O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 14 de junho de 2012

A FÁBULA DOS DRAGÕES DO AGORA


Só há um tempo em que é fundamental despertar.
Esse tempo é o agora.

Agora, enormes dragões, na escuridão de mil anos de treinamento em construção e materialização de seus inumanos pesadelos gestados no invisível labirinto do nada, espreguiçam sua reptilianidade, lenta, definitiva e profundamente.
Já faz tempo que, plenos de ódio ao amor, ergueram  os olhos em brasa na direção dos sois infinitos. Sorriram, e resolveram que estão prontos e que chegou a hora.
Bafejaram sobre as garras enormes, pintadas de ouro, prata, vermelho e azul. Sorriram mais uma vez mostrando alienígenas dentes pontiagudos e levantaram; sempre famintos.
Antropófagos, alimentam-se de suas humanas escravizadas criaturas enquanto as seduzem e sacrificam em insuspeita morte lenta.
Inumanos, temperam-nas em molho pardo no sabor de lágrimas terríveis em dores que infligem e que lhes dão todo o prazer psicopático na sangueira comilança.
Agora, há pouco, abriram as tresandantes gigantescas asas espalhando suas inumeráveis escamas venenosas do alto dos céus escurecidos sobre a face fumarenta da Terra já "haarpeada". Preparam de mansinho o tão ansiado festim...

Estamos em julho de 2012 e não é possível ainda sabermos o final dessa história de dragões e a orgia da desumanidade programada contra o amor incondicional.
Tudo está dependendo de nossas crenças e escolhas. Tudo depende de escolhermos entre o medo catabólico e o anabolismo do amor incondicional. Apenas isso. Firmeza. Já conhecemos os nosso único maior inimigo.
Então, queridos autores/atores, sugiro que cada um, com suas crenças e escolhas muito bem pensadas, termine esta fábula. O fim dessa história depende disso, de que nós, os atores/autores cumpramos com nosso dever humanitário.
Ninguém poderá nos substituir, ninguém virá nos libertar, ninguém virá nos salvar. Nesta derradeira tarefa cada um de nós é insubstituível. Todos os corações e mentes estão interconectados neste eletromagnético divino orgônico campo quantico de infinitas possibilidades.

Antes de participar decidindo o sublime final desta nossa fábula você pode vir a gostar de consultar também;  http://infinitoaldoluiz.blogspot.com/2009/03/o-inventario.html
Abaixo estão mais algumas sugestões de documentos para consulta.
Aproveitemos bem esta bendita internet.
http://www.youtube.com/watch?v=QojQH94RZ7A&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=OsSp6WUWt2E&feature=related
http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=g-6HgrGNO6I&NR=1

http://www.youtube.com/watch?annotation_id=annotation_499870&src_vid=i3NdcPpk7oE&feature=iv&v=tbpd8B8r0Nw

http://www.youtube.com/watch?NR=1&feature=endscreen&v=u1SWrf_Kx-0

http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&NR=1&v=OHZIUdHm6b4

http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=g-6HgrGNO6I&NR=1


O jogo macabro segue e ninguém parece querer estar atento, tudo parece tão normal. Programados pelos dragões que nos escravizam corremos infantilizadamente atrás das coloridas bolas.
Mudemos AGORA o placar desse jogo! Esta é a nossa grande chance.
Sinto muito, sou grato.

3 comentários:

  1. Amigo Aldo, queria que você soubesse que você não é o único que conhece essa história, que vive ou viveu esse drama. Eu observo o mundo e às vezes o acho horrível. Outras vezes, lindo. Mas em nenhum momento escapa à minha consciência o fato de que fomos e seguimos sendo manipulados e que a grande maioria dos nossos irmãos HUMANOS continua sem saber.
    Eu também penso e rumino esses pensamentos, procuro digerí-los, procuro entender se há um Deus e como ele pode ter permitido crime e tragédia tão grandes e por tão longa duração. Será que sob alguma perspectiva pode haver um propósito positivo, construtivo e amoroso por trás dessa história milenas? Eu espero que sim. Eu me apego a essa idéia.
    Eu sei que estamos em uma encruzilhada e às vezes me pego olhando para a rua e para o céu, da janela da minha casa, como quem espreita curioso e desconfiado, imaginando a quantas anda o desdobramento dessa batalha que é externa e interna a todos nós.
    Você não é o único, caro Aldo!
    Obrigado pelo seu texto.

    um abraço

    Eduardo

    ResponderExcluir
  2. O que mais me espantou foi a desnecessáriamente brutal quantidade de bombas que uma desgraça dessa, acho que uma b2m tem de distribuir em um segundo, e como pode existir excrementos com tal abjeta capacidade de produzir e utilizar tal tipo de artefato. Até concordo que tem gente que merece até mais do que isso na cabeça, entretanto acredito que esse tipo de gente só existe por conta dos roprios criadores desse tipo de artefato, mas convenhamos, é muita brutalidade em sua mais ampla acepção para tão poucos. É absulotamente inominável!!!
    Com relação ao texto, está muito bom, uma poesia descrevendo as bestas do apocalipse!!!
    Vamos acordar nossos dragões e bater asas para fora disso o mais rápido possível!!

    ResponderExcluir
  3. Eduardo e César, sou grato por suas confortantes presenças com palavras sinceras e estimulantes. Voltem sempre, de fato nunca estamos sós, esta e a maravilha de sermos humanos. Eu os abençoo e sou grato.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails