O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

O antioxidante final contra o envelhecimento prematuro




Do Dr. Mercola
   
Você percebe que se sente melhor quando anda descalço sobre a terra? 

Pesquisas recentes explicam por que isso acontece. Seu sistema imunológico funciona otimamente quando seu corpo tem um fornecimento adequado de elétrons, que são facilmente e naturalmente obtidos pelo contato com os pés descalços com a terra.

Pesquisas bem documentadas indicam que os elétrons da terra tem efeitos antioxidantes que podem proteger seu corpo de inflamação e suas muitas consequências na saúde. 

Na maior parte de nossa história evolutiva, os seres humanos tiveram contato contínuo com a terra.

Só recentemente é que substâncias como madeira, asfalto, tapetes e plásticos tem nos separados desse contato.

É sabido que a terra mantém um potencial elétrico negativo em sua superfície. Quando você está em contato direto com o solo (em pé, sentado ou fixo na superfície da terra) elétrons da terra são conduzidas ao seu corpo, trazendo-o para o mesmo potencial elétrico que a terra. Vivendo em contato direto com os fundamentos da terra em seu corpo, induzindo favoráveis mudanças fisiológicas e eletrofisiológicas que promovem a saúde ótima.

Há uma ciência emergente, documentando o contato  com a terra condutora, o que é também conhecido como ligação à terra ou aterramento, é altamente benéfico para sua saúde e completamente seguro. Ligação à terra aparece para minimizar as consequências da exposição a campos potencialmente perturbadoras como "poluição eletromagnética" ou "eletricidade suja".

Algumas evidências recentes apóiam essa abordagem envolvendo vários estudos que documentam a melhoria na ligação à terra da viscosidade do sangue, variabilidade da frequência cardíaca, inflamação, dinâmica do cortisol, sono, equilíbrio do sistema nervoso autônomo (SNA) e efeitos de redução do estresse.




Aterramento pode ser o elo que faltava para ficar saudável
    

Ligação à terra pode ser um dos fatores mais importantes negligenciados na saúde pública. Quando o aterramento é restaurado, muitas pessoas relatam uma melhora significativa em uma ampla gama de doenças, incluindo a fadiga crônica.
    

Estas mudanças são rápidas e ocorrem frequentemente dentro de 30 minutos.
    

Até esta data todos os indivíduos que relataram que tinham questões inflamatórias beneficiaram-se  da ligação à terra. Isso inclui pessoas com várias doenças auto-imunes graves. Note que não podemos afirmar que a ligação à terra é um "tratamento" ou uma "cura" para qualquer doença ou distúrbio. 

Em vez disso, pode-se dizer sem qualquer equívoco que o corpo humano evoluiu em contato com a terra e precisa manter este contato natural para funcionar corretamente.
    

Quando você fornece a seu corpo uma fonte constante de elétrons livres, através da dieta ou aterramento, você ajudar a reduzir radicalmente a inflamação que é amplamente reconhecida como um dos fatores principais que contribuem para o envelhecimento precoce e doenças crônicas.

Saiba em detalhes tudo sobre isto lendo AQUI

 
Outros meios de redução do estresse.


Segue o jogo... Vos amo. Sou grato.

5 comentários:

  1. Olá Aldo

    Não está a ver que andar com o pézinho na terra torna a pele grossa e dá cabo da pintura da unhinha?! eheheheh!!

    As pessoas não sabem o que é realmente bom. Agora em Portugal está demasiado frio para se andar descalço, mas logo que a temperatura começa a ficar amena, lá vou eu andar descalça, para bem do corpo e alma... na terra é tão bom!
    "Sapato não, Sr. Nassibi" é, a Gabriela de Jorge Amado não perdia um niquinho de sensualidade por andar descalça.

    Agora imagine a tortura a que a maioria das mulheres se submetem, usando tacão alto. E a postura da maioria das que os usam? simplesmente ridículo. Moda a quanto obrigas.

    O ser humano muito sofre por se ter separado das suas origens e raízes.

    Um abraço, amigo querido.

    ResponderExcluir
  2. Querida Fada, adoro quando você vem...
    Conheces versos mais bonitos que estes?

    "A porta do barraco
    Era sem trinco
    E a lua, furando o nosso zinco
    Salpicava de estrelas
    O nosso chão...

    E tu
    Tu pisavas nos astros distraída
    Sem saber que a ventura desta vida,
    É a cabrocha,
    O luar
    E o violão...

    ("Chão de estrelas" - Orestes Barbosa - Rio de Janeiro, 7 de maio de 1893 — 15 de agosto de 1966 - foi um jornalista, cronista e poeta brasileiro.)

    Como dissestes; "O ser humano muito sofre por se ter separado das suas origens e raízes.

    Sou grato. Um abraço apertado, venha sempre que puder, com os pezinhos na terra.

    ResponderExcluir
  3. CHÃO DE ESTRELAS http://www.youtube.com/watch?v=SON4_aiKGSk

    ResponderExcluir
  4. São liiiindos, Aldo! :) limdos mesmo. Adorei. :)

    Obrigada por este maravilhoso momento.

    Um abraço apertado Aldo... e sempre que puder dou aí uma caminhada, mesmo tendo as estrelas como chão. :)

    ResponderExcluir
  5. Caro Aldo e Fada,
    Vale lembrar que salto alto é uma ferramenta sexista de submissão feminina, e claro, o preço dessa agenda é zilhares de vezes mais mulheres mortas em tragédias do que homens, pois salto alto é falta de base (objetivo subliminar de fazer pés femininos serem destruidos e fazerem as mulheres dependentes) e conseuqnte dificuldade de locomoção, e perda de equilíbrio.

    Alerto para o fato de que unha pintada é uma incitação sexual, é alavancar os dedos com unha ao papel de dedos com glandes.
    Mulher não precisa de "extras", quem precisa de extras para ser atraido por mulher é metrossexual, pederasta, gilete etc...
    Pé no chão é se desnudar para a fêmea suprema, a Mãe Terra!!
    Remédios, cadaveres, perfumes, cosméticos sujam, mas terra não, terra é algo sagrado e a agenda que faz a terra suja tetânica, é a mesma que legitima as vacinas, e a "assepsia" estafilocoquica dos hospitais!!!
    Pé descalso e corpo pelado é o certo sempre. Banho de ar!!!

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails