O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Político é essa COISA mesmo..., não é Vereza e Caetano?

CADA UM DÁ O QUE TEM! E TOME CASA GRANDE E SENZALA...



HÁ SEMPRE UM ROTO A FALAR DO ESFARRAPADO.
 Haja limpeza (FAXINA) desse lixo "universal"... Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Só os criminosos estão organizados




Enquanto você (ingenuamente) coonesta o sistema escravista com seu voto "eletrônico", a conspiração escancarada em curso, segue acelerando. E não é uma teoria a conspiração, que incólume, avança sua agenda.


É a perene casa grande e senzala onde só os criminosos estão organizados.

Políticos, "autoridades" e "especialistas" discursam e "discutem" (e defendem) entusiasticamente seus interesses nesse sempre excelente lucrativo negócio de falácias soluções.  

cínica indústria midiocrática que lhes serve enquanto fatura com os boçais caveirões, as tropas de elite, rambos stallones e outras impostas estupidificações. 

A barbárie (organizada) e o terror (orquestrados) são seus campos preferenciais de ação. Os sons dos gritos das guerras são os sons das caixas registradoras...

Tudo é coisa. 
Tudo é negócio. 
Os lícitos, os ilícitos, as drogas, a política, o sexo e as religiões.

enquanto isso...

Os traficantes de armas e munições continuam prosperando enquanto seus maiores fornecedores (as indústrias bélicas) são membros os permanentes do conselho de segurança da ONU. USA, FRANÇA, RÚSSIA e CHINA.



Estamos dentro.
Se você não desligar as TVs que nos hipnotizam jamais poderá ver estas verdades.

 Capricha no dever de casa. 

Deu para ligar mais uns pontos? 
Se liga aí... Comece por você e ajude alguém mais...
ONDE HÁ AMOR NÃO HÁ PERDÃO!
Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

TIRIRICA EXPÔE A CASA GRANDE E A SENZALA

Tiririca e a massa cheirosa

Não faço gracinhas nem piadas para ganhar votos. Não acho que o palhaço Tiririca seja o melhor candidato ao Legislativo. Nem mesmo o acho engraçado.  Mas estou indignado contra esta onda elitista que se faz contra sua candidatura alegando que ele não sabe ler e escrever.
E daí se ele sabe apenas garatujar seu nome? E daí que ele seja desdentado? E daí que ele seja alguém que conseguiu projeção de um jeito esquisito?Quem achou que ele deveria ir para a televisão tem anel de doutor.
Quantos doutores picaretas há candidatos? Quantos “galãs” estão aí se candidatando sem discurso, sem propostas, sem compromissos?
Pode ser que Tiririca, eleito, seja apenas uma figura folclórica. Mas há dezenas de senhores bem apessoados que, se eleitos, serão apenas nulidades e, pior, tenham ambições de riqueza muito maiores que as do Francisco Everardo da Silva, nascido lá em Itapipoca, no Ceará.
Acho mais fácil dizer ao Tiririca, na hora de votar a redução da jornada de trabalho: Tiririca, os teus conterrâneos que trabalham lá em São Paulo não têm o direito de ter mais um tempinho com  mulher e os filhos, do que falar o mesmo com um cidadão que tenha mais berço do que coração e que venha argumentar com “competitividade” e “custo Brasil”.
Não vi nenhuma indignação quando se trata de colocar o Tiririca nos lares e milhões de brasileiros, pela televisão.
Mas é provável que cassem sua candidatura, porque a elite brasileira acha que a política é só para a elite.
Fizeram um escarcéu quando fotografaram Lula, na sua vida privada, carregando uma geladeira de isopor. Aquilo é coisa para “inferiores”, não é?
Havia, no PDT do Rio de Janeiro, uma figura chamada Severino Pé-Pé. Era um mendigo, ou quase isso. Meu avô sempre pedia que o deixassem entrar nas reuniões do PDT, mesmo quando ele já estava um pouco alterado. Dizia: “deixa, deixa ele falar, porque ele é um homem que não tem nada a perder nem a ganhar, vai falar com sinceridade”.
Severino era um indigente, como se costuma dizer. Mas não era um bronco, ao contrário, era um homem até com a erudição de recitar Castro Alves horas a fio. Não se sabe o que o jogou à rua, uma desilusão, uma tragédia humana, um amor.
Mas o Severino que pedia, algumas vezes, uns reais para um trago, nunca pediu mais que isso.
De quantos doutores se pode dizer o mesmo?

Sou grato ao Sr Brizola Neto

O Portal - O Curso

Calorosa recepção para um psicopata em Dublin

Psychopath Tony Blair
gets a warm reception in Dublin

Shoes and eggs thrown at book signing

 
Mente & Quantum

Ahmadinejad sobre o 11 de setembro

Obama e imprensa corporativa fingem indignação pelo discurso de Ahmadinejad sobre o 11 de setembro

Créditos do Blog Anti Nova Ordem Mundial

http://blog.antinovaordemmundial.com/wp-content/uploads/2010/09/362383-mahmoud-ahmadinejad.jpg
Mahmoud Ahmadinejad durante entrevista coletiva

O espetáculo de uma minoria de diplomatas das Nações Unidas saindo em protesto durante um discurso do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, na qual ele questionou a versão oficial do 11 de setembro instantaneamente deturpado pela mídia corporativa como uma maneira de demonizar qualquer inquérito sobre os ataques terroristas. Ahmadinejad afirmou que “a maioria do povo americano, assim como de outras nações e políticos concordam com a visão de que alguns segmentos dentro do governo dos EUA orquestraram o ataque para reverter o declínio da economia americana e colocar suas garras sobre o Oriente Médio, de modo a salvar também a sionista regime“.
Os meios de comunicação fizeram uma promoção exagerada do evento como um grande protesto, embora a maioria dos diplomatas permaneceu sentados durante o discurso, e focaram suas reportagens em torno de uma fingida indignação em um esforço para caracterizar o ceticismo da história oficial de 11 de setembro como extremista, uma ponto de vista fora da realidade de pessoas vulgares. De acordo com a CNS News, vários diplomatas até mesmo aplaudiram Ahmadinejad após o discurso.
Para tentar evitar maiores transtornos e tentar repudiar as afirmacões de Ahmadinejad, o presidente dos EUA Barack Obama deu uma entrevista a BBC para ser veiculada na BBC Pérsia no Iran, onde descreveu como “odiosa” e “ofensiva” a alegação do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, que a maioria das pessoas acreditam que o governo dos EUA estava por trás do ataques de 11 de setembro.
Em seguida por sua vez, Ahmadinejad deu uma entrevista coletiva em uma hotel de Nova York, defendendo suas afirmacões, dizendo :”Eu não julguei, mas vocês não acham que chegou a hora de de uma uma comissão de inquérito que realmente descubra os fatos?“.
Ahmadinejad pode ser um ditador mesquinho e um personagem abominável que dirige um regime de opressão e de desrespeito pelos direitos humanos, mas ele não invadiu e ocupou qualquer país e nem esteve envolvido nos assassinatos de mais de um milhão de pessoas inocentes, ao contrário de um certo Tony Blair, que após o recente lançamento de seu livro foi elogiado pela imprensa corporativa e é regularmente aplaudido pelos delegados da ONU quando faz discursos na frente de diplomatas.
Só porque Ahmadinejad discute um determinado tema não quer dizer que a base dessa questão seja imediatamente desacreditada.
Com efeito, apesar do fato de que os neo-cons estarem reivindicando que Ahmadinejad descaradamente afirmou que “11 de setembro foi um trabalho interno”, em um esforço para demonizar Alex Jones, este termo real nunca foi usado e Ahmadinejad, na realidade, apenas listou os diferentes culpados que as pessoas ao redor do mundo acreditam ter realizado os ataques.
Na realidade, Ahmadinejad deu igual tempo a versão oficial do governo dos EUA sobre os acontecimentos e não aderiu especificamente a qualquer uma das explicações.
Os chamados adversários do “big government” como os republicanos adoram defender a santidade da história oficial de 11 de setembro, apesar do fato de que este foi utilizado para o triplicar do tamanho do governo e configurar o estado de polícia secreta que agora alvos americanos conservadores como terroristas domésticos.
Além disso, os agentes políticos que apóiam a administração de Obama disseram em púlico que um outro ataque terrorista seria perfeito para reverter a queda nas avaliações de aprovação de Obama e eliminar a sua oposição política – os conservadores e os membros Tea Party – então vamos parar de ser ingênuos e negar a fato de que os governos iriam explorar ou até mesmo provocar ataques de terrorismo como meio de influenciar as eleições – assim como Tom Ridge admitiu que foi o caso quando a Segurança Interna emitiu alertas de terror falso para fins políticos durante a administração Bush.
Mas a questão primordial da controvérsia de Ahmadinejad é o fato de que seja o que for que Mahmoud Ahmadinejad pensa sobre 11 de setembro, não faz, literalmente, que dezenas de inexplicáveis contradições sobre a história oficial simplesmente desapareca no ar.
Nenhuma quantidade de indignação fingida poderá calar a verdade sobre 11 de setembro.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não responde porque o Edifício WCT 7 desabou em apenas sete segundos da em sua própria base na tarde do dia 11/09, apesar de não ter sido atingido por um avião e ter sofrido danos mínimos.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não responde porque os sistemas de defesa aérea americano deixaram de seguir os procedimentos operacionais padrão para responder aos voos de passageiros desviados.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não responde porque os telefones celulares funcionaram a mais de 30.000 pés em 2001.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não responde porque as autoridades dos EUA não responderam às dezenas de alertas de agências de inteligência estrangeiras, bem como os seu próprio programa “Able Danger” que estaria rastreando os seqüestradores antes dos ataques.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não responde porque Osama Bin Laden estava trabalhando diretamente para os EUA até 11 de setembro, conforme revelado pela tradutora do FBI Sibel Edmonds.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não responde porque um número sem precedentes de opções de venda, especulações de que uma ação vai cair, foram colocadas em ações de companhias aéreas, nos dias antes do 11 de setembro.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não explica porque não houve nenhuma acusação formal contra Bin Laden após nove anos depois, enquanto levou apenas três meses para acusá-lo dos atentados contra a embaixada de 1998.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não explica por que o governo dos EUA permitiu que toda família de Bin Laden voasse para fora do país sem sequer questioná-los, enquanto todo o tráfego aéreo foi interrompido.
- Ahmadinejad falar sobre o 11 de setembro não responde a uma montanha de outras questões que indicam claramente a história oficial é impossível e que milhões de pessoas em todo o mundo reconhecem isto, e nenhuma quantidade de difamacao por associação vai eliminar milhares de indivíduos respeitados e denunciantes que se pronunciaram sobre o assunto.
Abaixo, para nao deixar dúvidas, a tradução do discurso de Ahmadinejad, na parte referente ao 11 de setembro:
.. O evento de 11 de Setembro de 2001, que afetou o mundo inteiro há quase uma década.
De repente, a notícia do ataque às torres gémeas foi transmitido usando footages numerosos do incidente.
Quase todos os governos e figuras conhecidas condenaram firmemente este incidente.
Mas, então, uma máquina de propaganda entrou em plena forca, implicando que o mundo inteiro foi exposto a um enorme perigo, nomeadamente o terrorismo, e que a única maneira de salvar o mundo seria enviando forças para o Afeganistão.
Eventualmente, Afeganistão, pouco depois Iraque foram ocupados.
Por favor, tome nota:
Dizia-se que cerca de três mil pessoas foram mortas no mês de setembro pelo o que estamos todos muito tristes. No entanto, até agora, no Afeganistão e no Iraque centenas de milhares de pessoas foram mortas, milhares retiradas de suas casas e feridas e o conflito ainda está em curso e em expansão.
Ao identificar os responsáveis pelo ataque, havia três pontos de vista:
1 – Que um grupo terrorista muito poderoso e complexo, capaz de atravessar com êxito todas as camadas da inteligência e segurança americana, realizou o ataque. Este é o ponto principal defendido pelos governantes americano.
2 – Que alguns segmentos dentro do governo dos EUA orquestraram o ataque para reverter o declínio da economia americana e suas garras sobre o Oriente Médio, a fim também de salvar o regime sionista.
A maioria do povo americano, assim como outras nações e políticos concordam com essa visão.
3 – Foi realizado por um grupo terrorista, mas o governo norte-americano apoiou e se aproveitou da situação.
Aparentemente, esse ponto de vista tem menos defensores.
A prova principal que liga o incidente foi alguns passaportes encontrados em grande volume de destroços e um vídeo de uma pessoa cujo local de domicílio era desconhecido mas foi anunciado que ele havia se envolvido em negócios de petróleo com alguns funcionários norte-americanos. Isto também foi encoberto e disseram que, devido à explosão e o incêndio nenhum vestígio dos terroristas suicidas foi encontrado.
Subsistem, no entanto, algumas perguntas devem ser respondidas:
1 – Não teria sido sensato que uma investigação minuciosa primeiro deveria ter sido realizado por grupos independentes para identificar os elementos envolvidos no ataque de forma conclusiva e em seguida traçar um plano racional para tomar medidas contra eles?
2 – Supondo o ponto de vista do governo americano, é racional para lançar uma guerra clássica através da implantação generalizada das tropas que levou à morte de centenas de milhares de pessoas para combater um grupo terrorista?
3 – Não teria sido possível agir da mesma maneira que o Irã rebateu ao grupo terrorista Riggi que matou e feriu 400 pessoas inocentes no Iran? Na operação iraniano nenhuma pessoa inocente foi ferido.
Propõe-se que as Nações Unidas crie um grupo de investigacao independente para os eventos de Setembro de modo que, no futuro, expressar opiniões sobre o assunto não seja proibido.
Gostaria de anunciar que no próximo ano, a República Islâmica do Iran irá sediar uma conferência para estudar o terrorismo e os meios para enfrentá-lo. Convido os funcionários, acadêmicos, pensadores, pesquisadores e institutos de investigação de todos os países para participar desta conferência.
Fontes:
Infowars: Establishment Feigns Outrage At Ahmadinejad’s 9/11 Rant
BBC: Barack Obama condemns Mahmoud Ahmadinejad’s UN speech
Iran defends September 11 terrorist claims
CNS News: Majority of U.N. Member States Remained Seated As Ahmadinejad Accused U.S. of Orchestrating 9/11IRNA: texto completo do discurso (em Ingles)

domingo, 26 de setembro de 2010

«um objectivo estratégico para a próxima década»



26.Set.10 :: Outros autores
PEDRO GUERREIROO governo PS chefiado José Sócrates, com Luís Amado nos Negócios Estrangeiros, sublinhe-se, é um seguidor incondicional do imperialismo norte-americano e da sua política belicista como o demonstra este texto de Pedro Guerreiro

Estamos a cerca de dois meses da realização da Cimeira da NATO, que terá lugar em Lisboa, dias 19 e 20 de Novembro. O movimento da paz em Portugal, reunido na Campanha «Paz sim! NATO não!», entra na fase derradeira da preparação das iniciativas que manifestarão o repúdio pela realização e pelos objectivos desta Cimeira, de que são exemplo a jornada nacional anunciada para 6 de Outubro e a manifestação promovida e organizada pela Campanha que se realizará dia 20 de Novembro, pelas 15h00, do Marquês de Pombal à Praça dos Restauradores, em Lisboa.
Entretanto o Governo PS continua a desfiar o novelo das suas profundas responsabilidades e cumplicidades.
Depois de considerar o relatório elaborado por Madeleine Albright (recorde-se, ex-secretária de Estado na administração Clinton, que foi responsável pelos bombardeamentos da NATO à Jugoslávia) que serve de base à reelaboração do conceito estratégico da NATO como «muito bem elaborado», o Governo do PS apressa-se a oferecer os seus préstimos.
Colocando inaceitavelmente o país ao serviço da NATO, o atento e prestável Governo PS alerta que o relatório «não presta» atenção suficiente ao Atlântico Sul, apontando que este deve ser para a NATO «um objectivo estratégico para a próxima década». Espera o Governo PS que esta sua preocupação seja contemplada na proposta do secretário-geral da NATO que deverá ser apresentada no final de Setembro e discutida na reunião ministerial de Defesa e Negócios Estrangeiros da NATO, a 14 de Outubro.
Para o Governo PS esta é «a contribuição que países como Portugal podem acrescentar ao debate», explicando que «países como Portugal acrescentam ao debate transatlântico a potencialidade de saberem dialogar com o Sul e olhar para o Sul». Isto é, uma vez mais, o Governo PS subalterniza, submete e condiciona a política externa portuguesa à estratégia do imperialismo.
A crescente colocação das forças armadas portuguesas ao serviço da NATO e da sua estratégia de ingerência, de crescente militarização das relações internacionais e da guerra contra os povos – isto é, ao serviço dos interesses e ambições de domínio dos EUA e das grandes potências da União Europeia –, tem sido apanágio da política de direita levada a cabo nas últimas três décadas, como o demonstra a sua participação no desmembramento e agressão à Jugoslávia e posterior ocupação do Kosovo, na agressão e ocupação do Afeganistão e do Iraque ou na ingerência e activa presença militar no Médio Oriente e em África.
Se o PSD na sua recente proposta de revisão constitucional pretende, entre outras inadmissíveis pretensões, retirar do Artigo 7.º da Constituição da República Portuguesa a consagração do «desarmamento geral, simultâneo e controlado» e a «dissolução dos blocos político-militares» como princípios fundamentais que deveriam nortear a política externa portuguesa, o PS na sua prática política faz destes letra morta.
Como é referido no dossier «NATO: instrumento de agressão e guerra do imperialismo» editado no último ”O Militante”, «o nosso país vai de novo servir de anfitrião aos senhores da guerra, numa clara afronta à aspiração do povo português de uma relação de amizade e de paz com todos os povos do mundo. Aspiração demonstrada e conquistada em 25 de Abril de 1974 e consagrada na Constituição da República».
Pelo que, tal como no passado, os comunistas portugueses saberão estar à altura das suas responsabilidades na luta pela paz, empenhando-se através das suas iniciativas próprias na denúncia da NATO e dos seus objectivos e apelando à participação no conjunto de acções de protesto e luta que a Campanha «Paz sim! NATO não!» realizará nas próximas semanas.
* Pedro Guerreiro foi deputado no Parlamento Europeu na última legislatura.
Este texto foi publicado no Avante nº 1.921 de 23 de Setembro de 2010.
O título deste texto é da responsabilidade de odiario.info.

Os negritos são do infinitoamanagé ré

sábado, 25 de setembro de 2010

4 A 10 de outubro SEMANA INTERNACIONAL DAS VÍTIMAS DE VACINAS

Entre outras tantas barbaridades impostas pelas OMS, OMC, ONU, e etc., verdadeiras gangs governantes serviçais da nova ordem mundial "escravagista" e seus cínicos asseclas, destacamos algumas entre as inúmeras abjetas campanhas de vacinações compulsórias. E, as velhas "teorias", essas sim conspiratórias e sempre atualizadas e já em prática adiantada, das  manobras genocidas eugenistas para depopulação das senzalas do mundo. Senzalas que já não lhes interessa mais alimentar. Serão (seremos) substituídas (dos) por lucrativos obedientes computadores e máquinas, ciborgues chipados e desumanos selecionados entre os sobreviventes.
Você é um ser humano. Assista o documentário abaixo (jamais será visto em sua HDTV) e pense muito bem sobre tudo isso antes de aceitar docilmente ser vacinado como gado.



Pesquise a palavra VACINAS e AUTISMO neste blogue e se surpreenderá com sua desinformação e boa fé de ingênua crendice na lisura dos nossos (desonestos) "governantes".

28 Mai 2010
Reinaugurada várias vezes pelos sucessivos governos tucanos, conforme constam em notícias publicadas por jornais desde outubro de 1999, a fábrica de vacinas do Instituto Butantã ainda não produziu uma dose sequer de vacina da gripe até ...
05 Mar 2010
Durante uma apresentação em fevereiro de 2010 no TED, Bill Gates faz a surpreendente declaração que as vacinas devem ser usadas para reduzir a população da Terra, controlar o aquecimento global e reduzir as emissões de CO2 (que já ...
06 Jun 2010
Está aí, sem bater à nossa porta a nanotecnologia em vacinas recebendo bilhões para que não hajam mais campanhas, você será vacinado a revelia ou melhor, você será infectado do que eles desejarem sem saber se quer que está sendo ...
12 Abr 2010
As pessoas só tomam vacinas porque têm medo de microorganismos, como vírus e micróbios. Nenhuma vacina tem elementos fortificantes para o nosso corpo físico, muito pelo contrário. Todas as vacinas possuem elementos venenosos e ...
1
2
3
4
5
6
7
8

http://infinitoaldoluiz.blogspot.com/2010/04/gripe-suina-e-implantacao-do-medo.html


http://detenganlavacuna.wordpress.com/
Pelo fato de que a farsa científica de que a quantidade de CO2 emitida na atmosfera tem relação com a população humana, Gates mencionou resumidamente meios de reduzir a projetada população mundial, inclusive “serviços de saúde reprodutiva” — aborto e contracepção — bem como vacinas.

Campanhas de vacinação no passado foram encobertamente usadas para esterilizar mulheres. Em 1995, o Supremo Tribunal das Filipinas descobriu que as vacinas usadas numa campanha de vacinação antitetânica do UNICEF continham o B-hCG, que quando dado numa vacina, destrói permanentemente a capacidade de uma mulher sustentar uma gravidez. Aproximadamente três milhões de mulheres já haviam tomado a vacina.



sinto muito me perdoe te amo sou grato
O Portal Hooponopono - Clareando Prosperidade

Os tucanos foram levados ao altar

Escravagismo. Isto não tem mesmo nenhuma novidade, a foto ao lado expressa bem este tenebroso e velho casamento. 

Façamos a leitura dos velhos fatos atualizados...

 sábado, 25 de setembro de 2010


Católicos criticam presença de Serra e Alckmin em igreja


Três aproveitadores safados:o padre, Serra e Alckmin.

Os tucanos José Serra, candidato à Presidência da República, e Geraldo Alckmin, postulante ao governo paulista terminaram o dia de campanha no interior paulista com uma visita à Igreja Nossa Senhora de Aparecida, em Araraquara, o que foi criticado por católicos da região.

Os tucanos foram recebidos por um pároco, conhecido como padre Nelson. Depois de receberem as bênçãos na sacristia da igreja, os tucanos foram levados ao altar. “Eu tenho aqui uma alegria muito grande de acolher nosso futuro presidente (referindo-se a Serra). Temos a certeza de que ele é uma pessoa muito preparada.”, disse padre Nelson.

Nem Alckmin e nem Serra discursaram no altar. Segundo pessoas ligadas à paróquia, estavam presentes cerca de 2 mil pessoas.

Sobre as críticas de católicos, que manifestaram indignação pelo ato do padre com os políticos, além de outros que esboçaram uma vaia, Serra procurou se esquivar. "Não sei quem criticou, fui convidado e vim", limitou-se a responder o candidato tucano, na saída. Alckmin não viu problema. "Vou à missa todo domingo, em dia santo, pra mim é normal", disse o candidato ao governo paulista. O convite para a ida à missa foi do deputado federal araraquarense Dimas Ramalho (PPS).

"Viemos para ver a missa, não para ver político", disse Maria Fernandes, chateada. "A casa de Deus é aberta para todos", retrucou a amiga Maria Luísa Villa Leal. "Onde se viu o padre falar que estava diante do presidente do Brasil e do governador de São Paulo, é uma falta de respeito", disse o representante Paulo Sérgio Neves, proferindo alguns palavrões ao lado da sacristia. "É ridículo misturar política com religião", comentou Luciana, que preferiu só citar o prenome. O marido dela, Marcos, também não gostou. Outros devotos saíram rapidamente da igreja quando os políticos subiram ao altar para receber a bênção do padre. "Isso é uma palhaçada", vociferou um dos que abandonaram a paróquia. IG.


O Segredo dos Carros Usados

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

OS CHEMTRAILS - RASTROS QUÍMICOS, existem nos céus do Brasil? (ATUALIZADO 2015/16)



Há um silêncio ensurdecedor pairando no ar dos céus, terras e mares envenenados propositalmente.


RASTROS QUÍMICOS - "Chemtrails", existem nos céus do Brasil.


Há uma escancarada conspiração em curso desde muito antes do advento desta bendita Internet. De eleição de faz de conta em eleição de faz de conta, vão os povos sendo engabelados e cada vez mais midiocratizados pelas cínicas escravagistas casas grandes mundiais, verdadeiras gangs de "governantes", gerentes dos negócios.

Iludidos e reduzidos à mediocridade, homens, mulheres e suas crianças, senzalados, estupidificam-se hipnoticamente diante da TV, a deusa, agora HDTV, insuspeitas para programar e dirigir os cérebros desavisados através desse "som do silêncio". 
E não pense que só porque você não mora na favela onde "mora" seu empregado você não é um senzalado.



O mundo inteiro documenta este crime perpetrado pela "casa grande escravagista" contra a humanidade. Assistam este filme e procurem se informar. A mim não enrolam mais com esta conversa mole de rede bobo e outros arautos afins. 

Fique esperto, desperto, acredita, podemos mudar tudo isto. Ah! E conversando com um amigo piloto obtive a MESMA resposta que já havia lido em outras matérias sobre CHEMTRAILS. Os pilotos de TODO MUNDO são OBRIGADOS A DAR A MESMA RESPOSTA: " NÃO SEI NADA SOBRE ISTO!" Classe unida esta hein? Tire suas próprias conclusões.



Essas fotografias são de, 20 de outubro de 2008... Piratininga, Região Oceânica de Niterói. Às 11:00hs horário de verão. A questão persiste...



O alo em torno do Sol nas 10 últimas fotos ocorreu exatamente 45 minutos após a pulverização... O dia sempre acaba nublado como se fosse chover, sempre ocorre este fenômeno visual como resultado. 




(atualização)
Parte do meu diálogo com um visitante no fórum Soubem 
(...) "Skyway para mim é nome de filme de Spilbeg para doutrinar garoto em ideologia fratricída. Cada um acredita na profunda crença, "mentira" ou "verdade midiocrática" que lhe dá mais conforto. Daí querer diante do óbvio universal contradize-lo através de opinião não funciona com quem já viveu o bastante para não deixar de ter pensamento própria. E para que serve pesquisar aviação militar, que perda de tempo, não sabe ainda que armas são para matar senzalados insurgentes e garantir a permanência do poder escravocrata? Ora, tenha paciência digo eu. Vocês trolls contratados e ou voluntários para contradizer e desinformar com estas "patinhas de gato" de ideologia sionista ameaçando as pessoas discordantes é que são arrogantes e facciosos. Este papo de vocês só convence midiotizados. Agora é antes e depois da Bendita Internet! A hora de acordar chegou meu caro, queiram vocês ou não. Está mais que provado o jogo sujo da casa grande com seus inside jobs 911(s) e outras manobras sórdidas. por aqui não colam mais. Conta outra. Vê se acorda! Passe bem! Está perdoado.
Leia mais detalhes em

"A nova ordem mundial, que nada mais é do que o 4º REICH nazisionista está emergindo com violência jamais imaginada e que logo logo não vão precisar mais de você. Avançam incólume a construção da GUANTÁNAMO PLANETÁRIA.  

Quem está pilotando os jatos que deixam rastros de fumaça química (chemtrails) em nossos céus??? Quem BANCA isso? Você vai ficar surpreso... Veja o vídeo de Flo White with Freeman of Freeman TV.


"A New World Order is emerging and they no longer need you. Who are flying the jets leaving chemtrails in our skies? You might be surprised! This is a must see video from Flo White with Freeman of Freeman TV




http://nemnirvananemsansara.blogspot.com.br/

Pesquise mais, a primeira visão dos fatos é iludida por ancestrais memórias escravistas no subconsciente.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

É incrível a semelhança com o que nos acontece aqui no Brasil nestas nossas eleições...

"Haja o que houver, podemos esperar, dos meios de comunicação, a cobertura completa de apenas um dos lados da história. Portanto, mantenha algo em mente: se quiser informação equilibrada sobre a Venezuela, você terá que procurá-la na internet.

O país invisível

A maioria dos meios de comunicação é pouco crítica quando o governo dos Estados Unidos realiza uma campanha intensa de relações públicas em torno de sua política externa. Mas nunca foram tão monolíticos como no caso da Venezuela.

Por Mark Weisbrot
[21 de setembro de 2010 - 11h24]
A maioria dos meios de comunicação é pouco crítica quando o governo dos Estados Unidos realiza uma campanha intensa de relações públicas em torno de sua política externa. Mas nunca fora tão monolíticos como no caso da Venezuela. Mesmo nas vésperas da guerra do Iraque, houve um número significativo de jornalistas e editorialistas que não compraram a historia oficial. No caso da Venezuela, a imprensa se parece com um júri de doze pessoas, mas um único cérebro.

Assim que a oposição venezuelana decidiu basear sua campanha eleitoral de setembro no alto índice de homicídios no país, a imprensa internacional foi inundada com artigos sobre este tema – alguns altamente exagerados. Trata-se de um resultado surpreendente das relações públicas. Embora a maioria dos meios de comunicação venezuelanos, medida pela audiência, ainda pertença à oposição política no país, não é o mesmo com a imprensa internacional. Para que se desenrole uma campanha de imprensa desta magnitude, é normalmente necessário algum  “gancho” jornalístico: um crime marcante, um número redondo de homicídios atingido ou uma declaração política da Casa Branca. Neste caso, bastou uma decisão tomada por parte da oposição e a imprensa internacional já estava toda sobre o tema.

O mote “todas as más noticias todo o tempo” foi esmagadoramente dominante, mesmo durante a expansão econômica histórica da Venezuela, de 2003 até 2008. A economia cresceu como nunca, a pobreza diminui a mais da metade e houve grande conquistas na taxa de emprego. O gasto real do Estado por pessoa mais que triplicou, e o atendimento médico gratuito se estendeu a milhões. Teríamos que buscar muito para encontrar estes dados básicos apresentados como tal em algum artigo da imprensa corrente, embora os números não sejam questionados pelos economistas das organizações internacionais que trabalham com as estatísticas.

Por exemplo, em maio, a Comissão Econômica da ONU na América Latina(CEPAL), descobriu que a Venezuela reduziu a desigualdade mais que qualquer outro pais na América Latina, entre 2002 e 2008, alcançando a distribuição de renda mais equitativa na região. Este dado também não foi mencionado na imprensa internacional mainstream.

A Venezuela entrou em recessão em 2009, e o fato recebeu atenção incomparavelmente maior do que o fato de o país crescido mais que qualquer outra das Américas, no período anterior. Em janeiro desse ano, o governo desvalorizou a moeda, e a imprensa estava prevendo um grande aumento na inflação, até uns 60% para este ano. “Estagflação” – a recessão junto com uma crescente inflação – acabou virando uma palavra recorrente.

A inflação “fora de controle” nunca chegou. As taxas dos últimos três meses, anualizadas, estão em 21%,  consideravelmente mais baixas que antes da desvalorização. Esta realidade é outro indicador de que os economistas em quem se apoiava a imprensa têm um conhecimento limitado sobre o verdadeiro funcionamento da economia venezuelana.

Agora, parece que a Venezuela começou a emerger da recessão, no segundo trimestre desse ano. Em bases anualizadas, e já ajustadas sazonalmente, a economia cresceu 5,2% no segundo trimestre. Em junho, o Morgan Stanley previra que a economia se contrairia a 6,2% neste ano e 1,2% no ano seguinte. O FMI (Fundo Monetário Internacional) esta prevendo uma situação de penumbra e perdas de longo prazo para o país com um crescimento negativo do PIB per capita durante os próximos cinco anos. É digno de nota que, durante o período de crescimento rápido, o FMI fez concorrência aos escritores de ficção, com suas previsões repetidamente desmentidas pelos fatos e inteiramente fora do contexto da economia venezuelana.

É possível que tudo isso pareça normal, se lembrarmos que a grande maioria dos meios de comunicação não conseguiu prever, há três anos, a crise global provocada pela maior bolha de ativos da história. No entanto, houve exceções notáveis (por exemplo, o New York Times, em 2006). Com a Venezuela – bem, pode-se imaginar.

Claro que não se pode garantir que o crescimento venezuelano continue – dependerá do governo assumir o compromisso de manter altos níveis de demanda agregada, e garantir que elas continuem assim. Nesse sentido, a situação é parecida com a dos Estados Unidos e União Europeia, entre várias economias desenvolvidas que neste momento sofrem uma recuperação lenta e incerta.

A Venezuela, mantém reservas de divisas adequadas, tem um superávit comercial e em conta corrente, está pouco endividada no exterior e tem forte capacidade de obter empréstimos estrangeiros, se preciso. Isso se demonstrou ainda há pouco, em abril deste ano, com um crédito de 20 bilhões da China (aproximadamente 6% do PIB venezuelano). É extremamente improvável que a Venezuela enfrente uma escassez de moeda estrangeira. Por isso, pode recorrer aos investimentos públicos, para garantir que economia cresça o suficiente para elevar as taxas de emprego e o  padrão de vida. (O governo norte-americano poderia fazer o mesmo, até com mais facilidade – mas uma atitude assim não parece estar em sua lista de prioridades, neste momento).

Haja o que houver, podemos esperar, dos meios de comunicação, a cobertura completa de apenas um dos lados da história. Portanto, mantenha algo em mente: se quiser informação equilibrada sobre a Venezuela, você terá que procurá-la na internet.

*Mark Weisbrot é codiretor do Center for Economic and Policy Research (CEPR), em Washington, DC. Doutorou-se em Economia pela Univerdade de Michigan. Escreveu numerosos artigos de investigação sobre política econômica. É também, presidente da organização Política Externa Justa (Just Foreign Policy) e co-escritor do documentario mais recente de Oliver Stone, South of the Border [Ao Sul da fronteira].
http://www.revistaforum.com.br/noticias/2010/09/21/o_pais_invisivel/*Tradução: Cauê Seigne Ameni para Envolverde. Foto por http://www.flickr.com/photos/opendemocracy/.
Geradores de Orgonio protegendo sua saúdeO Portal Hooponopono - Clareando Prosperidade

Artistas e intelectuais ao dispor da "perene" casa grande e senzala estão lançando, com grande apoio da mídia, um manifesto “em defesa da democracia”.

O manifesto neoudenista

Alguns artistas e intelectuais estão lançando, com grande apoio da mídia, um manifesto “em defesa da democracia”. Muito bem, todos somos e eu trago na vida familiar a herança da sombra ditatorial.
Mas a pergunta que me ocorre é: como é que a democracia está “assombrada por uma forma de autoritarismo hipócrita, que, na certeza da impunidade, já não se preocupa mais nem mesmo em fingir honestidade”.
Como é este autoritarismo hipócrita? As instituições funcionam livremente ou não? O Ministério Público não está impondo, até com muito mais severidade que ao outro contendor, sanções à candidata do Governo e ao próprio Presidente da República? Os ministros do TSE que ora rejeitam, ora confirmam estas sanções estão pressionados para qual dos dois atos?
A Polícia Federal está limitada partidariamente em sua ação? Não acaba de agir com total liberdade contra aliados do Governo?
Gostaria que os senhores respondessem a esta pergunta com um simples sim ou não.
Ou democracia seria pré-condenar qualquer pessoa acusada, sem o devido processo legal, sem julgamento regular e justo, sem direito de defesa?
Dizem eles que “é um insulto à República que o Poder Legislativo seja tratado como mera extensão do Executivo”. Quero testemunhar, como membro do Legislativo, que nunca recebi uma ameaça, uma pressão ilegítima, um ultimato para votar em qualquer questão do interesse do Governo. Algumas vezes, aliás, caminhei em sentido contrário, e posso citar, por exemplo, a questão do reajuste dos aposentados e do fator previdenciário, onde nossa pressão – e inclusive, registro, de alguns petistas, como o Senador Paim – se voltou justamente contra o Governo, em defesa das causas que apoiamos.
Mas o que mais estranhei foi que o tal texto dissesse que “é aviltante que o governo estimule e financie a ação de grupos que pedem abertamente restrições à liberdade de imprensa, propondo mecanismos autoritários de submissão de jornalistas e empresas de comunicação às determinações de um partido político e de seus interesses”.
Como assim?
Teriam os senhores signatários a fineza de dizer que mecanismos são estes? Seriam, por acaso, as determinações constitucionais de que as concessões de rádio e televisão sirvam à educação e à informação correta da população? E que grupos estão sendo financiados e como? Os senhores fariam a fineza de informar ou vão ficar na “denúncia anônima” que fez a excelentíssima Dra. Sandra Cureau inquirir a Carta Capital, de Mino Carta, sobre quais foram os anúncios que recebeu, quando os grandes jornais e revistas, evidentemente de oposição ao Governo, publicam também anúncios insitucionais e comerciais de empresas estatais?

Mas a direita manifesteira, que não faz manifesto contra a fome, contra a pobreza, contra o aniquilamento cultural da população submetica a uma mídia baixa e deseducadora, que estimula o individualismo e a “notoriedade a qualquer preço”, no final do texto entrega sua devoção:

“É repugnante que essa mesma máquina oficial de publicidade tenha sido mobilizada para reescrever a História, procurando desmerecer o trabalho de brasileiros e brasileiras que construíram as bases da estabilidade econômica e política, com o fim da inflação, a democratização do crédito, a expansão da telefonia e outras transformações que tantos benefícios trouxeram ao nosso povo.”
Ah, sim, agora eu entendi.

O manifesto não é em defesa da democracia. É um manifesto em defesa do neoliberalismo, em defesa de Fernando Henrique Cardoso.

Não tenho nada contra.
Mas eu me lembro de uma frase de meu avô: as palavras devem ser usadas para expressar os pensamentos, não para os esconder.
Quando se esconde algo, boa coisa não é.
Postado por Brizola Neto no TIJOLAÇO

Os grifos são meus
Mente & Quantum
http://www.portalquantum.com/sessoes.php

domingo, 19 de setembro de 2010

Obviedade difícil e desafiadora - 3ª parte

Enquanto o desamor e o ódio nos atravancam, o AMOR incondicional é a força que move toda e qualquer montanha.



Vamos clarear. O conceito, a televisão, em si, é uma benção. Como é toda criação e meio áudio visual se, e quando, bem utilizados para a libertação dos senzalados e o bem de toda a humanidade. Nunca para a estupidificação e carceragem dessa humanidade milenarmente explorada e mantida como crianças expostas em uma prateleira para o bel dispor de inumanos fratricidas psicopatas pedófilos com seus religiosos jogos de guerras imundas e sempre muito lucrativas. Mas nós não acreditamos nisso. Por quê? 

Porque pipocam desde o nosso estado fetal programas ancestrais com as doutrinações de crenças e crendices. Para nossa desgraça acreditamos (as memórias é que acreditam religiosamente) mais neles do que em nós mesmos.
Estamos todos imundos, desalinhados, desconcentrados, hipnotizados, estupidificados, manietados, seviciados pelo conteúdo (memória) transmitido por esta bendita máquina dominada diabolicamente pela opressora e moedora de cérebros (a quase) invisível midiocracia da casa grande.




Há uma televisão ligada. Ou não? É uma deusa entronada. Sempre. 

Somos o resultado de “nossas” escolhas.


Pois é, e entre tantas outras “mecânicas” parvoíces, não sabendo bem como e nem porque, (solitários) religamos religiosamente a doutrinadora TV.

Outra vez... Que automatismo! 

Você não quer fazer mais isto, (memória escolheu) assim automaticamente, e outras desse tipo. Alguma coisa está lhe “incomodando”, verdadeiramente. No entanto, (memórias não deixam) ainda não consegue.

Não tem importância, já está no bom começo, já deu a partida para uma mudança (não quer mais ser memória se repetindo). 

Não se desespere, não esmoreça, não desista! Calma, você vai descobrir que nada disso vale à pena. As memórias é que “sentem” essas e outras pipocas (memórias) de bloqueios,sentimentos, energias e vibrações negativas. 

Vamos olhar estes fatos por outro ângulo.

Inicialmente proponho compreendermos que nós não temos a necessidade de tentar mudar o mundo. Nossa responsabilidade é exclusivamente conosco, individualmente, mais ninguém e mais nada. O outro se identifica com as nossas memórias porque (todas) elas são compartilhadas com todos. Torcida de time de futebol, escola de samba ou partido político por exemplo. Quanto mais identificação entre memórias mais união (identificação) entre seus (iguais) possuidores.


NINGUÉM MUDA NINGUÉM. Pipocas de susto, incredulidade e desapontamento saltam para todos os lados...

O processo de limpeza O PORTAL é individual e a experiência é intransferível. O que você reconheceu de nossos textos em leituras anteriores até aqui, é nada mais nada menos que o caminho para o processo de reconciliação consigo mesmo, nada há (lá) fora de nós mesmos para ser corrigido. Por isso mesmo NINGUÉM TEM A CAPACIDADE DE MUDAR NINGUÉM, “CURAR” NINGUÉM!

A massa, o rebanho, o coletivo “memória” em ressonância, é sempre manipulável pelo indivíduo ou grupo "programador". O mundo só será melhor na medida em que nos melhorarmos a nós mesmos. Auto cura começa ao assumirmos esta responsabilidade 100%. O processo é de auto limpeza, o "diálogo" é intrapessoal e intransferível.

A ancestral pergunta que não vai calar é: QUEM SOU EU?
 

Desde o berço, ou muito antes, há uma infinidade de compulsórios “contratos” em crenças e crendices (a nosso respeito) com os quais nos contratamos assumindo compromissos e não nos damos conta. São as crenças nestes contratos que buscamos ansiosamente cumprir para sermos especiais, melhores, superiores, maiores, ricos, felizes, etc., etc., aceitos e aprovados socialmente que nos emperram, limitam, confinam. Pipocas de ilusão para todos os gostos...

A longa caminhada começa com o primeiro passo.  Vitória! Façamos cada um de nós a nossa parte. De um em um (sem expectativas) em permanente limpeza, ao final todos se libertam. Já pensou?

O infinito é agora e está em permanente expansão.

O sistema é escravagista (engenhosamente arquitetado pela milenar casa grande) e sabe que é aí, em infindas classificações (usando o nosso lado esquerdo do cérebro), que ele nos enrola, aterroriza, fragiliza, desune, nos “pega pelos pés e mãos” e agrilhoa. 

Implantando o medo e o terror da insegurança incessante na escassez planejada de tudo e nas competições fratricidas de todos os gêneros, nos manténs mentalmente ocupados, desorganizados na intemperança do que nos adoece gerando o permanente controle e o lucro que eles desejam.

"_ Mas como posso limpar a mim mesmo se não sei nem por onde começar?” Eu quero ser eu mesmo! Não sei ainda como, minha única certeza é que quero sair dessa.

Muito bem, por causa desse propósito agora nos aparece uma carrocinha cheia de sacos de pipocas surpresa.

"Os tempos atuais são de transformações profundas que não tem nada a haver com conceitos de "evolução espiritual" e sim o desfazer de véus (programas) que impedem a visão de nossa Real condição, em infinita expressão e expansão..." (Al Mcallister)

Você, nem eu, nem ninguém, TEMOS QUE melhorar nada, evoluir nada.


SURPRESO? 

Carma, destino, reencarnações, expiações e outras “fatalidades”, são meras palavras, vazias opacas palavras. Acredite! Escondem propositalmente nossa essência que é DESDE SEMPRE divina e perfeita. Não há nada errado conosco, jamais houve.

SALTAM PIPOCAS alienígenas SE CHOCANDO UMAS COM AS OUTRAS refletidas nos espelhos das nossas crenças na lisura da traiçoeira casa grande aprisionadora. Somos (milenarmente) crianças nas mãos “deles” ouvindo contos de terror a respeito de nossa lendária imperfeição.


Conflitos (irreais) internos de programas/crenças ancestralmente implantados (à nossa revelia) causam o nosso “inferno” (repetente), o sempre particular, caos existencial. Tornam-se “coletivos” por manipulação dolosa da ressonância. Por isso eu digo que a televisão é (está sendo usada como) uma arma de extermínio em massa.

Por isso este inédito e eficiente método “O PORTAL” de limpeza de memórias. É intrapessoal, é para o perdão e reconciliação com nosso Eu interior fracionado, conflitado, acusador e julgador em belicoso desalinho com a fonte e permanentemente se repetindo, fora, ausente do momento presente. É para mim o mais eficaz meio, ou processo de desinfluir-se das memórias e programas infelicitantes e que não somos nós. Quem sou eu? Esta é a questão.


Temos sido religiosamente doutrinados para sermos os (ferozes) carcereiros de nós mesmos.

Usam eles estes fratricidas e infelicitantes programas (escamoteadores) de ancestrais conceitos de “evolução espiritual” dando permanente invisibilidade a esta (diabolicamente) arquitetada milenar casa grande e senzala.

O que de fato há e tem sido metódicamente encoberto, por isto precisa desta limpeza para ser visto, é esta verdade irrefutável: somos desde sempre seres amorosos, livres, absolutamente criadores, infinitos, divinos e perfeitos. 


Repetidoras e mortais são as memórias programas de desvalia e autonegações destruidoras e sempre cuidadosamente atualizados. Sonegam a todos nós o uso do lado direito do cérebro, e conseqüentemente a verdade sobre nossos transcendentais amorosos infinitos poderes criativos.

Esta é a razão do desumano, incompreendido e desesperante estado permanente de conflito, infelicidade e sofrimento. Este intencional estado gerador de medo é utilizado pelas religiões como mecanismo de alienação, subserviência e aceitação da escravização como natureza.


O criador não é um repetidor, muito menos de asneiras aprisionantes em um torturador estado fratricida autodestrutivo.

É aí que saltam as terríveis pipocas cancerígenas... Amargas pipocas da sempre lucrativa FARMÁFIA.
Por isto esta escamoteada intenção dolosa em que somos mantidos
permanentemente doentes "de alguma coisa vinda de fora para dentro", fracionando-nos em infinitos espelhos "fraturados' distorcendo e impedindo a atenção e percepção da nossa perfeita divinal imagem verdadeira.


Pipocas ressonantes de efetivo perdão amoroso transbordam das panelas fazendo fluir a divina “energia vital”

Reconciliado amorosamente comigo mesmo, este quadro esquizofrênico ressonante de “fraturado” vai perdendo a capacidade de viver por mim, como se fosse eu, e desaparece.

É a verdadeira libertação. O verdadeiro eu, na paz, a revelar-se. Pipocas da escuridão ideológica e fratricida vão para o ralo do infinito desaparecendo em transmutações luminosas para o seu bem e o bem de todos. 


QUEM SOU EU? 

Conhece a ti mesmo. Sei que eu não sou este, e, ele não é aquele que ele pensa ser. Não há mais razão para acusações e julgamentos. Se eu me perdôo, posso então começar a entender porque perdoar o outro.

 Exerça o perdão.
TE AMO E SOU GRATO 
Parte 1 aqui
Parte 1 complemento
Parte 2 aqui 
 Vem mais por aí... 

O Portal Hooponopono - Clareando ProsperidadeMente & Quantum

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Raça Humana, Ergue-te

Raça Humana, Ergue-te - David Icke


David Icke assinala o seu 20º ano de revelação de segredos chocantes e de informação escondida, com a publicação do seu livro mais espantoso até à data. Ao considerar a manipulação de que os seres humanos são alvo e a natureza da realidade, para instaurar novos níveis de compreensão, David apela à humanidade para que se erga e recupere o mundo, das mãos das sinistras redes de famílias e de entidades não-humanas que nos controlam, secretamente, desde o berço até ao túmulo.

David tem elevado a fasquia do conhecimento da realidade desde o seu incrível ‘despertar’, em 1990, e nesta obra fá-lo de novo – e de que maneira.
A sua revelação mais estonteante é a de que a Terra e a mente colectiva humana, são manipuladas a partir da Lua, a qual, segundo diz, não é um ‘corpo celeste’, mas uma construção artificial – uma ‘nave-espacial’ gigante – que serve de base para o grupo extraterrestre que tem vindo a manipular a humanidade há eras.

Ele descreve aquilo a que chama ‘Matriz Lunar’, a emissão de uma falsa realidade a partir da Lua, que é descodificada pela mente/corpo humano, de forma muito semelhante à que acontece na trilogia de filmes Matrix. A Matriz Lunar infiltra-se furtivamente no sistema de ‘computador humano’, diz o autor, e projecta um falso sentimento de identidade pessoal e do mundo, 24 horas por dia.

Vivemos em tempos extraordinários. Por um lado, estamos a assistir à imposição de um Estado Orwelliano global, de vigilância total e de controlo por aqueles que servem a Matriz Lunar. Por outro, está a decorrer uma transformação energética fantástica – aquilo a que David chama ‘Vibrações da Verdade’, um fenómeno que ele previu pela primeira vez em 1990 e que serviu de título ao seu primeiro livro, depois de os seus ‘olhos se terem aberto’. As Vibrações da Verdade estão a despertar vastos números de pessoas, para as relembrar de quem elas realmente são – uma Consciência Eterna e Infinita.

A Humanidade encontra-se numa encruzilhada e é chegado o momento de fazer uma escolha. Vamos despertar para o nosso génio verdadeiro e potencial como uma Consciência Infinita? Ou vamos continuar aprisionados nas ilusões fabricadas da Matriz Lunar?

Uma das escolhas irá levar-nos à liberdade e a um potencial de uma grandeza que não imaginaríamos ser possível, enquanto que a outra irá condenar-nos, e aos nossos filhos, a uma ditadura global fascista/comunista, a uma escala que faria corar o próprio George Orwell.

Não conseguirá ler Raça Humana, Ergue-te e continuar a ser a mesma pessoa que era antes de pegar neste livro. Mudará a sua vida, a sua realidade e a sua informação e, se posta em prática, irá libertar-nos.

Inclui 32 páginas a cores de trabalho gráfico de Neil Hague.


David Icke - 30 de Outubro em Lisboa



Ver pagina do evento


O carismático investigador de criptopolitica, globalização, espiritualidade e conspiração global, vai estar em Portugal, David Icke estará pela primeira vez em Portugal com o tema "Raça Humana, Ergue-te". Esta conferência enquadra-se no seu tour mundial de lançamento do seu último livro com o mesmo título.
David Icke fará uma apresentação de 8 horas com mais de 1000 ilustrações, na sala Petropólis do Hotel Altis em 30 de Outubro de 2010.

Ele irá expor a conspiração global e a natureza da nossa realidade de uma forma mais abrangente do que nunca.
David Icke é autor e foi jornalista da BBC e é autor de 4 vídeos e 15 livros traduzidos em mais de 8 línguas, sobre a conspiração global, e tem sido orador nos EUA, Inglaterra e outros países.

P.S.: do infinito amanagé ré, queiram desculpar a falta de legenda em português...
The state of the real economy
Short and sweet


P.S.: 2
E o plano, amigos leitores, é que o mal está aqui como uma ferramenta para nos ensinar o que não é, o que não devemos ser nem fazer.
E agora, em apenas dois meses, também em Barcelona, para o lamento da elite que errou seus cálculos, chegará David Icke, que, em plena crise financeira espanhola, já vendeu até o momento mais de 1000 ingressos para sua palestra de oito horas, a um preço de 50 euros.
É o que faltava para o caldeirão transbordar.

Dibujos de Antonio Guerrero se exhiben en Portugal

Dibujos de Antonio Guerrero se exhiben en Portugal

16 Septiembre 2010 2 Comentarios
La exposición “Toda la patria está en la mujer”, con dibujos de Antonio Guerrero, uno de los cinco antiterroristas cubanos encarcelados en Estados Unidos, quedó inaugurada en la Biblioteca Museo “República y Resistencia”, en Lisboa.
Antonio Guerrero con uno de sus dibujos que representa a dos bolivianas. Foto tomada en la prisión por un guardia de seguridad. (Archivo de Cubadebate)
La muestra incluye 55 retratos de relevantes mujeres vinculadas a la historia de Cuba, desde las guerras de independencia, en el siglo XIX, hasta las actuales contiendas de la Revolución, destaca una nota del Ministerio de Relaciones Exteriores.
Eduardo González Lerner, embajador de Cuba en Portugal, agradeció el apoyo brindado por el Museo y el Comité Portugués para la Liberación de Los Cinco, para  presentar la exhibición.
González Lerner se refirió al enorme ejemplo de altruismo que brindan todos los días Guerrero, y sus compañeros de causa Gerardo Hernández, René González, Ramón Labañino y Fernando González, encarcelados en EE.UU. desde hace 12 años por enfrentar los intentos terroristas de las mafias anticubanas de Miami.
Obras de Antonio Guerrero
El diplomático cubano reconoció, además, el alto significado de la solidaridad mundial con la causa de Los Cinco, que se evidencia en estos días en que se desarrolla una campaña mundial para exigir justicia.
La muestra se mantendrá abierta al público durante todo el mes de septiembre e incluye la proyección y debate de los documentales “Rompiendo el silencio” y “El mayor amor”, producidos por Mundo Latino.
(Con información de la AIN
Geradores de Orgonio protegendo sua saúde

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

TUDO É TUDO E NADA É NADA

Olhava e limpava agradecido e admirado para o meu adorado "jardim anárquico" e da enorme goiabeira a folha amarela caiu ao mesmo tempo em que o canário da terra, também amarelo como a folha que caiu, subiu do chão para a árvore... Foi aí que compreendi minha transcendental tarefa quando pensei: "um canário caiu ou uma folha levantou vôo? Compreendi que a limpeza sem expectativa me revelava a vida com a beleza que ela é, sempre.

Pois é, e eu queria compreender o que se passava enquanto limpamos. Ficava prestando atenção para ver se dava um "flagra" no divino e entendia o que hoje sei que não é importante entender. Atrasou muito o resultado da limpeza essa minha ingênua "malandragem" memória, ou programa...

São "zilhões" de infinitas pequenas grandes coisas EM MOVIMENTO se embaralhando na existência luminosa desse infinito campo quântico de espelhos divinos que nenhum "computador maquinal" seria capaz de processar. Somos permanentes criadores. Estamos criando tudo de tudo o tempo todo. Mas, se não estamos no zero, não criamos nada, repetimos, ou melhor, as memórias se repetem enquanto vivem "nossa" vida.

Parei de procurar, e percebi que começava a receber o que sempre foi meu desde sempre. A paz do zero em mim para o meu bem e o bem de todos. Limpemos sem expectativas pedindo e entregando ao divino o que é tarefa dele e só ele sabe fazer, limpar-nos.


Ó pá, em tempo de HAARPs, ETs em HDTVs na casa grande e senzala onde parece que vale tudo e rola o funk samba das galés, do calendas gregas, calendários maia; Calígulas candidatos caitituam votos para carrapatos sionistas e outros tantos asseclas que vão postando sentinos comentários em asneiras sem fim, só mesmo o insubstituível (te amo e sou grato) filósofo Tim Maia para me salvar. 

ASSISTAM, dancem e divirtam-se um pouco enquanto seu lobo não vem.... 




ESTÁ VINDO AÍ, viu Isabel, A PARTE 3 DE "OBVIEDADE DIFÍCIL E DESAFIADORA", AGUARDEM. 

Parte 1 aqui
Parte 1 complemento
Parte 2 aqui
Related Posts with Thumbnails