O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Pra você que gosta dos protestos o Brasil acordou!



Para os gregos antigos, em todas as encruzilhadas de caminhos se encontrava Hécate, pronta para orientar o viajante perdido para seu melhor destino, símbolo que como se vê vinha de muito longe.
No entanto a esta Maravilhosa Deusa, a que se erigiam estátuas tricéfalas que indicavam a tríplice natureza do homem branco, Corpo físico, Alma e Espírito Não-Criado, se acabou convertendo finalmente em Deusa da Feitiçaria e Bruxa, conseqüência do Pacto Cultural. (...)
(...) Já expliquei que Kronos-Saturno-Jehová “fecha o acesso à Origem, ponto de procedência e regresso de todos os Espíritos Não-Criados”, quer dizer, corta o Caminho até a Saída do Labirinto. No Mito cretense, o inventor do Mistério do Labirinto é Dédalo-Navutan, e quem corta o caminho para a saída é o Minotauro, um ser metade homem metade touro.
(Do livro "O Mistério de Belicena Billca".)

Ah! O Brasil... Acordou... E é como estar sentado naquele "trem lotado", aquela lata de suadas sardinhas humanas, e pegar no sono profundo agarrado aos sonhos na mochila cheia de vazias irrealidades e falsas esperanças conquistadas em muitos e muitos anos de assíduo telespectador. O resto do mundo não está diferente. Nem foi preciso criar a "bolsa telespectador". No começo preto e branco, com "aquele índio" de perfil, depois meia dúzia de doze do que é hoje um verdadeiro parque dos horrores de coloridas encarceradoras barulhentas diversões. É sua tão sonhada liberdade de escolha. Hipnose. Sempre dentro desse farpado fardado labirinto do nada. Você pode mais, escolher sempre mais, do mesmo. "For ever and ever." Quem viu Matrix deve lembrar da metáfora do metrô.

O Brasil acordou!  "Onde estou?" Onde estamos? O trem está lotado de sonambúlicos. Estavam todos dormindo profundamente inebriados por programas up grade globalnews do velho sistema mundial de transporte de massas. Mudança de pasto.

Congelados como astronautas interplanetários durante meioséculo de viagem, o Brasil acordou e está assustado. Não sabe onde está. No começo da viagem o trem não estava tão cheio, agora o trem está lotado e a estação é a da partida? Não sabe para onde vai. Como pode ter passado tanto tempo tão rapidamente? Onde estamos? Não saímos do lugar? O trem veloz em movimento... Sempre passando pela mesma estação?

"O Brasil acordou!"  É o grito da galera dentro do trem veloz, presa aos remos com seus agrilhoa/dores celulares. Todos falam com todos mas, ninguém sabe dizer onde estão nem para onde estão sendo levados. Cada um escolhe agrupar-se numa opinião, casa grande X senzala é o jogo dos jogos, pode escolher o seu lado. Mas, o trem não pára na estação. O caos é o caminho. Todos gritam! "Parem o trem que eu quero saltar." Cedo ou tarde alguém há de escutar.

Os administradores do "trem casa grande senzala O Brasil acordou!", não são "os donos" do trem. Sorridentes escravos do luxo do lixo dos da casa grande, seguem as severas ordens de seus patrões, os invisíbilizados banqueiros, os capatazes dos verdadeiros donos e administradores do globalizado plano da planejada escassez controlada de tudo. Estão aí há milênios, jamais aparecem... Ninguém nas senzalas acredita nisso.

"O Brasil acordou! O trem não pode parar! Deixa a galera gritar e chamem a repressão. Bombas de gás e munições, como tudo, também tem prazo de validade. Nosso dinheiro precisa circular!

"O Brasil acordou! Liguem as televisões da ilusão dentro dos vagões para o pessoal assistir a copa das federações. Eles, os administra/dores, sabem que "os passageiros" se acalmarão, um pouco, antes de novas manifestações e assim se ufanarão de serem os maiores do mundo em tudo, os admiráveis protestativos brasileiros. Depois a gente bota eles pra dormir outra vez e o trem segue em frente na paz dos verdes vazios ingleses gramados..."

"O Brasil acordou! Ah! Os mercenários... Sempre esses nossos mesmos e fiéis infiltrados "baderneiros"... Este nosso plano sempre funcionou para o perfeito "up grade". É simples... Criamos dentro do trem os problemas que nos dão dinheiro, esperamos a galera gritar e espernear, então apresentamos nossas "novas democráticas" soluções que nos darão mais dinheiro ainda...

"...Chamem o pessoal da propaganda! Reapresentem a campanha do "O Brasil é de todos", aquela do " O petróleo é nosso" não serve mais. "Ame-o ou deixe-o" tá queimada, não há para onde ir, a melhor de todas é a "CHANGE! Yes! Sim! Protestemos! Protestos nós podemos! , é a excelente e sempre funcionou. Usamos no Obama com sucesso. Se não funcionar, vai no relho, na porrada mesmo, como de costume. Em 1964 funcionou perfeitamente.


O Brasil acordou? Alô! Alô! Nunca disse para desistirmos. O treinamento do acordado sempre será este. Mas, é preciso outra compreensão do que, de fato, se passa. O outro lado da moeda. Porque esta tática de morde com força e sopra devagar é moleza para o fantasiado escravisa/dor administrar. Onde vocês estavam em 1964? Eles estão aí há milênios e sempre se preparam para isto. Você não! O povo, somos tal aquele marido ignorante do que de fato se passa, e sempre o último a saber... Vejam isso http://youtu.be/jwozrOHSlCA

Por falar em baratas, as que voam sem cabeça e vivem mais de trinta dias, saibam que elas estão aí há mais de 40.000.000 de anos... Sobreviveram até às bombas atômicas. Nós somos "um projeto" para servirmos de escravos. Só o espírito, esta nossa íntima desconhecida sofisticadíssima divina e perfeita combinação de frequências de ondas eletromagnéticas, é real e infinito. Isso eles não podem manipular. Só podem manipular as nossas eletromagnéticas ressoantes mentes/sentimentos... Crenças e escolhas (sempre ressonantes, dentro do transcendente trem cósmico cada vez em maior velocidade) precisam ser mudadas ou repetiremos "for ever and ever" os programas que nos senzalam. 

Pesquisem http://blackfernando.blogspot.com.br/2013/07/ja-ca-canta.html

Todas as utopias humanitárias são concessões táticas dentro da milenar estratégia escravagista. 

A casa grande sabe isso, gerencia muito bem isso. Você não... Você obedece aos comandos criptografados por eles em seu caótico subconsciente. Eles vivem disso, e para isso... O jogo de torturar, matar/matar, senzalar e saquear na disputa dos territórios e mercados de novos escravos.  
"No Brasil, historicamente não é a guerra a continuidade da política por outros meios, mas a opressão, o racismo e o preconceito de classe e região, a continuidade da escravidão por outras formas. Os chicotes de ontem são os fuzis de hoje. Bem piores, como se pode ver. Tudo com o beneplácito de quem hoje se diz espantado. Como se os 60 mil mortos em uma década tivessem ocorrido em outro país. Esta citação veio daqui.

O Brasil acordou? Agora, os da casa grande, estão unidos "como unha e carne" em seu grande plano ciberguerreiro para o derradeiro 4º império, a Guantânamo planetária. Por incrível que nos pareça, muitos milhares de anos de feroz escravidão depois, há e haverá sempre quem os adore e mate e morra por isso.


"A minha confissão é a confissão de uma derrota...
Guerra! Sangue! Sangueira! Todas as tentativas que fiz... Sangue. Mortificação. Errei quando pensei poder pedir a Igreja que combatesse um sistema de superstição, de ignorância, de violência. A Igreja usa o poder e não o amor. Quanta ingenuidade a minha acreditar poder reformar a condição dos homens com a ajuda deste ou daquele príncipe que tem o poder pedindo que reforme o sistema de seu Estado..."
Giordano Bruno, matemático e filósofo italiano (1548-1600).

http://youtu.be/nP78KdK_tSQ

 change-yes-sim-protestemos-nos-podemos

P.s.: precisamos nos permitir acordar para o derradeiro desafio dessa experiência nesta existência... Acordar para permitir manifestar o VERDADEIRO CHANGE, O ÚNICO CHANGE CAPAZ DE REVOLUCIONAR DE FATO, DE DENTRO PARA FORA e DO FUNDO PARA A SUPERFÍCIE TUDO ISSO que está AÍ.

É a grande revolução, a que começa no (auto) treinamento ao perdão no amor incondicional. Esvaziar a própria taça. É difícil formatar o EU, o pessoal, o inalienável, mas, não é impossível principalmente se você tiver a coragem para desligar a barulheira da onipresente Televisão.

É um direito de todos "Endurecer-se sem perder a ternura jamais." Só é preciso o querer mudar-se, libertar-se radicalmente, sem consumistas ilusórios e manipuláveis protestos.

O resultado estará no ressonante somatório da compreensão amorosa da "massa humana" limpa, e sem que ninguém tenha jamais precisado sair às ruas para protestos. A verdadeira revolução, "o dever de casa", começa em nossas próprias casas... No nosso mundo interior, voltado para amorosas novas humanas crenças e escolhas.

Esta é a transcendente ressonante eletromagnética frequência de onda que de fato os anulará quando promovermos as "nossas" próprias limpezas dessas memórias e programas escravizantes criptografados em nossos ancestrais subconscientes por esses milenares dominadores.

Sou um visionário? Poucos são os que me entendem? Velho é o milenar ladino sistema, este arguto escravista...

O mais será sempre mais uma ilusão em programas "up grade" da estratégia de falsa liberdade pela dominadora casa grande.

Profissionais agitadores "search and destroy", HAARP infiltrados nas cíclicas revoltas desse caótico ancestral escravista labirinto do nada. "Up grades" projetados e administrados pelos donos da casa grande, a tão falada e mal compreendida "poderosíssima" escravocrata matrix.

Sejamos muito mais corajosos. Somos também poderosíssimos, invencíveis, quando movidos pela ressonante energia do amor incondicional.

Pensemos muito bem sobre tudo isso antes de aceitarmos cooperar com programas das escravizantes emoções manipuladoras do TER, ao invés do "guerreiro amoroso" SER, o libertador... Infinito e em expansão.

Sinto muito, me perdoem, vos amo, sou grato.

4 comentários:

  1. Aldo, penso que esses protestos são muito significativos, ocuparam a mídia alguns dias, mas depois disso tudo voltará a "normalidade". Tivemos os protestos tipo problema, tivemos a ação governamental tipo reação e teremos a solução, mais controle é assim que percebo do meu particularíssimo universo. Sou desconfiado, alguns preferem dizer paranóico conspiracionista. Tenho como lema sempre perguntar "A quem interessa tudo isso?" Quem vai se beneficiar? As segundas intenções todo mundo sabe, mas e as terceiras intenções? Que vivemos sob o jugo totalitário das ideologias muitos sabem, que vivemos sob o jugo da democracia, alguns sabem, todos os regimes de governo levam para a mesma finalidade. O "Ordo ab Chaos" esse é princípio inamovível de todas as tradições esotéricas, exotéricas e políticas e que vai dar sempre na mesma coisa: casa grande e senzala.

    Sucesso

    ResponderExcluir
  2. Tibiriça, há UM PLANO EM CURSO SENDO EXECUTADO. Nós somos os figurantes nesta pantomima orquestrada e conduzida COM A RÉGUA E O COMPASSO da casa grande, a mesma de todas as milenares épocas. Veja, ou reveja o filme GIORDANO BRUNO e concluirá com clareza o mapa do momento...
    O povo é tal aquele marido; ignorante do que de fato se passa, e sempre o último a saber...

    Aquele aldíssimo abraço. Toda PAZ \o/ toda LUZ.

    ResponderExcluir
  3. Oi. Tô só rapidinho vendo/respondendo meus e-mails e com uns cliques te alcancei aqui, através de um comentário noutro blog... e tamanha afinidade senti com "pontos de vista" e "forma de expressar-se" que decidi comentar. Escreva mais, por favor. Despertas em mim pontos muitos positivos - ainda que apontando toda a "imundície" na qual estamos no meio. A revolução é pessoal e intransferível. Saudações! Felicidades! Conexão com o Deus-Amor-Luz (ainda que figurante no meio dessa sinistra viagem)!

    ResponderExcluir
  4. Grato Bruni.
    Penso que a bendita Interent, este poço sem fundo, nos foi dada também para esses (re)encontros de LUZ e PAZ. "A vida é a arte do encontro embora haja tanto desencontro nesta vida." (Vinicius de Moraes) Venha com calma, sempre que puder.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails