O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

domingo, 24 de março de 2013

Que ninguém durma. A velha (atualizada) é digital.



"Quando os países pobres exercem seu patriotismo, esses países se convertem em populistas, ou pior ainda, em terroristas. O que constitui uma “ameaça ao mundo”. Portanto, nós não temos o direito de nos defender, temos apenas o direito de aceitar o que outros decidem por nós. E esses “outros” são os que exercem o Governo Mundial. Eduardo Galeano – Escritor


A única imparcialidade que conheço é a da morte. Mata! 

Muitos propõem visões imparciais da dualidade. Meio morto ou meio vivo? Meio comunista? Ex comunista? Meio capitalista? É uma forma de biombo para seus temores horrorosos dessa intragável repetente realidade. Duras inaceitáveis dualidades. Passado X futuro = ausência de presente. Devo, neste infinito agora, rir de mim mesmo (?). Já passei por este autoritário pedágio incontáveis vezes. O carro não anda. Desatola atrás, atola na frente. Para isso é que puseram ar refrigerado. Idiota! E achando muito justo ter que pagar pelo sujo caminho esburacado, vendido como tapete mágico. Do nada para lugar algum. Papa vai... Papa vem... A URSS durou setenta anos de cólicas. Cuba, mui heróica, há cinquenta é bloqueada criminosamente pelo mais poderoso arsenal de destruidores em massa desse planeta. Chavez cancerizado. Kadafi martirizado. Dilma vai cozinhando o galo, a galinha, e o agrotóxico grande negócio. Síria, a bola da vez, na boca da caçapa. E o Braszil por água abaixo a caminho da extinção. Agora está em fase avançada de implantação a Guantanamo planetária. A nova ordem mundial. A régua e o compasso do ainda invisibilizado 4º e derradeiro reich em ascensão. Tem quem goste e lute por isso. Lixo do lixo milenar! Sempre em nova embalagem. A história não se repete, permanece. Inacreditável... Tem quem goste do vende pátria "palatável" para "saborear" o insuportável. Spry de pimenta nos cornos dos outros é refresco. Vai chegar a vez desses babacas, não demora muito não.

Que tipo de segurança o sujeito espera fora da obediência aos seus senhores dentro deste pedófilo torturador sistema engenhosamente escravista? Não há segurança no obscuro labirinto do nada. Nem para os puxa-sacos do antropofágico imutável sistema. Nem dentro nem fora. Escravo é escravo, mesmo, não conheço meia escravidão.

Despropositado: "Mas é melhor aceitar os mais tres mil anos de cancerígenos fast food e sua farmáfia do que entrar no relho do pelourinho. Voltar ao passado? Nunca saímos dele. Once again. Outra vez. Novamente. Encore une fois. Ancora una volta. Entra (des)governo e sai (des)governo. Milionários. Pode perguntar a qualquer índio ou negro de qualquer lugar deste mundo milenar... Casa grande, senzala, pelourinho and outra vez jesuítas? Holocaustos. Carnes humanas torturadas queimando nas fogueiras em honra aos vingativos deuses. Ainda? E se acabarem as florestas? Microondas não faltarão. PELOURINHO - Coluna de pedra ou de madeira, em praça ou lugar público, junto da qual se expunham e castigavam criminosos: "Fez-se a consagração do novo município, segundo o velho uso português, plantando na praça principal o pelourinho, símbolo da autoridade e da justiça." (João Ribeiro, História do Brasil, pp. 240-241.  

Cara! Você está cego! Surdo! E vai ficar mudo. Paralisado. Estão fazendo a propaganda intensiva da aceitação da sua ZUMBIFICAÇÃO. Estão lhe arrancando os pedaços. O mundo é assim mesmo? Anestesiado? Todos vamos morrer um dia? Ninguém vai morrer... Você já está morto! Nesse sistema já nascemos "mortos" vivos.
"A nova propaganda é liberal. A nova escravidão é digital. A “mensagem” de hoje, de grotesca desigualdade, injustiça social e guerra, é a propaganda de democracias liberais. Em qualquer avaliação de comportamento humano, isto é extremismo. Quando homens como Hugo Chávez desafiam tal comportamento, são insultados com má-fé; e o seu sucessor será subvertido pelos mesmos fanáticos do American Enterprise Institute, Harvard’s Kennedy School e de organizações de “direitos humanos” que se apropriaram do liberalismo americano e sustentam sua propaganda. O historiador Norman Pollack chama a isto “fascismo liberal”. John Pilger 

A (minha) meta é "tentar" ressuscitar e reaver o parcialmente vivo restante já que a vida é prevalente se o meio é favorável, e a alma é imortal. Faxinar o lixo! Em mim. Sair dos grilhões das rodas dos moinho, dos remos das galés, libertar a alma prisioneira do meu/nosso arrogante ignorante EGO fratricida. Mas ele é tão religioso... Exemplar. Escravos capataziam escravos. Este escravo é poderoso. Tautológica/mente estupidificado por televisivos programas e memórias criptografadas religiosamente em seu/nosso caótico subconsciente 24 horas por dia... Desde antes do seu/nosso nascimento. Pergunte ao Benedito ou ao escravo santo Papa da vez. 


A energia eletromagnética de sua/nossa alma de 22 gramas é o que ELES querem, precisam. Para isso é que somos criados como gado para abate. Para isso é que o seu/nosso EGO é formatado, doutrinado, domesticado e adestrado desde antes da pia batismal. Há uma guerra entre ELES por isso, pela nossa posse, a posse dessa nossa cósmica criadora ressonante infinita energia divina que move montanhas e é o "ouro" da disputa. No filme MATRIX, ELES falam um pouco disso; somos fornecedores de energia, somos pilhas, baterias...

"Ô cara! Não tou entendendo nada! Você é muito sectário, intransigente, radical em sua maneira de resolver entender este mundo acusando-o de sistema escravagista. Aldo, por que você vê escravagismo em tudo? Velhice? Isto não é ser muito radical?
Completamente. Mas, radical mesmo não sou eu, é a nossa cretinice, é a fome eterna, a miséria eterna (TODAS), as eternas doenças inexistentes, a falta eterna de saneamento físico, intelectual e espiritual. A falta da eterna água limpa em seu/nosso mar interior. Falta de água encanada, esgoto e outras eternas obviedades pornopolíticas mantidas pela eterna casa grande e sua escassez planejada de tudo para poder explorar e lucrar em cima das eternas massas estupidificas de escravos dentro e fora das senzalas.

Você não sabe o que está lendo? Eu sei o que estou dizendo. Sou oriundo de iludidos ilustres libertos escravos do século passado, ditos alforriados, doutos serviçais da casa grande. Escravos com outros rótulos. Há os que se sentem livres e salvos rastejando pelos corredores das casas grandes particulares, municipais, estaduais e federais em busca de benesses e aposentadorias. É a memória/programa da democrática dor lancinante do chicote determinando suas/nossas livres/escolhas...

Pensa bem, fria/mente, se radical não é atravessar milênios construindo e destruindo impérios para a manutenção do jogo da escassez planejada de tudo pelos banqueiros ao serviço dos senhores desse mundo cão disputando a belicosa posse dos mercados de escravos?

A frase devia ser: "Divide e administra a escassez planejada de tudo; então governa. Inclusive a da imparcialidade da morte."


E isso é vida? Livre? As senzalas estão abarrotadas de "bocas inúteis".

Sacerdotalismo. Não... O Estado é laico... (?) Então tá combinado. O rei reina, mas, não governa. Chamem a renascentista guarda suíça. Milênios de joelhos nos "grãos" sacerdotais, vizires e capatazes em suntuosos Papas e "coloridas" serpentinas sacerdotisas mamas...  

"Diminuímos o número de miseráveis... "Vamos extinguir a pobreza. "País rico é país sem pobreza." 

Escarnecem... O nome disso é muitos (outros lucrativos) 500 anos de ESCRAVIDÃO. [De escravo + -idão.] S. f. 1. Estado ou condição de escravo; escravatura, escravaria, cativeiro, servidão. 2. Falta de liberdade; sujeição, dependência, submissão, servidão, escravatura: Os empregados daquela usina queixavam-se de viver na escravidão. 3. Regime social de sujeição do homem e utilização de sua força, explorada para fins econômicos, como propriedade privada; escravatura.

Como as casas grandes poderiam extinguir a fonte de sua riqueza e razão de suas lautas existencias? Seria o mesmo que pedir ao Papa, a Rainha da Inglaterra ou ao Obama ou a qualquer um desses administradores de senzalas que se suicidasse em praça pública pela salvação da, desde sempre sua, escravizada humanidade.

 

Você fica tão preocupado com minha radicalidade e não presta atenção na deles? Em seus "ilibados" senhores que escravizam você gerações após gerações? Sabe o que é um sacerdote? Aquele que manda você ajoelhar e rezar. Na cartilha DELES. [Do lat. SACERDOTE.] S. m. 1. Entre os antigos, aquele que tratava dos assuntos religiosos e tinha o poder de oferecer vítimas à divindade. 2. Crist. Aquele que distribui os dons sagrados ou divinos; ministro do culto divino, da instrução religiosa e dos sacrifícios; padre. 3. Fig. Aquele que exerce profissão muito honrosa ou cumpre missão elevada. 4. Bras. Feiticeiro que oficia nas sessões de catimbó [Fem.: sacerdotisa.] u Sumo sacerdote. 1. O sacerdote (1) principal, supremo.
"Que Nossa Senhora das Dores ampare especialmente quem está vivendo situações particularmente difíceis, lembrando especialmente os afetados pela tuberculose, pois hoje é o Dia Mundial contra esta doença", afirmou. (Francisco confirmou que vai ao Rio de Janeiro na Jornada Mundial da Juventude) Fonte

Então? Tá conseguindo enxergar e pensar fora da impostura do seu galho quadrado? Cedo ou tarde você cai desse galho (podre) e chega lá. Espera-se; para o seu e o bem de todos, que você não desperdice mais esta dolosa dolorosa encarnação.

Sinceramente? Você quer mesmo se salvar ou está gostando mais do anestésico BBB, do Gugu, do Faustão? Desses lixos escravistas que você sustenta com infinitos cartões dos cartões de (des)crédito que você tanto preza enquanto finge que os despreza e vai pagando por eles? Vai abrir outra cerveja? Fumar mais um? Prefere bosta-cola? Red bull shit? Tá caindo a taxa do viciante açúcar? Passando o efeito do anestésico? Quer ser chipado para facilitar a vida DELES? Nós esperaremos, temos o infinito pela frente. 


Mas, fique sabendo que você não será salvo a não ser por você mesmo. É importante ter consciência disso. Ninguém virá nos salvar. Pode parar de chorar e gritar, perdido feito criança abandonada. Esquece mais esta propaganda enganosa de que a tal da cavalaria está vindo aí saldar suas/nossas infinitas dívidas em contas impagáveis. Estão transformando a já escravizada humanidade em apenas 500.000.000 de "arquitetados" ciborgues desprovidos de afeto, programados obedientes fratricidas, e todos os "cidas" que você puder coletar. -CIDA [Do lat. -cCda, ae < lat. caedQre, 'cortar'; 'bater', 'ferir'; 'matar', 'fazer grande morticínio'; 'imolar'.] El. comp. 1. = '(o) que corta', '(o) que fende'; '(o) que mata', '(coisa ou produto) que mata': septicida; parricida (< lat.); inseticida, raticida, vermicida. 

A hora de separação do joio do trigo é chegada e você, irresponsável, ainda não viu, tá chapado na televisão ou discutindo se é à esquerda ou à direita. Escolha, enquanto há tempo, libertar-se, libertar sua alma amorosa. Perceber e compreender o jogo escravista que está sendo milenarmente jogado com nossas ignoradas divinas e prefeitas existências é a única saída... Não crê nisso? Mas é crente? Tá bão também, o tempo é mesmo uma convenção, estamos indo todos para o mesmo lugar...  

Crenças e escolhas infinitas. O nome disso é livre arbítrio.

Sugestão de reflexão: o treinamento ao faxinante perdoador amor incondicional começa com o ser 100% responsável por suas/nossas escolhas e crenças compartilhadas em infinita amorosa ressonância cósmica. É o que de fato importa ter consciência. Treinamento é o que faz o atleta campeão. Ele começa e acaba em você. Não se escravize, não escravize e não se deixe escravizar. A morte não existe e avida é infinita. O que não é pacífico amor incondicional é escravagismo. Orai e vigiai é faxinar e não deixar acumular lixo em sua morada. O seu/nosso livre arbítrio sempre vai depender disso - neste perene agora - estamos sempre presos/pendurados por este invisibilizado, UM fio.



Nossas vidas nesta infinita teia cósmica sempre estão por uns fios... Os fios gerados por seus sentimentos advindos desta consciência de que você, onde quer que esteja, emana do centro do universo infinito em expansão.

Suas/nossas crenças determinam nossas/suas escolhas, que determinam nossos/seus sentimentos, que determinam frequências de ondas eletromagnéticas, que se transformarão AGORA em palavras símbolos eletromagnéticamente carregadas em memórias e programas ressonantes todas as vidas infinitamente. Você é criatura e criador.

 

RESPIRA - MEDITA - CAMINHA - AGRADECE
Cuida bem de você e ajuda alguém mais...
Fica no AGORA INFINITO e lembra que rir ainda é Ô remédio.

O jogo segue... Abandona a televisão. Não coma nada que tenha soja e evite o trigo. Se liga no "triângulo" com o T de trans/gênicos nas embalagem dos venenos que "dão" para comermos. Não comprem, não comam. Eles querem que você coma, não querem que você se alimente. Querem que você fique doente. Isso dá muito dinheiro a FARMÁFIA (deles) enquanto você morre dolorosa e lentamente.
Sinto muito, sou grato, me perdoe, te amo.

Para ouvir enquanto relê a postagem...
Se possível retorne o casco da mensagem em forma de comentário...
Inté a próxima!
Outra novidade; é melhor virem conferir aqui as novidades e atualizações, o sistema não está me atualizando os mecanismos das informações sobre as novas postagens como fazia. Vejam que pararam na  http://infinitoaldoluiz.blogspot.com/2013/02/a-renuncia-de-bento-xvi.html

VENCI! VENCEREMOS!

TERRAChavesPleiadianasBarbaraMarciniak.pdf (objeto application/pdf)

10 comentários:

  1. Aldo, você não sabe como é incrivel ler seus textos enquanto ouço a trilha sonora clássica do anime "shakesperianamente" incrível, o ZETSUEN NO TEMPEST.

    Agradeço-lhe pela inspiração e reflexão que você desperta em mim cada vez mais. Sinto em mim que você, meu caro, desconhece a maior parte do potencial "caótico" de suas palavras. Você sendo fonte de um brilho tão forte, diante de tantas estrelas, desconhece como seu brilho tem ido além do seu campo de visão.

    "Ordem e Progresso"? Uma frase tão contraditória. Como proguedir estando sobre alguma forma de controle, amarras, servidão, escravização?

    Caro Aldo, sou grato. Já vencemos, nós apenas ainda não tomamos conhecimento disso.
    Um grande abraço, tudo de bom pra você, até...

    ResponderExcluir
  2. Caro Lôh, sempre bem-vindo. Permita-me pedir não trocar SOB por SOBRE; distorce a comunicação eletromagnética já caótica por inconfessáveis interesses reptilianos.
    Ordem e progresso é uma reptiliana sentença da maçonaria, esta mesma da NWO em progresso de implantação.
    Fui ver sua sugestão e trouxe de lá este que é considerado o maior interprete de Beethoven. Agora, volta a ler o texto ao som deste piano e depois me diga se não mudou a vibração da informação.

    Um forte fraterno abraço estelar com TODA PAZ e TODA LUZ.

    ResponderExcluir
  3. Caro Aldo, desculpe-me pela troca que fiz. Talvez seja em parte pela experiência reflexiva e ativa que tive essa noite sobre mim e o mundo ao meu redor.

    Bem, vou experimentar, baseado numa releitura rápida de sua postagem, um comentário mais compatível eletromagneticamente.

    Este maldito sistema que prega a competição, divide as pessoas uma contras as outras, só poderia estar sendo implantado por uma "corja" que, num sistema desses, se beneficia prejudicando os outros. Competição é isso, esses "ordeiros" escravagagistas cheios de reptilianidades. "Eles" são tão astutos que programaram tautologicamente as pessoas para acreditarem que não podem viver sem a "ordem" tirânica deles. Pensa só quantas pessoas já perderam e que ainda podem vir a perder suas vidas defendendo este desumano e fatricida esquema de escravização humans.

    E ainda tem gente que cai no conto de líderes políticos e religiosos carismáticos... Francamente, esses tipos que estão mais próximos e que ao mesmo tempo procuram estar mais distantes. Que se aproveitam da ingenuidade das pessoas.

    Pretendo não desperdiçar estar encarnação. A cada dia, me salvo um pouco mais. É isso aí, vamos evitando as distrações, venenos alimentares, etc.

    Me perdoe, sou grato.
    E outro fraterno abraço celestial com TODA PAZ e LUZ...

    ResponderExcluir
  4. Caro Aldo,
    Muito boa sua observação de que com acusações de radicalismos o status quo obnubila seu próprio radicalismo, o verdadeiro!
    Só me pergunto se na atual conjuntura a solução não é passar o rodo em todo mundo como sugere a pedra da Geórgia.
    Afinal ter mentes bbb é o mesmo que ter dementes!
    Para melhorar a caca na atual situação, a solução é diminuir a quantidade de maquinetas de cag...r, é a dizimação!!
    É como uma arte, quando começamos errados, essa arte será sempre errada, por mais bela que seja. Somos obrigados e detonar o trabalho para refaze-lo, por mais agradável que o claudicante resultado possa ser!!!
    A humanidade é esse trabalho meia boca, que de bonita tem muito pouco, aliás o pouco belo se limita a qualidades pontuais de personagens pontuais, assim fica claro que arrepiar essa civilização é solução!!!
    Tantos os criadores quanto as criaturas TEM que ser detonados para o bem geral do bom senso!!
    Essa não é a a primeira civilização e com certeza não será a última!!
    Temos que dar a oportunidade aos que virão, mas não dessa civilização!!
    Continuemos nossa sevação desse mar de corrupção, o resultado tarda mas não falha!!
    E a salvação é individual e "customizada" (personalizada é pouco "estilosa"!), cuidemos de nós!
    E sempre distribuindo garrafas e até garrafadas (coquetel molotov é um tipo de garrafada, só que antibiótica!), pois curando os que percebem que estão doentes, fragilizamos a doença!!
    Um grande abraço,
    E que garrafas e garrafadas lixiviem a borra imunda que incrusta a humanidade!!

    ResponderExcluir
  5. Caríssimos amigos.

    Ninguém virá nos salvar... Já estamos salvos. Pensem muito nisso.

    Nada, religião alguma, lei alguma, substituirá a responsabilidade 100% dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós.

    O Divino em todos nós é o amor incondicional, não julga nem pune, é o perdão, não guarda mágoas, é a paz, ama incondicionalmente.

    Mantenhamo-nos na vibração do amor, todos os espíritos, corações e mentes estão interconectados.
    Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao amor incondicional.

    A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal e intransferível. Perceber e compreender o jogo que está sendo milenarmente jogado com nossas existências é a única saída...

    Mantenhamo-nos nesta vibração amorosa, no amor da paz do agora, vigiem isto, como nunca até aqui isto foi tão necessário. A velocidade do transcendente está cada vez aumentando mais... Tá dando para perceber as estrelas riscando os céus? Viram a pressa para eleger e empossar o "novo" Papa? A briga deles é feia, é de lagartos grandes, sem misericórdia, muito menos conosco, os senzalados.

    Sinto muito, sou grato. Toda PAZ e toda LUZ.

    ResponderExcluir
  6. Olá a todos!
    sonhei que estava acordando e olhando pra fora estava tudo escuro. este sonho já se repetiu umas 3 vezes, terá a ver com os 3 dias de escuridão? vc sabe quando será isso?? se está proximo,?

    Muita PAZ e LUZ!

    ResponderExcluir
  7. Querida Odete, só sei que nada sei. Mas, que isto está para acontecer a qualquer momento, com certeza está. Daqui de longe já dá para sentir a aceleração do transcendente.
    Mantenhamo-nos na vibração do amor, todos os espíritos, corações e mentes estão interconectados.
    Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao amor incondicional. Grato pela visita. Toda PAZ e toda LUZ.

    ResponderExcluir
  8. Querido Aldo!
    Grata pela explicação, tenho que olhar para dentro de mim , vibrando no Amor e na Alegria.

    Beijos com sabor a vida. Seja sempre Feliz!

    ResponderExcluir
  9. "Radical é a nossa cretinice, é a fome eterna, a miséria eterna (TODAS), as eternas doenças inexistentes, a falta eterna de saneamento físico, intelectual e espiritual. A falta da eterna água limpa em seu/nosso mar interior. Falta de água encanada, esgoto e outras eternas obviedades pornopolíticas mantidas pela eterna casa grande e sua escassez planejada de tudo para poder explorar e lucrar em cima das eternas massas estupidificas de escravos dentro e fora das senzalas."

    Essas palavras resumem em poucas linhas o sistema atual daqueles que "vivem" e se dizem "seres humanos"

    Muito obrigado meu amigo, por as sensatas palavras.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  10. Caro Burgos, a reciproca é verdadeira, sou grato pela visita e a companhia sempre fraterna e amorosa. Venceremos... Toda PAz e Toda LUZ

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails