O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

A coisa é séria e ninguém quer prestar atenção...


Em meu processo contínuo de limpeza de memórias e programas, pedido que faço à divindade, este incondicional amoroso infinito orgônico campo quanto de infinitas possibilidades, a cada alguns segundos entre uma respiração e outra, não poderia deixar de fazer reflexões sobre a nossa natural necessidade de ouvirmos atentamente o som do silêncio. Aquele, que só ouvimos em silêncio, no silêncio... Onde a mente está em permanente silêncio.

A Arte é a benção divina que nos permite, aos humanos em geral e aos artistas em particular, vivenciarmos intensamente o estar no agora.
Ser artista é o desfrutar deste privilégio. A idade vem e a gente se pega lembrando do passado, e por força de contrastes com o agora em que vivemos, quiçá, nos passados remotos, ancestrais...

O futuro é agora. É preciso abrir uma página em branco para começarmos o projeto/futuro pacífico de permanente amor incondicional. Haja limpeza dessas memórias e seus cavalos de Tróia infelicitantes que nos impedem este amoroso infinito recomeço neste infinito agora.
Caros amigos, vamos esclarecer de uma vez por todas. A vida do ego é cheia de contradições, o velho Brancaleone que nos diga e confirme.

Vejamos: pede-se que não joguemos baterias e pilhas no lixo para que o mercúrio não envenene o "meio ambiente", e, no entanto, o dentista, crava uma bolinha do venenoso mercúrio nos dentes do cidadão, obtura o vulgo "paciente" sem remorso e com a maior tranquilidade, e, sem pedir licença. Afinal ele recebeu um diploma para fazer esta estupidez legalmente.
http://3.bp.blogspot.com/-oIDy-Vpk3s0/T2L5EgtGxEI/AAAAAAAAHHk/eVHjvOeIsOM/s1600/HERODES1.jpgA televisão emburrece e aprisiona na burrice o cidadão. É arma de extermínio em massa, é uma "espécie de HAARP" que o cara leva para dentro de casa, deifica e entrona, arma que ninguém reconhece, mas, sente, em efeitos devastadores. Nem todos concordarão comigo, é certo, faz parte. Um povo covardemente escravizado pelos vende pátria de todas as épocas e mantido na ignorância pré histórica por mais de 500 anos transformados em lixo irreciclável. Não tem o que comer, não tem onde morar, não tem como pagar as quinquilharias com os cartões dos cartões de crédito a perder de vista, não tem transporte, não tem água nem esgoto, leva uma vida pior que gado mas, tem celular e televisão da hipócrita "criança esperança" e a propagandeada vacinação em massa das criancinhas... Acho que até Heródes se escandalizaria. Crenças e escolhas?
A coisa é séria e ninguém quer prestar atenção...
O HAARP é uma cara e sofisticada arma de guerra, já nem tão secreta, criada "legalmente" pelos militares, gente naturalmente belicosa com fins humanitários, para que eles possam brincar de fazer bolinhas de sabão quando se cansam de video GAMES fratricidas entediantes. O resto, segundo os incrédulos, é conspiranóia de meia dúzia de anti escravagistas malucos que teimam em distorcer a verdade óbvia dos fatos genocidas sem a devida "comprovação científica".
Ficou assim esclarecido? Está confortável? Então façam bom proveito desta bendita internet e pesquisem. Não aceitem minhas afirmações como verdade. Sou um visionário contumaz.
A sempre fingida de morta reptiliana nazi sionista Inglaterra, ontem, mostrou suas venenosas presas e garras ao Equador, e ao mundo, ameaçando invadir a embaixada para pendurar uma corda no pescoço do Julian Assenge. Mostrou sua truculenta verdadeira face escravagista contra a "democracia" e a escravizada humanidade. Já fizeram uma reflexão sobre as conseqüências disto em época de implantação do 4º reich?
A nossa nave Terra anda gemendo aos ouvidos vistos. Uns sons de cólicas profundas. Uma espécie de assustadora câimbra espiritual. Deveríamos estar dando maiores ouvidos e olhos a isto, mas, parece que nossa cultura televisiva não nos deixa mais sentir, perceber e compreender a verdade que nos libertaría dessa antropofágica reptiliana escravização.

Estamos viciados em perguntar aos outros, enquanto os vigiamos, o que deveríamos fazer de nossas vidas. Quando perguntamos. De modo geral nem isto fazemos mais de tão estúpidos e robotizados que ficamos. A televisão dita nosso comportamento cretino e isto nos basta. Agimos, ou melhor, reagimos animalescamente. E na cretinice nos espojamos cretinamente enquanto criticamos os outros cretinos.

Aos mais atentos e aos vitoriosos desplugados desta arma letal, trouxe um vídeo instigante, infelizmente ainda não legendado mas, de real importância vibracional neste momento limite do salto quantico para uma outra dimensão mais luminosa. Nessas horas de honesta pesquisa e reaprendizado do amor incondicional mais vale até só as imagens e os sons do que a leitura de todas as palavras do bendito dicionário.
Abençoados todos somos.
Hercóbulus está vindo aí?
Outra vez crenças e escolhas?


Segue o jogo em perdão e exercício ao amor incondicional, vos amo, sinto muito, sou grato.

Um comentário:

  1. Aldo, na lista de links da Ravena tem um sobre Haarp muito bom, é sobre o que disse o Aquino (cientista brasileiro), o cara foi mas explicito possível. Vale a pena dar uma olhada.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails