O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 31 de dezembro de 2016

FELIZ 2017! Longe das ilusões.


Não sejamos egoístas... Sejamos conscientes.


"Em verdade em verdade" ele é, e toda esta centenária (milenar) corja temerosa é, todos são, "missionários", profissionais exterminadores de futuros. Lacaios das velhas realezas escondidas nas sombras das holllywoodianas coroas cravejadas de diamantes e outros ensanguentados humanos brilhos. Vivem de golpes, saques e extermínios, a missão deles é a destruição das conquistas ditas brasileiras. As maravilhas do Brasil que jamais foram nossas de verdade e nunca serão. A corrupção é a verdadeira bíblia.

O Brasil é uma propriedade privada, uma colonia escravista preservada a custa de muito sangue e miséria humana, indígena, negra, "branca". O Brasil é uma possessão Inglesa como toda a América e outras paragens mundo afora; e ninguém consegue ver isso porque ninguém estuda História "fora das caixinhas" estabelecidas por ela desde muito antes de quando Portugal e Espanha aqui chegaram mandadas para fazer para e por ela o serviço da estiva. 

A televisão (todas de sua judia propriedade) lava 24h por dia os cérebros, corações e almas dos humanos gerando robóticos desumanos zumbis. São visceralmente escravistas os inumanos alienígenas os donos desse (i)mundo saqueando terras e povos onde nos mantem em perene infantilismo inebriados por uma lenda com o título de "democracia" do povo, para o povo e pelo povo, não passando da velha casa grande e senzala travestida em hipócrita espiritualidade. Todas coroadas e organizadas muito "religiosamente". 

Nada vai mudar sobre isso em 2017. Os seus "jogos de guerras" são seu melhores negócios e os seres humanos são seus escravos, somos o cacife do jogo.  Manda quem tem as armas e obedeça quem tiver juízo... A humanidade está sob ataque e quem vê TV não vê o que de fato está acontecendo, está sucumbindo à hipnotizante mediocridade do "flaxflu" cotidiano numa prisão esquiso paranóide plantária planejadamente fratricida. Somos mais de 7.000.000.000; querem administrar não mais que quinhentos milhões de escravos.

Não sejamos eternos tolos. Não sejamos corruptos! Não sejamos egoístas. O tempo passando vai nos mostrar tudo isso ao mundo do que restar deste projeto genocida sempre reciclável ao longo da milenar história do escravagismo neste planeta. O Brasil não é uma ilha. Acredite quem quiser. Restar-nos-a o tomar consciencia da razão do verdadeiro e necessário permanente "Orai e vigiai" no poderoso sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato do bendito Ho'oponopono. (Pesquisemos sobre isso.)

A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado tanto. Liberte-se! Somos almas cativas em busca da liberdade. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica. O tempo não existe! O maior cego ainda é o que não quer ver...


Feliz ano novo!
Cada um só pode dar o que tem.

Pacific Rim on Alert as Massive Waves of Cosmic Energy Strike Earth


Publicado a 30/12/2016
One of the biggest galactic and cosmic events in history may be taking place on earth at this time. There are enormous waves of energy being recorded by our science instruments such as the equipment used for (MIMIC) Morphed Integrated Microwave Imagery at CIMSS.


Somos os heróis quando estamos conscientes de nossa divina finalidade neste planeta.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!
Na paz da gratidão.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Do tempo em que computador era uma dor insuportável


Mais de quinze anos vivenciados dentro de uma "mídia nobre” juntamente com a TV, o radio e o cinema, assinando as capas como Aldo Luiz sem a plena consciência de que estava fazendo História. Eu estava lá com meus jovens Eus felizes e ainda não sabia. Escolhera viver meus sonhos sem perder a ternura jamais.

Uma “limpeza” particular e absolutamente necessária do tempo em que computador era uma dor insuportável.


Decepcionado deixo a Escola Nacional de Belas Artes. Eram os difíceis 1964/69, "eles" vivem de golpes. Nada é por acaso. Vibrando apenas o meu desejo de trabalhar em paz com as artes gráficas, uma novidade em meu currículo escolar, e, sem abandonar a pintura, sou surpreendentemente convidado à realização do meu desejo. Ainda na E.B.A. fizera um cartaz (para o Banco Nacional de Investimentos do Magalhães Pinto) que visto em uma vitrine pelo André Midani (gerente geral da Phonogram depois Polygram, hoje Universal) mudaria minha vida. E durante a década de 70 até meados dos anos 80 trabalharia para a indústria do disco como artista gráfico, capista e diretor de arte.

Uma aventura estelar! Era o bom e velho long-play com as capas e contracapas impressas em dois quadrados de 31,1 x 31,1 cm. Aos olhos do público dos CDs e Dvds atuais, não havia ainda o bendito computador, as capas de disco eram “outdoors".

Sempre me surpreende neste momento olhando e limpando essas memórias o compreender quanto somos manipulados pelos verdadeiros donos das mídias em proveito de seus milenares interesses particulares raramente confessos e muito menos publicados. 

O fascínio do contato com o mundo “fashion” das “estrelas” e super "stars" da música em seus bastidores de fracassos e sucessos me assaltavam o coração e o espírito emocionado enchendo-me o dividido ego entre o profissional colaborador e o fã admirador.

Quando ao final do primeiro ano fui ao cargo de diretor de arte um susto e tanto foram meus primeiros contatos com verbas, planilhas, “budgets”, custos, gastos, concorrências e cifrões enevoando as criações artísticas. “Agora você é um patron menin!” disse o André. Estava eu às voltas “novamente” com estas memórias para mim muito complicadas de lidar com o bendito dinheiro. E essa faxina continua "sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato".

Agora aparecia uma complicação bem maior fazer arte e pensar em verbas, custos, lucro, perdas, ganhos, pagamentos, fornecedores, prazos, agendas, telefones, cobranças e uma montanha de outras tarefas burocráticas em papeis jamais falados em aulas na Escola de Belas Artes. Aliás, em qualquer escola no Brasil e principalmente as de arte.

Todos nós discutimos economia, política e finanças enquanto acossados por essa hipnótica força do sistema que nos mantém acuados contra as mais reles necessidades restauradas de crise em crise sempre muito bem arquitetadas. 

O dinheiro é a energia vital, sem ele não podemos fazer circular nossas criações, nossas manifestações divinas e perfeitas nas humanas produções sejam elas quais forem. Artista não pensa muito nessas coisas materiais, é a cigarra cantando enquanto a formiga trabalha. “O dinheiro não trás felicidade”, “Mais vale um gosto que seis vinténs”, “Dinheiro não é tudo”, “Mais fácil um camelo passar pelo buraco da agulha do que um rico entrar no reino do céu”. E por aí vai... 

De modo geral se paga muito bem a alguns artistas, "aos deuses", em quase todas as artes. Não é a toa que alguns recebem o título de “rei” ou “rainha” disso ou daquilo. Há sempre uma propaganda atualizada desses novos milionários. A maioria dos artistas jovens em todas as áreas profissionais das mídias mundo afora responde bem ao processo de inflamação do ego em programas de idolatria e acirrada competição entre todos pela fama e a riqueza. É milenar esta tática.

Aos honestos contestadores, e aos que podendo desvelam a verdadeira artimanha da mídia, está reservado o ridículo, o fracasso, o ostracismo, a pobreza, as infindáveis leis, ou o pior. Deixa-se escapar um ou outro de talento incontestável para reforçar a velha ideia de que as exceções confirmam a regra. É o bem aplicado truque do dualismo. Daí minha conclusão de que todas as utopias humanitárias são táticas dentro da milenar estratégia escravista. 

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato! A ideia deste especial "merecimento” vendida diuturnamente ao público é posta cinicamente nas mãos da divindade que premia ou castiga aos mortais e aos “imortais”. Então a porta para o sucesso se abre ou se fecha. 

A casa do divino não tem porta. Aqueles que controlam o fluxo do dinheiro interferem no fluxo de energia vital. Eles sabem que a abundância do Universo é inesgotável, e, cônscios desta afirmação sabem que abrindo ou fechando as torneiras do bendito dinheiro podem dominar o mundo ao seu gosto submetendo-o às zonas de escassez ou abundancia.

Mas, para que isso aconteça é importante que os humanos não saibam que isso está acontecendo, e, só é possível enquanto e justamente porque não sabemos isso. Enquanto esta consciencia não acontece contrata-se a mídia global para não deixar que isso aconteça.

Para se ter uma vaga ideia desse dado, ao final de um semestre (os anos 70) foram remetidos para a Holanda seiscentos milhões de dólares do lucro líquido na venda dos discos. Publicaram a informação pela primeira e última vez e nunca esqueci essa fortuna... Limpemos este programa ancestral de memórias de escassez sempre compartilhado com todos; “sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato!”

Mas de onde vem, e como, este dinheiro de todas essas fortunas? 

Do mundo sedutor das escravizantes irrealidades e fantasias. É o dinheiro das massas inconscientes que lotam os circos com ou sem pão no setor de “serviços” de fazer sonhar como Alices no país das maravilhas ou Lucys no céus de diamantes. Escapismos hipnóticos anestesiando memórias quase sempre doloridas pela escassez de todos os bens materiais mais elementares, alem dos bens do amor e do afeto principalmente.

É deste hipnótico setor áudio-visual o farto dinheiro do esquizofrênico entretenimento onde de tudo muito, e ao qual a arte, de corpo e alma, boa ou má, presta serviço em favor da consumista materialização na estupidificação das massas para imposição de fins inconfessos.

Tristeza não tem fim, felicidade sim. E como dá dinheiro isso! É a grande ilusão do perene carnaval onde a gente trabalha o ano inteiro por uns momentos de sonhos pra fazer as fantasias de reis ou de piratas ou jardineiras onde tudo nunca se acaba na quarta-feira. 

Limpemos continuamente este programa ancestral das memórias de ilusões sempre compartilhadas com todos; sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato!

Dedico este artístico parangolé em gratidão aos mestres César Villela, Mello Menezes, e aos colaboradores arte finalistas, ao saudoso revisor Geraldo Avelar, aos muitos excelentes fotógrafos e aos parceiros capistas Lincon Tosta Nogueira, Nilo de Paula, Pedro Hélio Lobianco, Rogério Duarte, Elifaz Andreato e a todos os Artistas sem os quais eu não teria qualquer importância.

Feliz ano novo!
Somos os heróis quando estamos conscientes de nossa divina finalidade neste planeta. 
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

MENSAGEIROS DOS SERES DAS FLORESTAS E GUARDIÕES DAS PALAVRAS SAGRADAS


PAJÉS: MENSAGEIROS DOS SERES DAS FLORESTAS E GUARDIÕES DAS PALAVRAS SAGRADAS, POR CRISTINE TAKUÁ

"Durante muitos séculos, os pajés nos quatro cantos do planeta vêm equilibrando a vida aqui na Terra, através de seus cantos, rezas, curas e sabedoria, proferindo a palavra sagrada e transmitindo a essência de sua cultura. Eles são médicos, rezadores, curandeiros, conhecedores de sua ciência e filosofia. 
"Porém, desde o período da colonização, homens missionários, em nome de seu Deus, chegam estupidamente querendo enfiar na cabeça de milhares de povos o evangelho de Jesus, usando de suas próprias palavras para argumentar seus propósitos, que resultaram no maior etnocídio de nossa história. Diziam que, segundo a Bíblia, Jesus teria dito para ir a todo lugar e pregar o evangelho para todas as criaturas. E quem não fosse convertido seria condenado e queimaria no fogo do inferno. Com isso se empenharam durante séculos em conquistar as almas dos povos indígenas das mais terríveis e perversas formas, como o uso do acesso a cestas básicas, roupas velhas, muitas vezes até sujas, medicamentos, aspirinas, novalginas para trocar pela conversão. (...*)


Hoje somos mais de 200 000 000 e ainda não acreditamos em conspirações... Somos os heróis quando estamos conscientes de nossa divina finalidade neste planeta. 
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

“Precisamos agir e vamos fazê-lo, numa altura e lugar escolhidos por nós."


Quando reagimos à inconsciência dos outros, imediata/mente, nos tornamos inconscientes também.

Nem precisamos de pitonisa, e só ficar desligado da manipuladora hipnose global. Quando das eleições no Brasil eu disse; vai dar Dilma para poderem dar o golpe; com Trump é a mesma história. 

Golpe à vista, "o sistema" vive de golpes. Aguardemos para conferir o milenar esquema conspirativo para bem antes da posse do sujeito. "Game of trones". Quem sobreviver verá o início do fim nessa espoleta armada para a guerra total... Só falta apertar o botão vermelho para detonar a genocida terceira grande guerra, a última; desta era.
"Barack Obama, em entrevista à NPR News, a rádio pública dos EUA, afirmou que não há dúvidas de que a Rússia interferiu nas eleições presidenciais norte-americanas e que agirá em conformidade. O presidente dos EUA deixou claro que o seu homólogo russo foi informado da sua decisão:
“Precisamos agir e vamos fazê-lo, numa altura e lugar escolhidos por nós. Algumas dessas ações serão explícitas, outras talvez não. Mas o Senhor Putin está a par da minha posição sobre a questão porque falei diretamente com ele sobre ela”, afirmou Obama.

Ainda não acreditam em conspirações...
Sem problema.
Continua valendo... 
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.

SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

Inté!

domingo, 18 de dezembro de 2016

Reflexões de um FELIZ NATAL e PRÓSPERO ANO NOVO para 2017.



Se mais não falo é porque desde 2009 muito já tenho dito. Se você tem me acompanhado vai concordar com minhas inevitáveis conclusões de que essa conspiração contra a humanidade se recicla milenarmente. Só a consciencia do observar e não julgar pode nos salvar da alienação escravizante.

Aqui estão informações encobertas pela televisão alienante. Seus donos e suas tenebrosas foças repressoras terroristas rotulam estas evidencias de "teorias conspiratórias"...

"A maior ditadura do mundo está online: CIA cunhou a expressão “Teoria da Conspiração”, seus agentes rotineiramente criam “notícias falsas”, agora o Facebook criará uma marcação para decidir o que são “notícias falsas” e o que não são!
"1967: a CIA cunhou a expressão ” Teóricos da Conspiração”, como ferramenta para atacar quem desmentisse narrativas “oficiais”. A maioria das pessoas acredita cegamente em todas as notícias veiculadas na mídia. Seja assistindo o telejornal preferido, lendo a revista semanal ou acessando a internet, suas mentes já estão condicionadas a aceitar as notícias que recebem, como sendo verdade absoluta e irrefutável. Aliás, para algumas pessoas, determinadas notícias só são consideradas verdadeiras se forem divulgadas pelo ancora famoso do horário nobre.
Surge então a pergunta: porque apenas as noticias veiculadas na Veja, no Jornal, Nacional, no portal UOL ou na Folha de São Paulo, são merecedoras de credibilidade? Quem pode garantir que essa imprensa, apresenta de fato a realidade?
Descubra neste vídeo, porque a expressão: “Teoria da Conspiração” foi criada pela CIA. (fonte)
1

2


3


4



 TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.

Se mais não falo é porque desde 2009 muito já tenho dito. Se você tem me acompanhado vai concordar com minhas inevitáveis conclusões de que essa conspiração contra a humanidade se recicla milenarmente. Só a consciencia do observar e não julgar pode nos salvar da alienação escravizante.

Ainda não acreditam em conspirações?
Sem problema.
Continua valendo... Assistam aos vídeos outra vez. Sejam corajosos.
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

O chemtrails que é pulverizado no céu, cai no chão.


"Algumas pessoas podem sentir o novo cheiro de chemtrail antes de abrir qualquer uma das suas portas de casa ou janelas na parte da manhã, enquanto outros não são capazes de detectar o cheiro.

"O que é pulverizado no céu, cai no chão. As mesmas toxinas que foram detectadas durante a amostragem direta de aerossol químico de nuvens no céu conseguem chegar à água da chuva, solo, e os testes de sangue mostram a contaminação por alumínio, bário, estrôncio e entre outras substâncias tóxicas. 

Estes são os produtos químicos responsáveis pelos buracos queimados nas folhas. As pessoas sensíveis têm a capacidade para detectar quando estas partículas de metal caem no chão.

O chemtrails é um provável culpado pela enxaqueca súbita, dor nas articulações e fadiga. O mercúrio contido nos chemtrails também podem interferir com milhares de processos químicos do corpo, impedindo o gama-amino-butírico (GABA) de se ligar aos seus receptores no organismo. 

O GABA é um aminoácido presente no corpo usado para regular a condutividade dos nervos. Sem uma regulação do GABA, seus pensamentos vão correr de forma incontrolável e você vai tornar-se extremamente sensível ao som, luz, aromas e gostos.

A perda de GABA ativos essenciais resultam em pensamentos acelerados, o qual hoje também é comum devido a toxicidade do mercúrio. A memória a curto prazo pode ser afetada conforme sua capacidade de concentração diminui. A sensibilidade a sons, luzes e aromas irão aumentar. 

A perda de GABA ativo essencial também irá induzir a sensibilidade às emoções, o que pode resultar em depressão, mau humor, irritabilidade e raiva. Alguns medos também podem surgir como resultado, o que torna algumas pessoas petrificadas no escuro, acidentes de carro, e conflito.

O mercúrio presente em chemtrails também se prenda ao zinco tornando-o inútil. A deficiência de zinco é o motivo mais comum das pessoas perderem seus sentidos do olfato e do paladar. 

Idosos com dentaduras muitas vezes sofrem, por causa das dentaduras geralmente conterem corantes vermelhos feitos com cinábrio, o qual é o minério vermelho do mercúrio. Após a colocação da prótese, muitos idosos vai experimentar demência e perda auditiva, como resultado da exposição. O cinábrio também está presente no batom e tinta de tatuagem.

Desanima não, o universo precisa de nós; é a razão de estarmos por aqui. Feliz ano novo! Avante! Nada a fazer senão o corajoso permanente resgatar consciente da nossa infinita divina perfeição... Bem-vindo 2017! Aos amigos meu sincero desejo do mais feliz ano novo na paz da gratidão! Caprichem nas escolhas.

Ainda não acreditam em conspirações...
Sem problema.
Continua valendo... 
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.

SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

Inté!

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

De golpe em golpe a caravana ladra e os cães passam...


"Entre 1809 e 1817, Portugal assinou alguns acordos com a Inglaterra, que envolviam principalmente os domínios portugueses ultramarinos. Após a expulsão dos franceses, Portugal foi governado pelo general britânico William Carr Beresford, subordinado ao Príncipe Regente... (*)


Por "ironia" do destino coincidências não há de haver.
Quis o 13 de dezembro de 2016 entrar para a vergonhosa história desse desnaturado gigante país escravocrata. As ordens sempre vieram de fora e de longe, dos verdadeiros (coroados) donos dessa casa grande com suas inumanas senzalas que agora querem reduzir ao mínimo o desnecessário.

De golpe em golpe a caravana ladra e os cães passam...
Por 53 votos a 16, Senado aprova PEC que congela investimentos por duas décadas... Se a lei do sexagenário foi a lei da gargalhada esta PEC 55 será a lei do choro compulsivo no vale das lágrimas dos sobreviventes... 

Agora só falta o Incitatus subir as escadas do senado (em latim, Impetuoso) era o nome do cavalo preferido do Imperador Romano Calígula (reinando de 37-41 d.C.) De acordo com o escritor Suetónio na sua biografia de Calígula, Incitatus tinha cerca de dezoito criados pessoais, era enfeitado com um colar de pedras preciosas e dormia no meio de mantas de cor púrpura (a cor púrpura era destinada somente aos trajes imperiais, ou seja, era um monopólio real). Foi-lhe também dedicada uma estátua em tamanho real de mármore com um pedestal em marfim. Conta a história que Calígula incluiu o nome de Incitatus no rol dos senadores e ponderou a hipótese de fazer dele cônsul.
O primeiro recenseamento oficial do Brasil ocorreu em 1872 e o País contava com 9.930.478 habitantes. Obviamente não registrou grande parte da população indígena, nem os quilombolas. A população escrava registrada foi de 1.510.806 pessoas. (fonte)
Hoje somos mais de 200 000 000 e ainda não acreditam em conspirações... Sem problema. Continua valendo... Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta. 

SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Alex Jones entrevistando Donald Trump e um pouco mais...


"Eles", lamentavelmente gostam do fratricídio, das perenes lucrativas guerras. É o que se deduz da História na entrevista abaixo... 

Seguiremos iluminando nosso solitário caminho, o que se faz ao caminhar. Pé ante pé, não podemos (jamais) perder de vista as urgentes utopias esperando sempre por nós no amoroso horizonte infinito... E, bem-vindos novos nove anos com o que sobrar dos escombros dessa mente egoica nas oportunas faxinas do ciclo que se finda em 2016.

São ótimos nos "slogans", Lembram do "Yes we can!?

Tudo está ligado a tudo numa movediça formidável colcha de retalhos costurada com os pegajosos fios das mais arteiras aranhas. Saques e escravizações de humanos são banalidades, haja vista o que se passa neste inacreditável golpe de Estado saqueando o povo brasileiro cegado à total estupidificação fratricida.

Vejam como a milenar farsante "história" vai se repetindo envolvida e reciclada pelas emoções das falsas verdades repetidas exaustiva/mente até o aprisionador labirinto do nada da escravidão eternizada. Assistam ao vídeo (legendado em português) do bate papo dos escravobelicistas Alex & Trump.

À partir deste 2017, com esta fetal carinha de tenebroso terrorista, e, fazendo o inventário consciente do caminhado, (re)começaremos, a cada instante, a (re)construção consciente do nosso ressoante infiinito "Eu sou...". 

Ninguém virá nos salvar. O amor, o verdadeiro afeto incondicional, esta utopia tão vilipendiada, jamais terá oposto. Nós somos os deuses salvadores que tanto temos esperado... Avante! 

Novos nove anos com o que sobrar dos escombros das escolhas da mente egoica nas faxinas do ciclo que se finda seguirão iluminando o caminho que se faz ao caminhar. O faxinante treinamento continua... Crenças e escolhas! Não podemos (jamais) perder de vista as urgentes restauradoras utopias esperando por nós no amoroso horizonte infinito...

ENTREVISTA HISTÓRICA DE DONALD TRUMP POR ALEX JONES


Desanima não, o universo precisa de nós; é a razão de estarmos por aqui. Feliz ano novo! Avante! Nada a fazer senão o corajoso permanente resgatar consciente da nossa infinita divina perfeição... Bem-vindo 2017! Aos amigos meu sincero desejo do mais feliz ano novo na paz da gratidão! Caprichem nas escolhas.

Ainda não acreditam em conspirações...
Sem problema.
Continua valendo... 
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!

domingo, 11 de dezembro de 2016

TERAPIA ÚNICA E OS APRISIONADOS DO LABIRINTO DO NADA






Sigamos avante nosso observador treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações?
Sem problema...
Inté!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Imensos retalhos (*) no fim do 16


Sete anos de irreverentes parangolés e 2016 encerrando outros 9 anos da viagem infinita.  Sou uma pessoa 9 (*).

Tudo está ligado a tudo numa formidável colcha de retalhos. À partir deste 2017, com esta fetal carinha de tenebroso terrorista, e, feito o inventário consciente do caminhado, (re)começaremos a (re)construção consciente do ressoante "Eu sou..." E, novos nove anos com o que sobrou dos escombros da mente egoica nas faxinas do ciclo que se finda, seguiremos iluminando o caminho que se faz ao caminhar. Não podemos (jamais) perder de vista as urgentes utopias esperando por nós no amoroso horizonte infinito... 

Desanima não, o universo precisa de nós; é a razão de estarmos por aqui! Feliz ano novo! Avante! Nada a fazer senão o corajoso permanente resgatar consciente da nossa infinita divina perfeição... 

(*)

(*)

"A TORRE (arcano 16) é alta, construída pelo homem, demonstra o ego, o orgulho e vaidade, mas cai facilmente diante do poder Divino, quanto maior a TORRE maior a queda. Essa queda vai acontecer para a libertação da ilusão da Maya. Pode vir de insights, ideias brilhantes como um raio, relances esclarecedores, transmutações ou pela dor. (*)

"Mas aí uma hora a vida chama na chincha, a porca torce o rabo e não tem jeito: a gente pega o touro a unha e faz o que tem de fazer. Faz do jeito certo. Faz com amor, não como um amador.
Certas coisas não são para os amadores mesmo. São para os amorosos. Amadores não precisam se comprometer. Amorosos vão até o fundo e, de um jeito ou de outro, acertam porque fazem com amor. E com amor, você sabe, não tem erro nunca. (*)

No silencio da paz da gratidão sigamos avante nosso infinito treinamento ao afeto incondicional. 
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações...
Sem problema.
Continua valendo... 
Todos somos heróis quando estamos conscientes de nossa finalidade neste planeta.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

A Saga do Guerreiro


A Saga do Guerreiro é uma música conceitual, quase épica.

Uma música conceitual significa que é um trabalho musical com a intenção de "levar" o ouvinte a um propósito ou a um objetivo, que pode ser tanto uma história real, fictícia ou também à algum sentimento ou ainda, a algum momento local dentro de nossa própria mente. É uma música com conteúdo que através dos sons e da letra musical transporta o ouvinte a esse contexto.

No caso da SAGA DO GUERREIRO a intenção é colaborar o despertar ou o aflorar do guerreiro existente em nós, muitas vezes adormecido. O guerreiro do bem e da evolução. Sem medos ou desculpas vãs.


A obra foi criada, produzida e interpretada por Celso Zymon.
Participação especial da cantora e coacher: Dadá Cyrino
Produção visual (vídeo ilustrativo): Marcelo Chelão

O Universo é o infinito em expansão.
Cada um com seu cadaqualzinho sigamos avante o nosso ressoante treinamento ao afeto incondicional. 

Ainda não acredita em conspirações?
Sem problema... 
Vamos limpando...
Em uníssono...
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

À beira de um riacho a ressurreição é a verdade...


Ouvir os pássaros ao olhar o som das águas à beira de um riacho é ter o privilégio de conversar com o Infinito Criador em todas as coisas. É conscientemente compreender-se vivo. É formidável ouvir os mais humildes e os mais ocupados que existem. Cada um com seu único... Comovente é como natural/mente criam todas as obras e não se preocupam em ostentar as divinas assinaturas em nenhuma delas. 

Tela de Aldo Luiz na coleção Silvia Imperatore.
Tão na Deles. São a puríssima alegria no fluxo infinito cumprindo seu destino Criança, (a palavra criança é muito melhor do que a palavra cria/dor).

De volta à cidade... 

Reencontro um amigo, que furioso, se queixa de outro. Aproveitei para praticar o ouvir sem me envolver emocionalmente com a história dos outros... Ele repetia, quase aos gritos, que preferia ir para o inferno a ter que perdoar àquele falecido "ex" amigo. Seus olhos vagavam pelo meu rosto em busca de uma cúmplice aprovação.

Como tenho treinado, fiz silêncio aguardando a reação dele ao meu eloquente sorriso. Antes que ele voltasse a falar, disse-lhe (sempre sorrindo) que infelizmente ele não iria para o inferno por causa disso... Ele fazia aquele olhar de quem repensa o que ouviu quando eu, pausada/mente, continuei: ...Você já está no inferno...

Para nossa sorte, voltando a si, arregalou os olhos azuis num enorme sorriso.

A ressurreição é uma verdade... Aquele que guarda mágoas (memórias sabotando nossa sanidade) e não se perdoa, já está vivendo no inferno. O inferno é pena "eterna" infligida aos mortos vivos. Não é preciso morrer para ir pra lá, a vida do egoísta já é infernal. 

Conclusão... 

Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma, ninguém substituirá a nossa consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. 

Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.

Zeca Pagodinho e o inferno...


Sigamos avante nosso treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações?
Sem problema...
O Universo é infinito e está em expansão.
Inté!

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

A formidável foto da casa grande e senzala na aprovação da PEC-55


"Quando os países pobres exercem seu patriotismo, esses países se convertem em populistas, ou pior ainda, em terroristas. O que constitui uma “ameaça ao mundo”. Portanto, nós não temos o direito de nos defender, temos apenas o direito de aceitar o que outros decidem por nós. E esses “outros” são os que exercem o Governo Mundial. 
Eduardo Galeano – Escritor

O Brasil 2016 é uma maravilha... Ninguém para e pensa como é fácil comandar subliminarmente as massas de escravizados jogando umas contra as outras e facilitando o genocídio periódico a que se dedicam os senhores do (i)mundo para a manutenção do controle dos estoques desses seus manipulados. Divertem-se com seus canapés enquanto isso, afinal, manda quem tem as armas. 

Fico imaginando quão "oportuna" foi a morte do avião que transportava o time de futebol. Publicaram que o piloto se queixou de "falha elétrica" a bordo... Imediatamente lembrei do uso do HAARP, sempre aperfeiçoado, e das torres gêmeas desabando (demolição controlada) no fatídico 911, o tenebroso 11 de setembro de 2001 que serviu para justificar o saque e o massacre sem trégua de milhões de pessoas (rotuladas de terroristas) mundo afora por causa de petróleo. Coisa que, se não me engano, é a matéria prima da brasileiríssima Petrobras, que, já já vai virar petrobrax do brazil...
A formidável foto que simboliza a aprovação da PEC-55
"A PEC 55, aprovada ontem em primeiro turno de votação pelos nossos bem alimentados senadores, vai fazer mais ou menos isso: drenar os recursos do Estado para o pagamento dos juros da dívida pública, alimentando insaciáveis banqueiros, enquanto estudantes e trabalhadores sofrerão na pele os efeitos do congelamento dos investimentos públicos pelos próximos 20 anos, mesmo que a receita do Estado brasileiro aumente.
Caso haja revolta (e vai haver), o Estado oferecerá o serviço premium destinado aos manifestantes de esquerda, um coquetel luxuoso de bombas, gás lacrimogêneo e spray de pimenta." (fonte)
O Brasil de 2016 me parece estar chegando às portas do inferno 2017. A primeira e a segunda guerra mundial parecerão contos de fadas diante da NOVA carnificina que se aproxima. A chapa já está quente. A corajosa Bolívia do corajoso Evo Morales acaba de expulsar os Rothschilds. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Só para recapitular o processo demolidor em andamento desde 2001 já que a tampa não fechou no 2012 como muitos previram assistam ao vídeo... 


Sigamos avante nosso treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações?
Sem problema...
Inté!

domingo, 27 de novembro de 2016

Por que é difícil melhorar um relacionamento?


Por que é difícil melhorar um relacionamento

Por que é difícil melhorar um relacionamento?

T
er um relacionamento é complicado e até mesmo caótico, muitas vezes surgem diferentes problemas que geram estresse. O psicólogo e autor do website SNCMedia, Andrei Yudin, publicou um artigo que, finalmente, coloca todos os pingos nos is.

"O primeiro e único problema dos relacionamentos é que esse problema não existe. Tudo o que as pessoas pensam que são adversidades não são nada mais do que sinais de dificuldades internas. No processo de interação com o outro, os problemas dos dois envolvidos se juntam num nó enorme multicolorido e em constante crescimento.

A roda de Samsara

Normalmente, tudo começa porque as duas pessoas basicamente não conseguem pensar sobre o que realmente querem e, sem fazer nenhum esforço para encontrar o parceiro certo, começam um relacionamento.

Depois, quando começa uma comunicação mais ou menos de rotina, se inicia uma espécie de transe em que o corpo está na relação, mas a alma, cada vez mais frequentemente, evita o contato real e vive num isolamento de seus sentimentos e de suas necessidades. Nesta etapa do cenário da vida do casal surge todo um exército de ’problemas’: a incapacidade de respeitar o outro e suas necessidades, a inabilidade de sentir e o costume de manipular e jogar a responsabilidade no outro.

De repente descobrimos que a construção de uma relação forte e saudável é uma tarefa difícil e adulta, para a qual não estamos preparados nem moral nem tecnicamente. Nós ainda não aprendemos nem ao menos caminhar direito e temos de pilotar um avião.


Este momento é quando, no lugar de começar a trabalhar e desenvolver as habilidades que precisamos, optamos por uma maneira menos eficiente, já que começamos a tratar nosso parceiro como faríamos com uma criança pequena: somos caprichosos, nos irritamos, guardarmos rancores e fazemos birras. Começamos a nos comportar como se o nosso parceiro fosse nossa propriedade que não pode ir embora. Mas essa ’propriedad’ não só pode ir embora, mas também, na maioria dos casos, é o que faz, deixando-nos surpreendidos e decepcionados.


Os relacionamentos morrem lentamente. Desaparecem a leveza, a novidade o flerte e, em vez disso, ficam as discussões sobre quem tem razão. Logo acaba a intimidade e as pessoas se tornam colegas. Tudo termina com alguém não suportando mais a situação e que se arma de coragem para aceitar o óbvio: GAME OVER.

O caminho do despertar

Mas e se você for uma exceção às regras e seu problema for apenas com o seu parceiro, sem ter relação direta a seus problemas pessoais? Pode ser. Se você estiver bem resolvido, tranquilo, equilibrado, sem traumas de infância, se consegue realizar com sucesso o seu potencial, trabalha com algo interessante, não tem problemas financeiros, sabe ser um bom amigo e um parceiro de negócios e sabe que ninguém lhe deve nada, então, sim, o problema não é com você. Pessoalmente, nunca na minha vida vi isso: porque o tipo de pessoa que acabo de descrever tem bons relacionamentos. Mas aqueles que falam sobre grandes problemas em seu relacionamento, sem exceção, têm inúmeros problemas pessoais básicos.


O homem não pode construir com ninguém um relacionamento mais saudável do que o relacionamento que tem consigo mesmo. Se há alguns problemas em seu relacionamento, é inútil acreditar que você pode mudar seu parceiro ou aprender a dominá-lo. Tudo o que você pode e deve esperar é compreender a si mesmo e resolver seus problemas, o que é uma tarefa totalmente real, que certamente irá solucionar seus dilemas. Mas esta estratégia tem um efeito secundário muito importante: o mais provável é que, nesta fase, seu velho relacionamento acabe e ceda lugar a algo que você não poderia imaginar nem em seus sonhos mais atrevidos.


Sigamos avante nosso treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações?
 Sem problema...
Inté!

sábado, 26 de novembro de 2016

A democracia brasileira vai bem obrigado...



A democracia brasileira vai bem obrigado...

"O nosso amor é tão bonito
ela finge que me ama e e finjo que acredito..."

Composição: Nelson Sargento

O nosso amor é tão bonito
Ela finge que me ama
E eu finjo que acredito
O nosso falso amor é tão sincero
Isso me faz bem feliz
Ela faz tudo que eu quero
Eu faço tudo o que ela diz
Aqueles que se amam de verdade
Invejam a nossa felicidade

"Um conservador na Inglaterra é só um conservador. Um conservador no Brasil é um monstro. Um monstro que quer conservar as estruturas de um dos países mais desiguais e injustos do mundo. Não, Cuba não é o paraíso. É só uma ilha rochosa no meio do Caribe sem recursos naturais de qualquer tipo e bloqueada economicamente há cinquenta anos. E, no entanto, garante saúde e educação universal para seu povo e tem um IDH maior que o nosso, nós, que somos um continente, nós, que temos todos os recursos naturais em abundância. Essa é a medida de nosso fracasso. O incrível e gigantesco fracasso do capitalismo brasileiro."
No silencio da paz da gratidão sigamos avante nosso infinito treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Valeu!
Ainda não acreditam em conspirações...
Sem problema.
Continua valendo... 
Inté procês também! 

Fidel Castro Ruz morreu?


Fidel Alejandro Castro Ruz, foi o revolucionário cubano que governou a República de Cuba como primeiro-ministro de 1959 à 1976 e depois como presidente de 1976 à 2008.


Nascido em 13 de agosto de 1926, Birán, Cuba.
Falece em 25 de novembro de 2016, em Santiago de Cuba, Cuba.
Formidável !
200 000 000 de crianças dormem hoje nas ruas do planeta Terra.
Nenhuma nas ruas de Cuba.
Admirável!

 No silencio da paz da gratidão sigamos avante nosso infinito treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Inté Comandante! Somos imortais, missão cumprida.
Valeu!
Ainda não acreditam em conspirações...
 Sem problema.
Continua valendo... 
Inté procês também! 

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Volver a los 17 em reflexões para 2017


Volver a los 17

(Violeta Parra)

Volver a los diecisiete después de vivir un siglo
Es como descifrar signos sin ser sabio competente,
Volver a ser de repente tan frágil como un segundo
Volver a sentir profundo como un niño frente a Dios
Eso es lo que siento yo en este instante fecundo.

Se va enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Y va brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.

Mi paso retrocedido cuando el de ustedes avanza
El arco de las alianzas ha penetrado en mi nido
Con todo su colorido se ha paseado por mis venas
Y hasta la dura cadena con que nos ata el destino
Es como un diamante fino que alumbra mi alma serena.

Se va enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Y va brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.

Lo que puede el sentimiento no lo ha podido el saber
Ni el más claro proceder, ni el más ancho pensamiento
Todo lo cambia al momento cual mago condescendiente
Nos aleja dulcemente de rencores y violencias
Solo el amor con su ciencia nos vuelve tan inocentes.

Se va enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Y va brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.

El amor es torbellino de pureza original
Hasta el feroz animal susurra su dulce trino
Detiene a los peregrinos, libera a los prisioneros,
El amor con sus esmeros al viejo lo vuelve niño
Y al malo sólo el cariño lo vuelve puro y sincero.

Se va enredando, enredando
Como en el muro la hiedra
Y va brotando, brotando
Como el musguito en la piedra
Como el musguito en la piedra, ay si, si, si.

De par en par la ventana se abrió como por encanto
Entró el amor con su manto como una tibia mañana
Al son de su bella diana hizo brotar el jazmín
Volando cual serafín al cielo le puso aretes
Mis años en diecisiete los convirtió el querubín.


Grato pelas presenças.
Sigamos avante nosso treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações? Sem problema...
Inté!

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Convite à reflexões necessárias - Arcano 16 – A Torre ou A Casa de Deus



JORNADA DOS ARQUÉTIPOS PELO TARÔ

Arcano 16 – A Torre ou A Casa de Deus

Quarta Etapa – A Mestria – Arcanos de 16 a 20 - Tempo da mestria, construção do corpo de energia.

O nosso amado LOUCO encontrou as tentações do DIABO, e agora chega na TORRE ou na CASA DE DEUS, encontra aqui mais provas, agora as provas vindas de DEUS. A prova é o rompimento do aprisionamento das ilusões. 

A TORRE é alta, construída pelo homem, demonstra o ego, o orgulho e vaidade, mas cai facilmente diante do poder Divino, quanto maior a TORRE maior a queda. Essa queda vai acontecer para a libertação da ilusão da Maya. Pode vir de insights, ideias brilhantes como um raio, relances esclarecedores, transmutações ou pela dor. 

Dificilmente vem através da consciência voluntária, normalmente vem acompanhada de catástrofes, ruina, desânimo do espirito que tenta encontrar a Deus, depressão, perda de dinheiro, problemas na sexualidade e órgãos sexuais. Também é o aprendizado pelas doenças.

Nosso LOUCO agora rompe as ilusões e conhece a realidade, tudo o que ele pensava vai ruir, para se libertar para um novo início. São os desafios nos momentos de transição. É a destruição da rigidez, das crenças, dos hábitos, das verdades estabelecidas.

Aqui se quebra os limites da segurança. Temos segurança no dinheiro e nos bens, na nossa força e poder pessoal, acreditamos que podemos conseguir tudo. É intenso, pois você fica sem chão, sem apoio. Momento de destruir os desejos, os quereres pessoais.

A TORRE tira tudo de você: dinheiro, poder, bens, pessoas da família, perda de casa, divórcios, empesas, trabalho, saúde, sexualidade, de forma repentina e inesperada. 

Nos coloca no chão, na realidade, sem ilusões. É o teste de aceitar a realidade e se desligar daquilo que você acredita ser a realidade. 

É o convite para entrar na TORRE ou na CASA DE DEUS, você só entra se deixar tudo para traz e seguir na Jornada. Muitos foram os Mestres que deixaram tudo para traz para seguir o caminho. Submissão, desapego entrega e aceitação absoluta. A verdadeira Fé.

Buscai a Deus e ele te DARÁ tudo!


Atividades sugeridas:
1- Muitas pessoas rezam a Deus por dinheiro e prosperidade que são assuntos do DIABO. Como é a sua espiritualidade? Você se move diante desta energia pedindo ou oferecendo? O que você pode oferecer hoje?
2- Até que ponto você iria para Servir a Deus? Para entrar na Casa de Deus? Você tem uma Missão Espiritual? Lembre-se, escreva, agradeça, reze, reconheça o poder de Deus.


Excelentes explicações. As melhores que já ouvi... Sulla suas explicações são construtivas, realistas, didáticas, humanamente espiritualizadas, estimulantes... Na paz da gratidão desejo-lhe todo o sucesso .

Grato pelas presenças.
Sigamos avante em treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações? 
Sem problema...
Inté!

domingo, 20 de novembro de 2016

"Tratado sobre a disciplina"



"Tratado sobre a disciplina"


Depois de escrever uma postagem sobre o 9 de Paus, fiquei aqui pensando o quanto sempre há para dizer em relação à disciplina. O 9 de Paus é aquela carta que fala de realizações possíveis mas que têm um enorme "SE..." Ou seja, "se você tiver disciplina, conseguirá realizar tudo isso".

Um parágrafo da postagem continua ecoando dentro da minha cabeça e faço questão de reproduzi-lo aqui.

"O mais engraçado sobre a disciplina que poucos conseguem perceber é que não se trata de seguir regras tolas ou fazer o que os outros esperam de nós. Ter disciplina é conseguir administrar os desejos mais fúteis e a preguiça, a inércia, em favor de atitudes que vão, verdadeiramente, trazer o bem, os benefícios e as melhorias para nós mesmos."

Eu não nasci com disciplina. Tem gente que tem a sorte de conseguir já trazer esta configuração de fábrica, meu pai é um bom exemplo disso e alguém que me inspira no dia-a-dia. Creio que no meu caso uma mistura de ansiedade, desejo que fazer/conhecer/viver várias coisas ao mesmo tempo e dificuldade de iniciar processos seja bombástica para sabotar a disciplina.

Disciplina tem muito a ver com viver o aqui e agora, ao invés de já querer ver os resultados acontecendo. Disciplina tem conexão direta com saber que fazer algo é mais importante do que colher seus frutos, até porque não temos o controle sobre os desdobramentos de nossas atitudes, mas com certeza existe o poder sobre o agir.

Disciplina é uma forma de expressar amor próprio e auto cuidado. E, consequentemente, uma forma de expressar sabedoria. Acessar todos os prazeres e alegrias que a vida nos oferece pode parecer uma forma de se amar, mas se tal atitude se refere a prazeres e alegrias momentâneos, que podem resultar em consequências negativas então não, definitivamente, não estamos praticando o amor próprio e o auto cuidado.

Mas quando saímos de dentro de nós e olhamos em volta, somos capazes de perceber que o mundo atual não é um bom lugar para que a disciplina se manifeste naturalmente. O excesso de cobranças, de trabalho, de resultados, de competitividade nos dão a impressão de que estamos sempre em dívida com alguma entidade sem rosto, parece que somos menos do que deveríamos ser e por isso é preciso dor, sofrimento e sacrifício para atender as expectativas do mundo, das outras pessoas, de nós mesmos. Tudo uma grande ilusão! E uma ilusão cansativa e desgastante.

Ao mesmo tempo, nossa sociedade sabe bem como distrair a ditatura do sucesso: ela nos oferece prazeres... São prazeres tão superficiais e frágeis como bolhas de sabão, porque se desfazem no ar, porque não alimentam, não nutrem a alma. Na verdade, nem o corpo, pelo menos não de forma saudável. As pessoas trabalham por longas horas diariamente, enfrentam trânsito, stress, frustrações diversas (especialmente as frustrações de não TER), chegam em casa e ainda precisam lidar com as funções domésticas e são poucas que podem ususfruir de uma noite de sono reparadora, porque as preocupações continuam pipocando na mente. Para suportar tudo isso muita comida que agrada o paladar mas não nutre o corpo, álcool, fumo, às vezes sexo-de-entretenimento, compra de supérfluos, superficialidades diversas, beleza, brilho, "espelhinho de índio", promessas de ter mais para quem alcançar metas.

Acredito que se as pessoas tivessem uma vida menos artificial, menos exigente em relação a produzir mais para os seus patrões ou a possuir mais pelo bem da sua imagem social, teriam mais facilidade para desenvolver a disciplina. Mas é fato: depois de tantas obrigações e exigências, normalmente para satisfazer os outros, quem pensaria em disciplina? Quem pensaria em trocar uma atitude que exige um certo esforço por outra que é só prazer fugaz? Poucos...

Nos fizeram acreditar que disciplina é rotina e chatice, nos fizeram acreditar que disciplina é obedecer cegamente um comandante. E neste mundo, supostamente livre, quem quer isso? Mas e se esta liberdade é ilusória? E se descobríssemos que nos fizeram acreditar que podemos ter e ser tudo que quisermos, mas, na verdade, quem nos disse isso quer exatamente o contrário? Se tudo que nos ofereceram como possibilidade de sucesso for somente uma "cenourinha de burro" para nos convencer a fazer o que "eles" querem, o que traz benefícios pra "eles"?

Então, chegamos ao ponto mais delicado da história: o que, de fato, queremos para a nossa vida? O que seria a felicidade, a realização, a plenitude para o nosso ser essencial (e não para o nosso ser social)? Enquanto não soubermos a resposta para essas perguntas, a disciplina é só mais uma cobrança, uma chatice da qual queremos escapar. Quando conseguirmos conhecer o ser que habita nosso corpo plenamente, quando acontecer o despertar da consciência, então a disciplina será a única forma coerente de agir, para que consigamos construir a vida que nascemos para viver.

Grato pelas presenças.
Ainda não acreditam em conspirações?
Sem problema...
Inté!

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

"Papo sério: abuso"



"Papo sério: abuso"


Algumas pessoas comentam que o mundo está perdido porque hoje acontecem coisas que antigamente não aconteciam. Isso não é verdade! Essas coisas sempre aconteceram, a diferença é que hoje elas são mais divulgadas. Eu estou me referindo aqui, especificamente, ao abuso.

Não vou me restringir ao abuso sexual ou abuso de crianças. Até porque o papo é bem pesado e profundo e ficaria difícil abordá-lo de forma ampla em um artigo. Eu quero falar da situação de abuso mais corriqueira que, sem dúvida, em muitos casos é resultado do abuso já ocorrido na infância.

O que é ser abusado? É ser tratado de uma forma que viola o seu desejo e livre arbítrio. É ser tratado sem o devido respeito. É não ter o seu "não", seja ele dito em palavras ou através de atitudes, respeitado. A violência é um passo depois do abuso. O abuso, normalmente, acontece de forma mais indireta e manipuladora.

Quando alguém sofre abuso na infância, carrega consigo uma culpa e uma dor. A dor é compreensível, mas a culpa... Por que será que a culpa sempre vem junto também? Pra mim, e não tenho embasamento acadêmico para dizer o que vou dizer, é apenas a minha opinião, resultante do meu trabalho como terapeuta, é porque o abuso tem sempre este gatilho de colocar a pessoa como provocadora. Enquanto a violência mostra, claramente, que existe um algoz e uma vítima, o abuso é bem mais sutil. E dependendo de quando ele acontece pela primeira vez, a pessoa pode nem ter a capacidade para compreender e a maturidade para perceber que ela não tem culpa do que está acontecendo.

Com o passar dos anos, mesmo que o que aconteceu no passado tenha sido plenamente resolvido e a dor não mais exista, muitas vezes, a culpa permanece, escondida nos porões do inconsciente. O resultado disso pode ser mais grave, como a repetição de abusos sofridos (assédios, bullying, maus tratos e até mesmo violência), ou mais sutil e quase imperceptível. Estou me referindo aqui a situações em que pessoas estão sempre cedendo, estão sempre permitindo que os outros invadam seu espaço, desmereçam as suas vontades e seus sentimentos, ridicularizem sua forma de pensar e agir, minimizem sua dor, desconsiderem sua opinião.

Isso acontece, muitas vezes, porque aquela culpa guardada faz com que a pessoa se sinta devedora, tenha medo de reagir ou acabe deixando tudo isso acontecer porque pensa que é a única forma de ela ser aceita ou pseudo-amada.

O processo de cura dessa situação passa, necessariamente, pela cura da criança interior. Temos aí uma criança sofrendo, querendo ser ouvida, amada, cuidada, apoiada e não será alguém fora da própria pessoa que poderá fazer isso, mas ela mesma. Existem algumas terapias que trabalham isso de forma muito boa, como o Ho'oponopono, sempre tão citado aqui. E para isso recomendo o livro do meu amigo querido Aldo Luiz... O link para baixar está AQUI

Um outro auxílio fundamental para superar esse tipo de situação é trabalhar a autoestima, o auto cuidado, o amor ao Ser Divino que habita em cada um de nós. Pode parecer estranho, mas quando alguém consegue perceber que atrai para a sua vida mesmo as situações mais dolorosas (claro que inconscientemente), ela também consegue perceber que consegue remover isso e passar a atrair coisas boas. Sim, somos responsáveis por tudo que acontece na nossa vida. E por isso mesmo temos o poder de fazer mudar tudo.

Mais uma prática que temos disponível é a Recapitulação, especialmente para as mulheres. E vocês podem saber mais sobre isso neste link AQUI Essa técnica faz descolar de nós certo tipo de sonda que suga nossa energia, ela pode ser usada para todo tipo de relacionamento, mas especial os relacionamentos afetivos e sexuais.

É fundamental que cada pessoa busque dentro de si a cura e que seja capaz de colocar limites das suas relações com outras pessoas. Somos seres espirituais e carregamos em nós a Centelha Divina, somos Deuses e Deusas na Terra e temos que olhar o outro desta forma e olhar para nós mesmos assim também. Desta maneira, seremos capazes de construir relacionamentos saudáveis e felizes.


Grato pelas presenças.
Sigamos avante nosso treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações? Sem problema...
Inté!

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Gotas tautológicas...


Tudo está ligado a tudo. Há um plano diabólico em curso há 50 anos, lento, gradual, tenebrosa/mente genocida. Nem tenho TV... Prefiro o convívio vivo da natureza, no silencio da mente, onde tudo de fato acontece... A "nova ordem mundial" nazi sionista está sendo imposta... Na minha (i)modesta opinião, Trumps, Temers & Cias são fantoches nas mãos dos banqueiros e suas (todas) religiosas realezas (milenarmente no poder, o sistema é escravista) para nos dar a ilusão que temos escolhas. 

A questão é, e será sempre, decida no campo da Espiritualidade. "São lições diárias e exigem que aprendamos a pensar, falar e agir sempre pelo impulso das forças benéficas que nos acompanham, zelando pelo compromisso de trazer a paz e entendimento interior, que refletirão nos ambientes que fazemos parte. Nenhuma influência negativa poderá assaltar os tesouros de um coração benevolente e conectado a Luz. 

Eles precisam das guerras, o seu grande negócio. Assim, avança, incólume, o 4º reich nazi sionista e seu escravismo global dos que sobreviverem por aqui...

Ninguém pára pra pensar na mixaria de grana (trilhões) que os banqueiros desse (i)mundo investem para enrolar a macacada mantida com as calças arriadas na mais formidável ignorância, doentia/mente hipnotizada pelas televisões e outros artefatos de controle, comparada com as fortunas inimagináveis geradas pelo sistema corrupto da mais abjeta lama (i)moral escravagista sustentando ("os jogos de guerra") seu aparato industrial militar (genocida) com seus inconfessáveis lucrativos negócios de todas as guerras em todas as épocas e suas absurdas conseqüências.

Exagero? O mapa não é o território... Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato.


Grato pelas presenças.
Sigamos avante em treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações? Sem problema...
Inté!

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Creio sem exitar que a vida é constituída de pulsação e frequência.




A INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSAS VIDAS…
Nadya Rodrigues da Silva Prado • 13 de novembro de 2016

Os espíritos desencarnados estão por toda parte. Transitam pela dimensão física, atraídos por afinidade.

A vida é constituída de pulsação e frequência.

Somos energia vibrando, interagindo entre as dimensões nas quais estamos contidos, pulsando em variadas frequências, das mais lentas as mais rápidas, impondo ritmo e produzindo ondas.

As ondas produzidas por nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, viajam através das dimensões e nos colocam em sintonia com os espíritos afinados conosco.

Os espíritos desencarnados podem se aproximar de nós, adentrar nosso lar e interferir em nossa vida.

Despojados do corpo físico, tornam-se naturalmente mais voláteis e com mais facilidade penetram nosso campo astral e energético, consequentemente nos atingindo o campo físico.

Quando somos visitados por espíritos protetores, eles nos auxiliam, emanando fluidos renovadores e curadores. Os mentores espirituais, guias ou amparadores, com queiram chamar; têm a sublime tarefa de cuidar de nós, que aqui estamos, afastados temporariamente de nossa realidade espiritual.

Para nos alcançar o pensamento e o coração, meios pelo quais se comunicam conosco, de maneira mais efetiva, necessitam que estejamos sintonizados com a bondade, que se traduz numa frequência mais elevada. Eles se adensam o quanto possível para atingir nossa fraca luz.

Somos também visitados por nossos afetos desta e de outras vidas. O espírito familiar pode chegar até nós por saudade, em situação equilibrada e com autorização para nos ajudar; mas também pode estar desequilibrado, em sofrimento e, nesse caso, sem a devida noção, acaba nos trazendo muito mal-estar.

Quanto aos espíritos que circulam pela atmosfera pesada da dimensão física, por suas vibrações lentas e seus apegos materiais, são espíritos doentes e absorvidos pelos venenos da mente inferior. Ódio, egoísmo, ignorância, são aspectos que identificam o espírito ao mundo ilusório da matéria

Para compreender como esses espíritos encontram em nós, pequenas brechas ou até portas abertas, basta atermos a nós mesmos.

Às vezes nos sentimos muito irritados, nervosos, eufóricos, compulsivos, cansados, tristes, desanimados, com medo. Faz parte de nossa natureza dual.

Porém quando esses sentimentos e emoções se tornam uma rotina, criam raízes em nós; o desequilíbrio já está instalado e com certeza, as influências espirituais negativas também.

O excesso de brigas familiares, pesadelos ao adormecer, pensamentos negativos, entre outros sintomas, são sinais de que o assédio espiritual está encontrando guarida e o campo energético está em desarmonia.

Observar nossa vida diária, nossa rotina. Como são nossas atitudes diante das adversidades domésticas, sociais e profissionais?

Dentro do lar, temos o costume de trazer os problemas da rua, as discussões no trânsito, o peso do ambiente de trabalho?

Ao deitar-se para dormir, ficamos remoendo os problemas do dia e os que virão no amanhecer?

Qual o grau de ansiedade ou depressão que nos acompanha?

Precisamos estar muito vigilantes. Cada pensamento e palavra que plasmamos são capazes de criar a nossa realidade energética e nos aproximar dos bons ou dos maus espíritos.

Em casa, temos que evitar abrir as portas para intrusos espirituais e energias deletérias.

Prestar atenção ao que se segue:

Orar é um preventivo e um remédio para alterar positivamente o campo vibratório seu e de seu lar.

Ao sair de casa visualize uma cúpula de proteção contra as emanações negativas.

Durante o dia procure manter uma postura centrada e quando acontecer de perder a paciência e acabar por ser envenenado pela mente inferior, não se culpe, não julgue. Faz parte de nosso aprendizado e precisamos primeiro nos perdoar. Então, apenas observe como foi sua reação e peça ajuda ao seu mentor, acalmando e orando.

Quando voltar para casa, lembre-se de pedir ao seu mentor que lhe ajude a se desfazer de qualquer influência negativa, que possa ter lhe acompanhado e visualize a luz azul protetora em volta da porta. Diga: – Por essa porta passo apenas eu e meu mentor.

Dentro de casa procure conversar assuntos que tragam bem-estar; sorria e tente ser um sustentáculo de luz para o seu lar e os seus familiares.
Aprenda e pratique meditação

São lições diárias e exigem que aprendamos a pensar, falar e agir sempre pelo impulso das forças benéficas que nos acompanham, zelando pelo compromisso de trazer a paz e entendimento interior, que refletirão nos ambientes que fazemos parte. Nenhuma influência negativa poderá assaltar os tesouros de um coração benevolente e conectado a Luz.

Salve!

Grato pelas presenças.
Sigamos avante em treinamento ao afeto incondicional.
SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.
Ainda não acreditam em conspirações? Sem problema...
Inté!
Related Posts with Thumbnails