"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
“Todos os que me ouvem ousariam concordar comigo, se o medo não lhes fechasse a boca”.


Caros amigos,
este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante faxina espiritual.
2012 continua no 2013, 14, 15, ...; acabando-se sem ter recomeçado...
Nosso mundo é o que supomos conhecer. O que você não sabe não existe.
Todo este debate ressoante (por enquanto) só é possível graças a esta Bendita Internet.
A terceira guerra mundial vai acelerada...
Retiremos os antolhos. Ninguém virá nos salvar... Estamos todos vigiados, não há segredos.
Pensar é, desde sempre, conspiração.

Perceber, compreender e faxinar o programa "jogos de memórias escravagistas" que está milenarmente sabotando nossas existências é a nossa única saída...
TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFÁGICO & CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO DIABÓLICOS.
Nada, religião alguma, lei alguma, substituirá a responsabilidade 100% dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós.
Nunca desliguemos nossos detectores de mentiras. Mestre não é o que ensina, é o que não perde a capacidade de compreender...
Estão nos empurrando para a genocida aterradora Guantánamo planetária.
Preparemo-nos para o INIMAGINÁVEL...
O Divino em todos nós é o amor incondicional, não julga nem pune, é o perdão, não guarda mágoas, é a paz, ama incondicionalmente.
Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao amor incondicional.
Você não tem, você É, uma alma. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal e intransferível.
Mantenhamo-nos na vibração do amor, todos os espíritos, corações e mentes estão interconectados.
"Você não pode ensinar a um homem qualquer coisa, você só pode ajudá-lo a descobri-la em si mesmo." - Galileo Galilei.

TODOS SÃO BEM-VINDOS.


Compartilhemos

Share |

sábado, 19 de maio de 2012

Quem sou eu, quem somos nós?

Quem somos nós? 
Quem sou eu? 

Aqui alguns parcos relevantes exemplos do jogo programa/memória "enxugadouro" de gelo neste labirinto do nada pseudo democrático em que as senzalas estão aprisionadas. Mensagens ocupando, desviando a atenção e o tempo de reconhecermos em limpeza disso mesmo, o nosso verdadeiro eu, este sempre desviado e sem respostas "quem sou eu, quem somos nós?" 
Na vastidão de mensagens parciais, fragmentadas para a manutenção desta invisibilizada permanente escravização em que vivemos, esta postagem é só uma proposta de exercício de conectar pontos, perceber e conhecer, para poder reconhecer o vazio com que o sistema nos preenche as mentes e corações iludidos e induzidos a erro com a pseudo lisura da casa grande na tirânica (des)governança do mundo. 
Será que Dilma, veta? (memória/programa de expectativa), terá ela este poder ou cederá às temíveis poderosas forças reptilianas? será? 
Será que o bento reptiliano papa não está interessado neste pseudo "vazamento"? (sempre o tom da expectativa). Será?
Segue o jogo de perenes expectativas e desvios de atenção. Ninguém concretiza nada nesse tsunami de informações, só expectativas roubando vida, ocupando inutilmente as atenções...

1


Por Luiz Zarref
Dirigente da Via Campesina Brasil

O projeto que altera o Código Florestal brasileiro, votado nesta semana na Câmara dos Deputados, representa a pauta máxima ruralista. A bancada apoiadora do agronegócio e defensora daqueles que cometeram crimes ambientais mostrou sua coesão e conseguiu aprovar um texto de forma entrelaçada, comprometendo todo o projeto.

O texto está de tal forma que se a presidenta Dilma Rousseff vetar partes dele, continua a mesma coisa. Exemplo: se vetar a distância mínima de floresta recuperada na beira de rios que ficou em 15 metros – atualmente é de 30m - o texto ainda fica sem nenhuma menção de recuperação nestas áreas. O turismo predatório em mangues também fica permitido, segundo o projeto.

Os ruralistas também aproveitaram para dificultar o processo de Reforma Agrária, com a restrição de dados governamentais para a população e até mesmo com a tentativa de anular as áreas improdutivas por desrespeito ao meio ambiente, tal como manda a constituição.

O pousio, ou seja, o descanso que se dá a terra cultivada, ficou sem qualquer restrição de tempo e de técnica. Isso acaba com o conceito de área improdutiva. O texto viabiliza as áreas que estavam paradas desde a década de 1990 com regeneração de florestas. São 40 milhões de hectares nesta situação.

Além disso, os ruralistas fragilizaram o Cadastro Ambiental Rural, de forma que a população não tenha acesso aos dados, escondendo todos aqueles que cometem crimes ambientais e ferindo o princípio da transparência governamental para a sociedade.

A presidenta Dilma tem até a semana que vem para anunciar seus vetos, mas movimentos sociais e organizações ambientalistas já estão mobilizados para que a presidente derrube integralmente o projeto que saiu do Congresso Nacional.

A presidenta tem nas mãos ainda vasto apoio de parlamentares, organizações camponesas, sindicatos, sociedades científicas, entidades da igreja pelo veto global. O papel dos setores progressistas é fazer pressão, enfrentar ideologicamente os ruralistas e criar um clima para que a presidenta Dilma faça o veto completo desse projeto. O meio ambiente e a Reforma Agrária estão seriamente comprometidos com esse texto que sai do Congresso Nacional.

2
ROMA (AFP) – A publicação de uma série de cartas confidenciais do papa Bento XVI sobre temas quentes, como as intrigas do Vaticano e os escândalos sexuais do padre mexicano Marcial Maciel, provocou desconforto na Itália diante de um vazamento de informações sem precedentes. 
Um resumo do livro, que estará a venda no sábado em toda a Itália com o título Sua Santidade, cartas secretas do Papa, escrito por Gianluigi Nuzzi, autor do best-seller Vaticano SA, sobre as finanças da Santa Sé, foi publicado nesta sexta-feira pelo jornal Il Corriere della Sera. 
Baseado em cartas confidenciais destinadas ao papa Bento XVI e ao seu secretário pessoal, Gerog Gaenswein, o livro descreve manobras e confabulações dentro do Vaticano e inclui relatórios internos enviados para o Papa sobre políticos italianos como Silvio Berlusconi e o presidente da República Giorgio Napolitano. 
O Papa nomeou uma comissão de inquérito, em março passado, para investigar os vazamentos, conhecidos como "Vatileaks". 
ler mais aqui ou aqui

3
O Brasil vive momentos favoráveis à ampliação da democracia. Bons ventos sopram nessa direção e trazem consigo fatos alvissareiros, como a instalação da Comissão Nacional da Verdade, a quase seis meses depois da sanção da lei que a criou; igualmente sancionada há exatos seis meses, entra em vigor hoje a Lei de Acesso à Informação, que regulamenta o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas.
ler mais
 O Brasil vive momentos favoráveis à ampliação da democracia. (mais expectativa). O Brasil (e o mundo) jamais sai dos 500 inúteis anos de momentos favoráveis. Jamais concretiza suas "expectativas"; por que será?
Segue o jogo, te amo, sinto muito, sou grato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails