O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O TESTAMENTO DE JESUS


O infinito Amanagé Re, em seu divino permanente exercício no agora milenar de Amor Incondicional, traz esta aula/palestra sobre as muitas notórias coisas que ouvimos falar, as muitas que jamais ouvimos falar, as que sempre desdenhamos ao ouvir, duvidamos serem verdadeiras e condenamos divulgar por razões programas/memórias  de doutrinações absolutamente escravagistas. 

Como não conhecia, até a semana retrasada, o palestrante, que me  foi apresentado virtualmente por uma amiga virtual, fico muito feliz em reconhecer nos ensinamentos na palestra a confirmação do que escrevi e mantenho no frontispício deste modesto blog mensageiro amigo desde 2009/10. Em tempo, o meu "cartão de visitas" em 2009 quando comecei o blog, não era ainda este, com estas palavras.

Resume agora, o meu "cartão de visita", o que o magistral palestrante de forma originalmente radical nos propõe desfiando nossas crenças e escolhas com detalhes inéditos deste "novo" antiquíssimo paradigma, legado por um personagem que se para alguns "não existiu", foi certamente, o "Homem" mais impressionante de que já tive notícia nesta vida.

Sou grato à Silvia pela dica do vídeo, o carinho e a amizade, a Jesus por razões óbvias de admiração e reverencioso respeito, e ao Rogério, o Jan Van Ellam, por sua contribuição inestimável à recuperação de nossa divina e perfeita sanidade psiquica/espiritual com seus amorosos conhecimentos em instigantes ensinamentos aqui compartilhados.

Eu os abençoo e sou gratíssimo aos nossos mentores espirituais que nesta ocasião limite de separação do joio do trigo nos concedem agora mais Luz na escuridão de nossas cretinices.

Segue o jogo... Que cada um seja de uma vez por todas 100% responsável e possa reconhecer que só podemos escolher entre o medo catabólico e a coragem da gratidão anabólica ao amor incondicional. A verdadeira maravilhosa revolução é no  agora, intrapessoal e intransferível.

Vos amo e sou grato, vamos à palestra.



Um comentário:

  1. Valeu Aldo pela postagem dessa palestra,uma exelente aula de lúcides e esclarecimento.
    Grata por compartilhar:)

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails