O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

terça-feira, 10 de agosto de 2010

O POLÍTICO DA CASA GRANDE E SENZALA E O PREJUÍZO POLÍTICO

É POR ISSO QUE EU DIGO QUE POLÍTICO TAÍ PARA DAR A ILUSÃO QUE nessa democracia de faz de conta que é do povo para o povo VOCÊ TEM LIBERDADE DE ESCOLHA.
Vou mandar você pro tronco moleque! O senhor sabe com quem está falando? Negrinho atrevido! Prendo e arrebento! Pode ir lembrando e enchendo a coleção de frases da "antologia" político escravagista...

Milenarmente, de Cabral em Cabral, esse é o velho discurso elitista dos porta vozes da casa grande em quem você (iludido) vota midiotizado para escolher entre o pior e o menos pior na manutenção do arame farpado fratricida que nos divide e escraviza.

A elite odeia e despreza o índio, o pobre e o negro. Por isso se chama "tropa de elite"; caveirões, capitães do mato, capatazes e feitores. São cães de guarda prontos para uso desses tais de "eleitos representantes do povo". Repetem o discurso do fala mansa e um grande porrete. Casa grande, chicote  e sal grosso no lombo, com a mesma desfaçatez dos velhos donos das eternas senzalas. "_ Vai estudar!"

Vai estudar o que? Vai estudar os programas e doutrinações da casa grande? Vai estudar para aprender que o seu lugar é  na senzala negrinho atrevido. Vai "estudar" que o seu lugar é calado de cabeça baixa ou doando sua vida de força de trabalho no nada para você e o tudo para eles?

A mudança tem que começar na nossa maneira de ver esse mundo irreal formatado pela casa grande desde muito antes de Cabral ou passaremos o resto de nossas existências repetindo como uns dementes os discursos e as orações da COVARDE IRRESPONSABILIDADE 100% de tudo o que nos acontece. 



Há um outro mundo possível, divinal, pacífico, amoroso e, de plena e eterna abundância sempre esperando por nossa mudança interior. 
Não podemos resolver um problema criado pela casa grande com os mesmos métodos e maneira de pensar criados, doutrinados e midiocratizados até à alma por esta corja escravagista. Lembre-se que para eles o melhor escravo é aquele que se julga liberto...
 

Limpe em si este lixo da casa grande que nos mantém prisioneiros a pão e água, quando dão, no nada da perene exploração de nossa força de trabalho. Não vote em caveirões alimentados por "traficantes" colhidos no manancial de miséria alimentada e explorada milenarmente pela casa grande da (velhíssima) nova ordem mundial  escravagista e seus intocáveis fiéis banqueiros administrando a escassez de tudo para a manutenção do nada.  
Só assim teremos então os dias em que todos os dias serão o dia da humanidade livre e feliz?
sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

4 comentários:

Diogo disse...

Pura e simplesmente que não se vote. Que uma abstenção seja um voto. Que se valorize a abstenção.

Aldo Luiz disse...

Por aqui o voto é obrigatório e o pessoas tem medo das sanções. Não sabe que não precisamos deles; ainda... Em Portugal também é obrigatório? Eu não voto mais desde a "morte" do Leonel Brizola, o último brasileiro do século XXI.

Duobla disse...

Adorei o texto. Parabéns.

Aldo Luiz disse...

Aloha! Grato Duobla, paz e bem para você e todos nós. Parabéns para você também, dias melhores hão de vir...

Related Posts with Thumbnails