. Você tem cara de gente, mas o seu rosto espiritual tem a cara da Luz. 

Você deita o corpo físico no leito, diariamente, mas não fica dentro dele, mesmo que nem saiba disso. Enquanto a Natureza faz seu trabalho de regeneração do veículo denso, você, o Eu Real, se desprende para fora dele e viaja com o corpo sutil pelos planos extrafísicos, encontra amigos astrais e realiza atividades de estudo e trabalho, naquelas moradas além da Terra. E, quando volta ao corpo, nem se lembra disso... No entanto, dentro ou fora do corpo, você é você mesmo o tempo todo. Quando rememora vivências de outras vidas na carne, isso ainda é um evento menor. 

Na verdade, você precisa se lembrar mesmo é de algo a mais, além das lembranças de vidas passadas – muitas vezes, cheias de condicionamentos limitantes e coisas mal-resolvidas. 

Você precisa se lembrar das cidades astrais e dos sítios extrafísicos, para perceber que veio de outros planos e que é um SER DE LUZ, um viajante eterno e que nada pode limitar o seu desenvolvimento ou condicioná-lo a este ou àquele corpo - ou àquela vida ou situação específica. Você carrega o Fogo Estelar em seu peito. Você não é homem, nem mulher. Nem branco, negro, amarelo ou vermelho. Você é da raça da LUZ! É parceiro das estrelas! Sempre foi... 

No momento, você está hospedado num corpo denso emprestado pela Mãe Terra. Então, agradeça a Ela a oportunidade de aprendizagem enquanto está na carne. E trate com muito cuidado deste veículo de argila que Ela lhe ofereceu com Amor. Tenha respeito e admiração por quem te recebe e contribui em teu despertar. 

Porém, jamais se esqueça de sua verdadeira natureza espiritual. Mantenha os pés no chão, mas permaneça ligado ao Alto, de onde vêm suas melhores inspirações. Respeite o caminho terrestre, por onde caminhar, mas não perca o brilho estelar dos seus olhos, nem deixe as coisas do mundo bloquearem sua Luz. Da mesma forma que o barco pode entrar no rio, mas o rio não pode entrar nele – pois afundaria –, entre no mundo, mas não deixe as coisas do mundo afundarem seu barco e afogarem sua lucidez. Viva o que tem que ser vivido, mas sem perder por longo tempo o discernimento e a consciência de tua Luz pelo que acontece. 

Você é mais do que imagina. 

Todos nós o somos. E, se se concentrar melhor e aplicar mais sua Atenção, desbloqueará diversos de seus potencias adormecidos. Se escolher desabrochar, desabrochará! Mas, lembre-se: nada acontece da noite para o dia. Tudo demanda exercício e paciência, e a ansiedade com qualquer resultado a curto prazo, com certeza, envenenará seus melhores propósitos. 

Apenas estude e se empenhe da melhor forma possível, sem preocupações com resultados ou condições. Seu empenho amoroso o levará a prestar Atenção em algo a mais, na vida e em você mesmo. E isso é fundamental. Você É um cidadão do universo. Sempre foi, e será... 

Autor desconhecido

Na paz da gratidão espero estar contribuindo.


E ainda não acreditam em conspirações?


Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.

Inté!

Na paz da gratidão...

5 comentários:

Odete disse...

Lindíssima mensagem. Gratidão por compartilhar. Paz e Luz. Seja Feliz!

Aldo Luiz Fonseca disse...

Muito grato Odete, seja cada vez mais feliz, te amo e sou grato.

vapera disse...

Grande Aldo,
Tampouco somos de luz, somos consciências e luz é uma proposta energética/material em última análise!
É a armadilha que vc mesmo citou recentemente em um post que falava da armadilha de luz.
http://infinitoaldoluiz.blogspot.com.br/2017/02/a-luz-e-o-tunel-no-momento-da-morte-sao.html

A consciência é o resultado da individualização da percepção, pois a percepção sendo total, nada sobra, nada é, e ela só tem uma opção, permitir a individualização das partes de si, de forma a permitir a interação e evoluir a si mesma!
O que temos que lembrar não são cidades astrais ou luzes quaisquer, temos que lembrar de nós mesmos, que em última análise somos percepção encapsulada, consciência e consciêntes perceberemos que nossa expansão implica em de novo voltar a ser o todo, a percepção, e como percepção de novo vamos aglutinar a parte para participar do todo!

Somos a lembrança de nada porque somos tudo e somos a lembrança de tudo porque somos nada!
Ficamos nessa lambança!!! :D

De resto, "o que não sabemos não existe"! :D

Sempre grato pelos textos reflexivos!!!

Abraço

Aldo Luiz Fonseca disse...

Nihil obstat. Publique-se!

"Somos a lembrança de nada porque somos tudo e somos a lembrança de tudo porque somos nada!
Ficamos nessa lambança!!! :D

De resto, "o que não sabemos não existe"! :D

Sempre grato pelos textos reflexivos!!!

Abraço na paz da gratidão

vapera disse...

Grande Aldo, eu mereço!!
Qualquer hora dessas ainda aprendo a não mais cuspir para cima!! :D :D :D

Related Posts with Thumbnails