O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Mensagem aos caros amigos antes que este mundo se...



Caros amigos, antes que este mundo se... 

Uma mensagem de esperança a cada um segundo suas possibilidades. Busco reconhecer o conhecimento e a sabedoria. Recapitulemos uns pontos...

Só sei que nada sei é minha socrática verdade. Não são poucos, feliz/mente, os que se beneficiaram (e se beneficiam) com esses meus "meditativos parangolés", é o que dizem. Devo isso a minha teimosia em continuar encarnado e "no jogo". Dão-me alguma imodesta utilidade.

Nada é por acaso. Cada um de nós vem com uma razão de ser? Os dedos nas mágoas nesse (i)mundo (composto pelo somatório dos "eus" de cada um de nós; o "egos semânticos") são como os de São Tomé, para não perdermos de vista o necessário, antes de qualquer outra atitude, perdão a nós mesmos e aos que pensam poder nos ferir com seus rotulantes (pré e pós) julgamentos. Somos infinitos espelhos... 

Está no contrato; quando aqui chegarmos esquecermos o texto do contrato. O que não reconhecemos não existe. Comecemos a recapitulação pelo perdão a nós mesmos. Perdão pela nossa fragilidade na busca da corajosa limpeza desses nossos programas de contumaz egoísta ignorância em memórias escravagistas que sustentamos milenarmente para fingirmos estarmos vivos e atuantes num jogo viciado em (terrorista e muito bem criptografado "Auto-run") escravismo.

Estar em consonância com a "matrix", seja como anjo ou demônio, é o pseudo conforto da mente subconsciente paralisada pelo medo dessa aterradora assombrosa "humana" existência. O medo de tudo são nossos verdadeiros únicos inimigos escraviza/dores. Os carcereiros sabotando o processo auto libertador.

Tomar consciencia do que se passa (la fora) e alertar aos passantes que a ponte adiante ruiu é sustentar o foco na negatividade? Quem se pretende ascensionar precisa da consciência do que verdadeira/mente se passa dentro e fora. Estamos "ainda" encarnados... E depois também. Quem já esteve do "outro lado" reconhece isto bem.

Dando (em parte) este lero lero por recapitulado...

Que o ano que vai nos esgotando ainda traga à luz, ou alguma, que extinga esta escuridão que nos impede ver o quão vazio e irreal é este golpista labirinto do nada (achou rima com sionista?) em que nos deixamos aprisionar em nossos sentimentos magoados e pelos quais acusamos, julgamos e matamos uns aos outros.

Por que ao reconhecermos toda esta conspiração contra a humanidade somos vistos como os reacionários conspiracionistas? Acaso somos nós (em minoria) os mantenedores das dores do (i)mundo? Acaso os que tapam o sol com as peneiras das beatitudes ilusórias são os que nos salvarão das inconscientes misérias de nós mesmos?

Recapitulando; quem puder, em sã consciencia, que nos conteste... "O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO, GOLPISTA E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.

O tempo não pára; 1917/ 1937/ 2017 e as velhas botas ao passo de ganso? O tempo é outra ilusão. É impossível localizar com precisão a partícula no eterno movimento. É ótimo conviver com as infinitas diferenças, os infinitos espelhos em ângulos desta unidade que emana do centro Criador de onde tudo vem e para onde tudo vai infinita/mente. Sempre recapitulando...

O mapa não é o território. Continuemos nosso treinamento ao afeto incondicional. Penso eu seja este é o propósito de nossas existências. Todos buscam sempre mais as Luzes mais conscientes de si mesmos. Ou não?

Pausa...



 Ótimo final de ano para todos! Bendita Internet! Todas as bênçãos!
Avante na luz silenciosa da paz da gratidão.
Inté!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails