O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

NÃO É O MESMO, MAS É IGUAL

Eu digo que não há "teoria" da conspiração pela Nova ordem Mundial Escravagista nem mera coincidência dessas políticas de lento e velado genocídio em curso, encoberto pela midiotização sistemática de seus asseclas.  
BBBs e caranvais, olimpíadas e copas do mundo são sempre bem-vindos; são como luvas nas mãos sangrentas da NOVA ORDEM MUNDIAL ESCRAVAGISTA que manipulam os cordéis, quase invisíveis e impunes, dos impostores governantes impostos e ou consentidos por ela.



"Acabei não podendo viajar, por conta de uns imprevistos. E tive tempo de passar melhor os olhos nos jornais, para dar de cara com a estarrecedora informação de que o valor atrbuído pelo Governo do Estado à merenda escolar está sem reajuste há dez anos, isto é, desde 2000! E em 10 centavos por criança/refeição! Só está sendo possível dar merenda para as crianças por conta dos repasses federais, que subiram para R$ 0,32 , porque com os dez centavos do Estado não dá para dar nem pão seco! ( ler mais em Tijolaço)





Yolen Jeunky, 45, collects dried "mud cookies" to sell in the shantytown of Cité Soleil in Port-au-Prince, Haiti, on November 29, 2007. Rising food prices have forced poor Haitians to depend on the cookies—a mixture of salt, vegetable shortening, and mud—for sustenance. Photograph by Ariana Cubillos/AP

Como o relatório do National Geographic confirmou, "Com os preços dos alimentos, os mais pobres do Haiti não podem pagar um prato diário de arroz, e alguns devem tomar medidas desesperadas para encherem a barriga, como "comer barro", em parte como conseqüência da "crescente demanda mundial por biocombustíveis".

Em abril de 2008, o presidente do Banco Mundial Robert Zoellick reconheceu que os biocombustíveis são um "contribuinte significativo" para os preços dos produtos alimentares, o que levou a protestos em países como Haiti, Egito, Filipinas, e até Itália.
 
"Nós estimamos que uma duplicação dos preços dos alimentos nos últimos três anos poderia empurrar 100 milhões de pessoas em países de baixa renda ainda mais na pobreza", afirmou.
Leia mais aqui

ENQUANTO ISSO MIDIOTAS ... VEJAM O QUE FAZEM 
OS ILUSTRES SENHORES DO MUNDO




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails