O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 17 de abril de 2010

O HIEROFANTE E O HO'OPONOPONO



O valor do Ho'hoponopono transcende nossa pseudo e vã sabedoria em doutrinações milenares a serviço da perene escravização. É o grande primeiro passo para o resgate definitivo da verdadeira liberdade.

 

O Hierofante

sábado, 17 de abril de 2010

Este é o protetor oficial do tarot! Costumo dizer, em termos bem práticos de jogo, que onde está o Hierofante é onde repousa a proteção divina.

Pois bem, somente isso já seria bastante animador para o nosso sábado! Mas tem mais...

Podemos analisar o Hierofante sob o aspecto de portal, aquele ponto divisor entre o visível e o invisível, a conexão da matéria com o espírito (apesar de, no final das contas, não haver esta fragmentação). E aí veremos o dia de hoje como um momento em que a vida nos oferece a oportunidade de fazer conexões, alinhamentos, contatos com partes (lugares, pessoas, memórias) distantes e aparentemente desconectadas com tudo que somos, pensamos, sentimos ou vivemos.

Creio que isso seja bem o reflexo de algo que li ontem, quando me aprofundava no conhecimento do Ho'ponopono, sobre o qual falamos tanto aqui. Não sei se para vocês será tão grandiosa a informação quanto foi para mim, mas creio que isso se deu pelo fato de eu compreender amplamente e de forma não-racionalizada o seu significado.

Resumidamente, a explicação, com o meu toque pessoal (rs), é a seguinte: nossas vidas são somente a repetição de memórias anexadas ao nosso campo de energia (no xamanismo, costumamos falar que reagimos e não agimos... ou ainda que a mente do predador nos condiciona a repetir atitudes e por isso não conseguimos "pensar fora da matrix"). Quando vivenciamos uma experiência sofrida, estamos somente endossando o que já existe de negativo em nossas memórias. Isso que dizer que não temos escolha, não temos consciência, estamos como robôs repetindo memórias, coisas que "não nos pertencem mais" ou ainda nunca nos pertenceram.

Quando vivenciamos algo sofrido, nossa tendência é de rejeitar o "pacote", é de dizer "pelo amor de Deus, tira isso da minha vida!" Mas dentro do Ho'oponopono a grande dica é a seguinte: compreenda que tudo isso é somente uma memória negativa vindo à tona e isso nos dá a oportunidade de trabalhá-la e libertá-la e, também, nos libertarmos dela. Assim, diante de experiência negativas, o mantra que deve ser vibrado é o seguinte: "amo vocês, minhas memórias, e sou grata pela oportunidade que tenho aqui e agora de libertá-las e a mim também" :-)

Outra sincronicidade foi ter lido o seguinte: "problemas podem ser resolvidos sem a necessidade de se saber o porquê deles". Pois eu passei a última semana pensando algo muito parecido! Eu que desde pequena sempre quis saber os porquês de tudo, sempre fui muito questionadora e "cabeçuda" (termo que o sócio usa para nós, criaturas que pensam compulsivamente, se achando grandes coisas...rs), concluí que não quero saber tudo! Não preciso saber porque sinto tal mal estar ou porque tenho determinadas reações ou medos, inseguranças. Fiz terapia e isso foi muito legal para fazer mil conexões, mas não quero ficar esmiuçando tudo o tempo todo não... Eu quero é resolver a situação! Quero prática, não quero teoria! (grande evolução, gafanhota...rs)

Então, temos aqui, no dia de hoje, um portal que liga o mundo desconhecido e o mundo conhecido e a oportunidade de harmonizar um lado e outro, integrar um lado e outro. Podemos focar no tema principal do dia - projetos e vida profissional - e buscar aí grandes inspirações do "lado de lá" para colocá-las em prática "do lado de cá".

Creio que será uma viagem interessante...;-)

A imagem veio daqui

2 comentários:

  1. Aloha! :-)

    Como vc vê, resolvi ler mais e aprofundar meus conhecimentos de Ho'oponopono e os resultados estão sendo muito bons, Aldo!

    Então, resolvi fazer esta postagem no Via Tarot ressaltando o aspecto proteção/conexão do Hierofante. E sou muito grata por ter conseguido perceber e sentir tudo isso.

    Eu te amo, sinto muito, me perdoa, sou grata! :-))))

    ResponderExcluir
  2. A Paz do “Eu”
    A Paz esteja convosco, Toda Minha Paz,
    A Paz que é “Eu”, a Paz que é “Eu Sou”.
    A Paz para todo tempo, agora e para sempre e eternamente.
    Minha Paz “Eu” lhe dou, Minha Paz “Eu” deixo contigo,
    Não a Paz do mundo, mas, somente Minha Paz,
    A Paz do “Eu”

    ResponderExcluir

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails