O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

A liberdade não nos libertará.


À liberdade de transcender.

A liberdade não te libertará. 
A verdade te libertaria. 
A tua verdade te libertaria... 
Se os egos pensassem no todo e depois em sua parte. 
Tu não me escravizarias. 
Eu não te escravizaria. 
 Seria o fim da escravidão. 
Os egos se exaltariam diante dos espelhos infinitos em gratidão. 

Mais que isso sei dizer não...
 A gata da foto é a Tia Pipiu e as rosas são do meu jardim.


O bater de nossas asas interfere no Universo infinito onde existimos.
Tudo é igual/mente compartilhado com todos. 
Conclusão fatal; o "divino criador" somos todos nós. 
Comecemos a PAZ em nós mesmos, e ajudemos alguém mais. Somos espelhos de tudo...

Caprichemos nuns deveres de casa.

"Ah! se não fosse a folha da Jurema lá na mata...
O que seria do caboclo Juremá.
É a Jurema 
É a Jurema 
É a Jurema 
É a Jurema do caboclo Juremá...
JUREMA (Mimosa hostilis)
O nome "Jurema" vem do tupi-guarani, onde Ju significa "espinho" e Remá, "cheiro ruim".
A jurema é uma planta da família da leguminosas. Os frutos das plantas leguminosas são vagens. Existem várias espécies de jurema, como por exemplo: Jureminha, Jurema Branca, Jurema Preta, Jurema da Pedra e Jurema Mirim.
A Jurema, também conhecida como Jurema-preta, também é nome de uma Bebida Sagrada feita com a raiz da árvore do mesmo nome (Mimosa hostilis).
 
Os pajés, sacerdotes tupis, também fazem outra Bebida Sagrada da jurema-branca (Mimosa verrucosa), para estimular sonhos afrodisíacos. É um tipo de Bebida Sagrada servida em reuniões especiais. (Tudo AQUI)

ONDE HÁ AMOR NÃO HÁ PERDÃO!

Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.

2 comentários:

  1. Amigo Aldo, mais uma vez apareço por aqui
    para aprender.
    O post, claro, espetacular!
    Essa tricolor é linda demais e
    as rosas lhe complementam o fulgor felídeo.
    Temos aqui, em família, 8 gatos que são
    nossos filhos. A eles nos dedicamos muito
    além do que a razão contemplaria!
    Parabéns!
    Essa foto é plena.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo James, sempre grato pela visita. O aluno aqui sou eu. E eu cismei que a Tia Pipiu é a terceira reencarnação da Iaiá que viveu muitos anos além do prazo de validade dos gatos... Os gatos nos escolhem para compartilhar energias sutis. Coisas de sentimento. Parabéns para vocês também.

      Excluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails