O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Lua cheia do refazimento.(Atualiza(n)do)


Anotação 2016-06-20 - 10:30


1

Os mamoeiros estão grávidos, cheios de grandes mamões.
Um tipo de fungo aparece logo que querem amadurecer. 
As formidáveis pimenteiras morreram no meio do verão.
 Desgosto?

No início do ano plantei uma jovem pokan e um limoeiro.
Estão lá paralisados.
Paralisados ao sol, geada, chuva, vento, seca...
Não perdem as folhas verdes, também não brotam novas.

Estão esperando alguma coisa que não sabemos o que é.

Nem o quando...


2
Esta lua cheia nos pede para abrir o 6º sentido, que é a intuição.
"(...) Nossa passagem sobre a Terra é efêmera e durante essa passagem, nossa missão é estar completamente devotados ao nosso caminho de Luz. Atravessamos esta lua cheia do mês de junho como uma morte solar, nos despedindo de velhos hábitos, nos conscientizando do quanto eram automáticos, para clarear, permitindo circular a nossa luz plena, abrindo espaço para a fertilidade de novos acontecimentos. 
Esta lua cheia nos encoraja e tentar novas coisas, e se fixar em intenções muito claras. É preciso também evitar palavras francas demais, bruscas ou explosões emocionais. 
Quando a vida nos oprime, é quando chegou o momento de romper com o passado, procurando não ficar bloqueado entre o velho e o renascimento... Este é o sinal que nossa consciência precisava para entender que somos seres em expansão. Chegou o tempo de unir nosso corpo cósmico, à nossa Luz mais profunda. 
Tudo que é amarelo está privilegiado nessa lua cheia. (Fonte)

3

Vão se divertindo aí...












Crenças e escolhas.
Cada um com seu cada qual...
Meditemos na paz da gratidão.

ACEITANDO A BOA SORTE
O 10 de Ouros emerge do Tarot como arcano conselheiro para este momento de sua vida, Aldo. A ideia deste arcano é clara: chegou o momento de gozar da boa fortuna, que resulta não da sorte, mas do esforço empreendido. Não se culpe por conseguir coisas que outras pessoas queridas não conseguiram. Não devemos nos medir pelos outros, mas aceitar o nosso próprio sucesso e fazer com que este sucesso sirva de exemplo para os demais. Saiba exercitar seu senso de abundância e você terá diversas oportunidades para distribuir generosidade pelo mundo, multiplicando a felicidade obtida. Há momento em que a sorte se manifesta. Aceite-a, simplesmente, sem culpas ou excesso de filosofias!

Conselho: Multiplique a felicidade obtida.

Inté!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails