O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

domingo, 6 de março de 2011

APERFEIÇOANDO O LABIRINTO DO NADA


Compreenda melhor o que chamo de seqüestro e esvaziamento da alma.

O inumano VAZIO a que é submetida a humanidade. 

Em PLENO "DOMINGÃO" DE FAUSTO CARNAVAL...
O Brasil é uma espécie de cereja do futuro escravista deste carnavalesco banquete antropofágico.

O SEQÜESTRO DO NOSSO LIVRE ARBÍTRIO aprimorado permanentemente PELA MATRIX, este "invisível" SISTEMA ESCRAVAGISTA que nos infantiliza às raias da demência e sempre aperfeiçoado nos mantém permanentemente prisioneiros no "vítreo"  labirinto do nada.

Robóticas criaturas são os escravos ideais. "Sou "feliz"! Nada sei, nada falo, nada questiono, apenas CONSUMO E OBEDEÇO.

Felicidade é a falsa "liberdade" de apertar botões e "brincar"  de ter esta emoção "made of glass" de irresponsável e encantada "autonomia" no labirinto do nada.

Ao longo de mais de 4000 anos o escravagismo vem aperfeiçoando os programas em memórias ancestrais de nos iludir e esconder o verdadeiro livre arbítrio  de nossa infinita criadora essência divina e perfeita. Nossa inteligência e nossa alma foram orquestradas...




SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

2 comentários:

  1. Sr. Aldo,

    Seu blog está muito chato.
    Da um tempo, não escreva e deposi leia.
    Tá foda de ler.

    Anonimo Azulado e Esverdeado

    ResponderExcluir
  2. Caro Camaleão, se aqui tá chato, o que é que voçê vem fazer aqui? Vai ver TV, o BBB ou outra babaquice qualquer, aqui você ainda tem chance de aprender alguma coisa... Sua mãe não tem um tanque de roupa pra voçê lavar? A louça da janta?
    Limpa isso cara, limpa este sentimento, fica em paz, vai assistir o Paulo Gustavo...
    De qualquer modo você é bem-vindo assim mesmo. Sou grato.

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails