O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Jane é um exemplo de coragem



Jane Bürgermeister, ex-repórter para várias revistas importantes como Nature, Jornal de Medicina Britânico, entre outras, e autora da acusação em abril de 2009 contra a Baxter e OMS por manipularem a pandemia de gripe suína, corre o risco de ter seus direitos civis removidos ou até mesmo ser presa pela polícia Austríaca amanhã, dia 12 de agosto.


Jane é um exemplo de coragem, colocando sua reputação em perigo ao ir contra os grandes poderosos da nova ordem mundial: a ONU, OMS, governo americano e a indústria farmacêutica. Devemos a ela grande parte das informações que tivemos acesso sobre a farsa da pandemia. Jane também foi uma das primeiras pessoas a investigar a morte e possível assassinato do Presidente da Polônia, que também reportamos aqui a alguns meses atrás.


O governo austríaco forjou denúncias criminais contra Jane, que deverá se apresentar a corte autríaca para ser ouvida em relação sobre ser posta em tutela judicial.


Enquanto isso, Jane tem tido graves atritos com o mantenedor de seu antigo site, o www.theflucase.com, onde Johan Niklasson postou uma matéria intitulada "A lista dos 10.000", incitando violência e o assassinato das 10.000 pessoas no topo da pirâmide iluminatti.  Jane acredita que este post, o qual ela repudiou expressamente, tem como objetivo associá-la ao terrorismo.



Fontes:
Atual blog de Jane Bürgermeister

Jane explica sua situação. Jane alega que está sendo perseguida pois os governos pretendem criar mais falsas pandemias e vacinações. Também informa que mais vacinações estão por vir, com novas tecnologias que afetam o sistema neurológico de forma a incapacitar os seres humanos de sentirem emoções como medo e raiva.

Fonte desta notícia

 VEJA TAMBÉM

Bactéria resistente a antibiótico está se deslocando do Sul da Ásia para os EUA

sinto muito me perdoe te amo sou grato

12 comentários:

  1. Aldo,

    Eu tb sempre acreditei que esta tal gripe suína é armação dos govenos conluiados com os laboratórios. Um verdadeiro absurdo. Hoje quando me pergutam se tomei a tal vacina eu replico: "se vc me apontar um amigo ou conhecido que teve a gripe eu tomo!". Até hoje não apareceu um, só o famoso "ouviu falar"...

    ResponderExcluir
  2. «Johan Niklasson postou uma matéria intitulada "A lista dos 10.000", incitando violência e o assassinato das 10.000 pessoas no topo da pirâmide iluminatti»


    Algum dia teremos de partir para a violência contra estes homicidas.

    ResponderExcluir
  3. Caros Guilherme e Diogo. Há um monumento nos EUA onde está escrita a meta de 500.000.000 de senzalados. Nada além desses eugenicamente escolhidos e devidamente chipados entre os que restarem de nós. Violência é tudo o que desejam, é o seu campo de luta ideal. O desafeto fratricida é um baixíssimo campo vibracional. Já estão construídos nos EUA mais de 800 campos de concentração prontos para uso. Violência é a reação das senzalas por eles projetada e esperada.
    O FUTURO NÃO EXISTE!
    ESTAMOS CRIANDO AQUI E AGORA. ANTES DE MAIS NADA, MANTENHA-SE NO PRESENTE CRIANDO UMA PERMANENTE FREQÜÊNCIA DE ONDA AMOROSA, MUDE O SEU COMPORTAMENTO MUDANDO SEUS PENSAMENTOS, VIBRE NESSE INFINITO CAMPO QUÂNTICO O AMOR E A PAZ EMANADOS DE SEU INTERIOR E TUDO SE MODIFICA A SUA VOLTA .

    Limpe em si este FRATRICIDA lixo programático da casa grande que nos mantém prisioneiros a pão e água, quando dão, no nada da perene exploração de nossa força de trabalho.
    Não vote em caveirões nacionais ou internacionais alimentados por "traficantes" colhidos no manancial de miséria afetiva alimentada e explorada milenarmente pela (velhíssima) nova ordem mundial escravagista e seus intocáveis fiéis banqueiros administrando a escassez de tudo na religiosa manutenção do nada para nós e tudo para eles.
    Sinto muito, te amo, sou grato.

    ResponderExcluir
  4. Prezado Aldo

    boa tarde

    Agradeço sua visita e comentário lá no BONDe. É sempre uma alegria e um aprendizado poder fazer contato com o amigo.

    Pelo visto, os governos que perseguem os opositores e tentam calar a liberdade de expressão, são mais numerosos e europeus do que a grande mídia quer fazer crer.

    No que diz respeito ao seu comentário sobre o fato policial de hoje no Rio, digo o seguinte.

    A situação de miséria e fome, seja de alimento, seja de educação, atenção, cidadania e amor, ainda é uma triste realidade em nosso país (e no mundo). Por aqui, avançamos alguma coisa, e o Brasil está entre os países que mais trabalharam para erradicr a fome e diminuir a miséria. Ainda falta muito, e são poderosos os interesses e movimentos no sentido de que, a legião de excluídos não seja reduzida. Quanto mais ignorância e alienação, mais fácil de prosperar a doutrina de guerra e do poder do dinheiro.

    Quanto ao episódio de hoje, ele é mais um em nossa Cidade, onde ainda existem fortes grupos de traficantes que lutam por bons "pontos" comerciais para venda de seu produto. A favela da Rocinha e também do Vidigal, são pontos estratégicos na Cidade, ficam próximas aos bairros mais ricos, onde os consumidores de alto poder aquisitivo pagam em cash, pelas drogas que consomem em larga escala. Como se vê, não só de miséria material e intelectual o mal se nutre. Existem os miseráveis, famintos de tudo, mas com a conta bancária abarrotadas de dinheiro.

    Não há nada de armação ou mentira no episódio de hoje, e ele só ganhou maior divulgação por acontecer na Zona Sul da Cidade, área dos ricos e por um hotel ter sido invadido. Não é, nem será nunca normal, mas, infelizmente ainda é comum acontecer.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  5. Caro 007, a recíproca é verdadeira e a honra é toda minha, visitantes como você só engrandecem este nosso espaço. Já na década de 70 estava eu rodando naquele restaurante do extinto hotel Nacional e a cada volta do rotativo via-se o contraste entre o luxo da paisagem e do restaurante contra a favela subindo o morro lentamente, lá se foram 40 anos de "embromeichon" política. Enfim, estamos muito mal parados no meio desse fogo cruzado entre a corja de colarinho e gravata e o miserável banditismo dos que não tem nada para comer todos os dias... Só achei que o plano dos bandidos era "burro demais" para ser verdadeiramente um plano de bandidos tão bem armados.
    Acatarei sua explicação, vou acompanhar o desenrolar dessa "novela".
    Sinto muito, sou grato.

    ResponderExcluir
  6. Aldo,

    Segundo sei, no Brasil foram vacinadas mais de 80 milhões de pessoas e houve pouco mais de 2100 mortes devidas à gripe. Isto dá um valor muito baixo. Quantas pessoas morreram com a vacina? Independentemente da crença, de facto não há qualquer manipulação:

    1- nem o vírus foi criado em laboratório para matar toda a gente, porque o índice de mortos pela gripe foi de... CHARAM!!! 1,10526E-05! um número muito baixo.

    2- nem a vacina foi criado para matar toda a gente, porque o índice de mortos pela vacina também foi muito baixo.


    Em Portugal o índice de mortalidade do vírus foi baixa.

    ResponderExcluir
  7. Caro Dario já te disse que ninguém precisa de vacina contra gripe. No Brasil, 2 em cada 5 brasileiros não tem o que comer todos os dias. Mais de 2/3 do país não tem saneamento básico. Os milhões doados aos seus inescrupulosos patrões teriam um fim honesto e de fato útil, se não fosse esta corrupção endêmica que nos escraviza ao nada da ignorância perenemente. As pessoas precisam é estar bem alimentadas, de preferência com comidas saudáveis, não processadas criminosamente industrializadas com agrotóxicos, metais pesados como mercúrio e tantos outros cancerígenos, glutamato monossódico e outros tantos conservantes destruidores de cérebros e células.

    Basta uma simples, barata (menos de 1 dólar) e segura auto-hemoterapia para levantar o sistema imunológico do indivíduo toda semana, sempre que necessário, o resto nosso corpo sabe.

    A maldita fajuta vacina com mercúrio e outros lixos, fabricada por seus patrões nem sempre mata na hora, depende do estado físico do infeliz quando é vacinado. Eles são tão capciosos que fazem esconder o diagnóstico, (leia minhas postagens sobre a vacina genocida) nos protocolos impostos pela corrupta OMS aos ministérios de saúde, desviando os médicos e as respectivas estatísticas para diagnósticos errôneos quanto aos efeitos genocídas da vacina.

    Agora pede uma folga aos seus senhores patrões, leia as postagens que venho fazendo sobre o assunto ou convide uma linda cachopa para contigo assistir o filme MATRIX, perto de você deve haver um video clube. Aproveite sua juventude, pegue sol, alimente-se bem, namore bastante e fique em paz para fazer as reflexões necessárias par salvar sua vida das garras desses programadores da precoce morte lenta.
    Te amo, (amo te) sou grato.

    ResponderExcluir
  8. “No Brasil, 2 em cada 5 brasileiros não tem o que comer todos os dias. Mais de 2/3 do país não tem saneamento básico. “

    De facto, não digo que não seja verdade. Nesse caso há que lutar para que se melhorem as condições sociais e apareçam oportunidades de emprego.


    “As pessoas precisam é estar bem alimentadas, de preferência com comidas saudáveis”

    A comida tradicional, não baseada em produtos químicos é bonito mas não dá muita quantidade. A agricultura industrial, química dá mais quantidade ao matar as pragas. No entanto os químicos usados podem infiltrar nos alimentos. Depois há a alimentação biológica. Não usa químicos. Usamos a genética. Aliás, a tradicional usa a genética ao longo de décadas sob forma de cruzamentos. A biológica usa a mesma genética mas sem necessitar de décadas. Podemos alterar o genoma de uma planta para que as células não sejam infectadas pelo patógeno e, também, alterar o gene das hormonas de crescimento. Deixando de ser perigoso e dando muito mais alimento. Há muitos boatos falsos, informações falsas e mitos. As pessoas leigas lêem coisas falsas com um texto muito eloquente e acreditam logo.


    “A maldita fajuta vacina com mercúrio e outros lixos”

    Disto eu já expliquei. E não, não trabalho para nenhuma farmacêutica. Contudo, estou dentro da área de investigação. O que é que a vacina faz para ser genocida? Como é que o vírus morto da vacina fica activo? Como é que esse vírus entra no nosso genoma para nos matar? Para teres essa opinião é fundamental que saibas responder a estas questões. Mas como não és especialista nesta área não as vais saber rsponder.

    ResponderExcluir
  9. Cardina, ALOHA! Sem mais comentários para o seu comentário. Sou grato, te amo.

    ResponderExcluir
  10. Olá Aldo,

    De facto compreendo. Não és capaz de responder às questões mais técnicas.

    É como dizer que as pessoas que fabricam chapéus de chuva encomendaram a chuva a um super aparelho mas não sei explicar tecnicamente como funciona. Acredito e pronto. Acredito porque até quero acreditar e porque tenho inveja dos milhões que esses malandros ganham à custa das pessoas que se molham.

    Até posso inventar que esses malévolos senhores do mal colocam químicos nas águas para que penetre no nosso DNA e nos obrigue a não gostar de estar molhados e a comprar mais chapéus de chuva. Contudo não sei explicar (porque é mentira)como isso acontece. Também não me interessam os comentário que perguntam "então mas esses senhores malévolos e as suas famílias não ficam doentes quando apanham chuva? É um risco para eles também". Claro que isto não interessa. E qual é a melhor resposta? É esta: "eles têm uma protecção especial baseada nos raios UV-A e UV-B que transformam os químicos maus em químicos bons.

    Estes argumentos são tão maus... é como alguém dizer que o pão com manteiga faz mal porque o 9 é azul quando o leite se bebe com verde e porque o queijo é feliz. Não se percebeu nada. A mesma coisa acontece em ciência. Quem percebe repara que o texto tem palavras bonitas e caras mas não tem essência. Quem não percebe de ciência vê palavras bonitas e frases difíceis e logo acredita sem ter espírito crítico.

    O espírito crítico é crucial para uma hipótese ser válida e deve ser seguido em tudo!

    Se, ao questionarmos a hipótese e esta não souber responder deve ser deixada de lado e seguir a hipótese que responde melhor à pergunta. O teu comentário foi do género: "não percebo, não sei responder mas mesmo assim quero acreditar no pão com manteiga com queijo feliz e 9 azul".

    Recentemente tive um desgosto ao ver uma suposta cientista (acabada de formar) a dizer que não acreditava numa teoria só porque o namorado não acreditava. Ela não tinha argumentos para refutar, apenas dizia que não acreditava porque o namorado não acreditava. E quem era ele? Cientista? Não!

    Pensa nisto,

    Lê artigos pró e artigos contra, vê quem explica com mais detalhe e quem tem mais discernimento da realidade. Lê, afasta-te e pensa. Sê crítico, não acredites só porque dá jeito.

    um abraço

    ResponderExcluir
  11. Cardina, estás já sob os efeitos dessa maldita vacina; (eu te avisei e não destes ouvido).
    Já não te apercebes do que lês nem do que ouves. Rodas obcecado como o cão atrás do próprio rabo. E em ti permanece um encruado "auto run" de um programa/calhamaço de ancestrais memórias doutrinadas e embutidas pelos "desgovernantes" genocidas destruidores de cérebros e de células.
    São a esses, os tais a quem tu serves ingenuamente e os defendes sem perceberes os venenos como o mercúrio e outros lixos nas comidas, bebidas, remédios e nas vacinas genocidas. Fabricam e VENDEM a nossa morte lenta e acobertada. Catabolismo e demência precoce intencionalmente sem diagnóstico pela medicina oficial da dolosa OMS escravocrata. Truísmo é isto. O cara vai demenciando, perdendo o contato com a realidade aqui, ali e agora, e ninguém, muito menos o próprio se apercebe da tragédia em curso acelerado que o arrasta para um triste doloroso fim precoce. Eles não ligam para ninguém. Lembra te que cá no Brasil em 2010 e 2 entre cada 5 brasileiros não tem o que comer todos os dia. E lá já se vão 500 anos... Tens aí os números europeus para nos oferecer?

    Leia os posts enquanto há tempo, estes danos cerebrais são irreversíveis. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato!
    Volte sempre, gosto de ti; já és um pouco como um filho.
    Sou grato!

    ResponderExcluir
  12. Aldo,

    Como posso estar sob o efeito de uma coisa que não tomei? Isso é parvoíce. Esses argumentos são de criancice. Vamos ser adultinhos e argumentar? Não vi qualquer argumento válido ainda.

    Então a comida tem lixo (?), mas também a comes. A Google é malévola mas usas o Blogger. A tecnologia quer-nos alienar mas tu usas computador, torradeira, etc.

    Agora podes ser bonzinho e dar o exemplo. Vende tudo o que tens, vai plantar umas batatinhas e vai distribuir pelos pobres. Cai na realidade. Primeiro faz e só depois podes divagar.

    Já agora, o que tem os 500 anos a ver com os 2/5 (?) de brasileiros (76 milhões) não terem o que comer?

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails