O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Para Cristina, jornalistas são 'aprendizes de bruxos'


Muito pior do que isso Dona Cristina.

Presidentes progressistas, seus povos e seus colaboradores estão estão sob intenso feroz demolidor fogo midiático diuturnamente. Com raríssimas exceções de meia dúzia de valorosos resistentes, a totalidade de "jornalistas" e "(de)formadores de opinião" está a serviço, dolosa ou culposamente, dos "sistemas de informação e desinformação" montados e orientados pelos departamentos de inteligência dos governos que compõem a famigerada NOVA ORDEM MUNDIAL ESCRAVAGISTA.
São os sapadores preparando o terreno para o GOLPE DE ESTADO DEFINITIVO.

São o "oligopólio jornalístico" do eufemistico capitalismo em sua renovada ideologia nazifascita para instauração do 4º Reich; já em curso acelerado, e em todas as partes do mundo.

Aqui na América Latina especialmente, é claro o interesse é demolir e exterminar as verdadeiras democracias.
Aquelas democracias que de fato são feitas pelos povos que querem se libertar dessa prisão construída, imposta e vigiada pelo cume da pirâmide. Onde os que estão na base desconhecem o cume da pirâmide imperialista capitaneada pela conspiradora euroangloamericana nazisionista NOVA ORDEM MUNDIAL trazendo Obama no alto brandindo a espada venenosa empunhada por Hillary.

Constroem 7 bases militares anexando a Colômbia, reativam a 4ª Frota, restaurame armam as Malvinas. A América do Sul está cercada e pronta para o abate...
Cooptam o Peru de Alan Garcia e outros semelhantes vende pátria. Criam toda sorte de belicosos desentendimento fratricida entre nações irmãs.

Querem a sangueira para o "sacrifício"!
É assim que sacrificam humanos em louvor ao demônio que adoram, o famoso 11 de setembro foi o primeiro grande do século XXI.

"Plantam" na mídia que penetra todos os lares as sementes da discórdia e destruição dos valores humanistas banalizando a morte e denegrindo religiosamente a vida. Querem reduzir a humanidade a um número restrito de escravos chipados e controlados por máquinas para servi-los perenemente.

Entulhados de lixo até a alma em ilusões midiáticas, midiotizados ignorantes e intelectuais de egóico eruditismo, muitos auto intitulados "revolucionários", fazem frente aos  poucos que conseguem visualizar o estado prisional imposto a todos e dar o alarme do "Armagedon" que se aproxima velozmente controlado por seus sempre atualizadíssimos programas de computadores guiados por satélites, "ingênuas" torres de elf, "inócuos" celulares e infindáveis outras singelas máquinas de torturar e matar.

 Sinto muito, sou grato. Chegou 2010, será um ano terrivelmente inesquecível...
Ter, 29 Dez, 06h02
"Divulgadores de cataclismos" e "aprendizes de bruxos" foram as definições disparadas hoje pela presidente Cristina Kirchner sobre os profissionais da área jornalística. Segundo a presidente argentina, que costumeiramente afirma ser "vítima de fuzilamentos midiáticos", os jornalistas argentinos tiveram uma atitude "alarmista" para "aterrorizar" a população sobre o contágio do vírus da gripe suína em meados deste ano.


A presidente afirmou que os jornalistas deveriam "abandonar a esquizofrenia como política de comunicação".
Durante a epidemia de gripe suína, cujo pico ocorreu entre maio e agosto na Argentina, o governo federal manteve silêncio durante semanas sobre o número real de pessoas contagiadas e o total de mortos. Na ocasião, os especialistas da área médica criticaram intensamente o governo Kirchner de "descaso" com a expansão da doença e de "ocultar" informações.
As únicas fontes de informação confiáveis eram os governos provinciais, que diariamente informavam sobre o total de pessoas afetadas pela doença.
Cristina Kirchner sustentou nesta terça-feira que a imprensa está realizando uma "campanha para instalar o desânimo" entre os argentinos. Além disso, prometeu que em 2010 ocorrerão "menos mortes" por causa do vírus da gripe suína.
Até o dia 18 de dezembro, segundo o Ministério da Saúde, 617 pessoas que contraíram o vírus haviam morrido em toda a Argentina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails