O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

SUPER REESTREIA EM BREVE NA PRÓXIMA ESQUINA


Acreditam os crédulos distraídos e os sonambúlicos de boa fé, que Obama, o LIER está sob ataque da direita. E há os que acreditam sejam ataques dos da esquerda... Mas, ele é adepto e foi contratado PELO 4º REICH* para o papel CATALISADOR de "super star aspone gerente" da agora eufemística New World Order ESCRAVAGISTA ANGLOAMERICANA NAZI-SIONISTA*, sempre nos acomodando aos “novos tempos” com idéias “revolucionárias de yes we can aliança para o progresso”, “new mundo novo” (na verdade o mundo velho, OLD NAZI-SIONISTA* e reacionário sempre em nova embalagem, NO MOMENTO O MUNDO ESTÁ CONSUMINDO O SABOR OBAMA).

Neo isso e neo aquilo que eles nos impõem a troco de subserviência compulsória aos seus ditames de escassez controlada de tudo por interesses inconfessos de seus banqueiros no cume da pirâmide, sempre para seu próprio benefício (A ELITE GOVERNANTE*) e nunca para o bem da humanidade.

A humanidade está numa prisão midiática e para ELES*, nós que os sustentamos no cume da pirâmide que nos oprime, não passamos de reles força de trabalho escrava e sempre descartável.

Sinto muito, sou grato.

DUAS RAZÕES GENOCIDAS




..."Duas razões levaram os EUA a ocuparem o Iraque, uma delas é para que Israel possa controlar o petróleo do qual o Iraque tem reservas volumosas, a outra, é fazer do território iraquiano, base das tropas americanas para o futuro ataque ao Irã. Após a queda do regime no Irã, virá o objetivo final, que é a desestabilização do Presidente Hugo Chávez da Venezuela, fazendo com que seja deposto, assumindo um governo marionete em seu lugar, expondo as volumosas reservas venezuelanas de petróleo ao alcance dos Israelitas/Sionistas.

..."Os Sionistas que não representam todos os judeus, mas infelizmente são a fração com maior poder entre eles, acreditam que Deus os escolheram para comandar o mundo. Acreditam serem os escolhidos, então somente eles sabem o que é melhor para o mundo. Eles começaram quase todas as grandes guerras e revoluções dos últimos séculos, mas evitaram de todas as formas que Judeus morressem nelas. Uma aparente e tola invenção, a Internet, acabou se tornando o maior problema dos Sionistas, por não poderem controlar e manipular as pessoas diretamente, sendo um instrumento independente de comunicação, onde suas sujeiras, fraudes e atos terroristas covardes estão sendo desmascarados por milhões de pessoas mundo afora que tentam descobrir a verdade por si só.


Os Sionistas conseguiram executar o 11 de setembro sem muitas repercussões acerca do envolvimento do Mossad no ataque. Agora arrastam os EUA e o mundo para uma guerra desastrosa em que ninguém sabe o que poderá acontecer, onde talvez, não haja vencedores...
Estes textos são dois parágrafos que retirei de uma postagem de 2007 do importantíssimo blogue http://verdade1945.blogspot.com/

Enquanto isso a Nova Ordem Mundial escravagista nazi-sionista avança em todas as frentes sua agenda de perene ocupação e exploração da humanidade...


Sinto muito, sou grato.
RELIGUE-SE JÁ! SEJA BEM-VINDO!

domingo, 29 de novembro de 2009

A NOVA ORDEM MUNDIAL ESCRAVAGISTA CONTROLANDO A HUMANIDADE


Zelaya: 'os EUA desarrumaram nossa casa para arrumar a deles'
Sáb, 28 Nov, 04h47

SAN JOSE, Costa Rica (AFP) - O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, afirmou que o governo dos Estados Unidos priorizou os interesses de sua política interna em detrimento da luta pela restauração da democracia hondurenha, em uma entrevista publicada neste sábado em um jornal da Costa Rica.

"Houve negociações às nossas costas dos dois partidos dos Estados Unidos e eles deixaram nossa casa desarrumada para arrumar a casa deles ", afirmou Zelaya ao jornal La Nación.

Zelaya afirmou ainda que o acordo assinado em 29 de outubro passado - com patrocínio dos Estados Unidos - não foi cumprido porque não lhe restituíram a presidência antes das eleições deste domingo.

Ele defendeu ainda sua atuação como presidente de Honduras e insistiu que o golpe de Estado que o tirou do poder em 28 de junho foi obra de grupos economicamente poderosos que tinham medo de consultar o povo.

"Eles vivem dos monopólios e controlam a economia para seu próprio benefício e, quando pressentem que vem uma mudança, ficam com medo e isso produz esses golpes", concluiu.

A agora eufemística New World Order escravagista, sempre nos acomodando aos “novos tempos” com idéias “revolucionárias de progresso”, “mundo novo” (na verdade o mundo velho e reacionário sempre em nova embalagem), neo isso e neo aquilo que eles mesmos nos impõem a troco de subserviência compulsória aos seus ditames de escassez controlada de tudo por interesses inconfessos de seus banqueiros no cume da pirâmide, sempre para seu próprio benefício e nunca para o bem da humanidade. A humanidade para eles não passa de força de trabalho escrava e sempre descartável. 

Lamentavelmente tenho que insistir em minha visão compartilhada com muitos do “nosso” mundo através da compreensão e certeza da conspiração vigente e “invisível” aos crédulos da lisura e honestidade dos poderosos sistemas autoritários que nos governam e exploram permanentemente dizendo sempre que é para o bem de todos.

Mas, o TODOS deles que não exclui o Brasil é claro, e, como jamais até aqui. É a manutenção milenar da exploração dos do cume da pirâmide sobre os debaixo, a medida que nos afastamos do cume, é composta de uma MASSA ignorante do verdadeiro processo de dominação e que precisa ser em todos os níveis controlados a qualquer custo; começando pela total ignorância de si e do que de fato acontece com ela.  Aprisionados em sua tão eficiente mídia terrorista sempre propalando aos sete ventos as “vantagens” dessa (desumana) liberdade.

A grande dominação começa e termina pelo controle absoluto de nossas mentes crédulas com inimaginável perversa tecnologia, em todas as áreas...

Quando não conseguem isso pelo açúcar sem afeto, vão pela pancadaria e sangueira mesmo.

A “projetada” insurgência dos oprimidos, porque “eles” contam com isso e é sempre bem administrada “intra muros” pelos seus profissionais da sedição, encurta-lhes na maior parte dos casos o caminho para a dissuasão pelo terror e o extermínio sumário aos que tentam levantar a cabeça.

Sinto muito, sou grato.

sábado, 28 de novembro de 2009

OBAMA, MICHAELE E TAREQ


Nada é por acaso, sei que você sabe, mas não posso deixar de comentar mais esta jogada espetacular com aparência ridícula da propaganda da diabólica N. W. O. escravagista que avança sua conspiração para dominação definitiva do planeta. Publicam já por exemplo, “verdades” como a que a Amazônia é de todos (deles) para “uma nova ordem mundial”.
Plantam esses "dados" desviantes, como se fosse possível alguém (estamos todos chipados) entrar, sair ou se aproximar do “presidente” sem ser identificado pelos órgãos de segurança. Que piada!

E enquanto isso profissionais da sedição em “todos os postos” avançam a agenda conspiratória da Nova Ordem Mundial (N.W.O.) escravagista angloamericana nazi-sionista proprietária da maior tecnologia bélica do planeta, aqui no Brasil, na Bolívia, Paraguai, Honduras, Venezuela e outros pontos da América Latina a N.W.O. e mundo a fora avança sorrateiramente seus tentáculos armados fechando o cerco definitivo.

OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA DO NORTE NO CORAÇÃO DA AMÉRICA DO SUL CONSTRÓI 7 BASES MILITARES NA COLÔMBIA ANEXADA, A INGLATERRA REEQUIPA SUA BASE MILITAR FALKLANDS, OU SEJA; AS ILHAS MALVINAS (RE)TOMADAS DO POVO ARGENTINO & A 4ª FROTA PATRULHA O ATLÂNTICO SUL. “DRONES” NA FRONTEIRA NORTE DO BRASIL,  H.A.A.R.P. A MAIS SOFISTICADA ARMA DE GUERRA PARA MODIFICAÇÃO DO CLIMA; a lista é grande...

Denunciar a N.W.O escravagista é uma tarefa difícil, mas não impossível!
Sinto muito, sou grato.

O CERCO VAI FECHANDO / MUITA ATENÇÃO AO CRIMINOSO AVANÇO ACELERADO DA ESCRAVAGISTA NEW WORLD ORDER / NÃO DEIXE DE VER O VÍDEO E FIQUE ATENTO / COMENTE COM SEUS AMIGOS




MUITA ATENÇÃO PARA OS DETALHES: ENQUANTO A NOVA ORDEM MUNDIAL ESVRAVAGISTA ANGLOAMERICANA NAZISIONISTA, ATRAVÉS DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA DO NORTE CONSTRÓI AS 7 BASES MILITARES NA COLÔMBIA ANEXADA, A INGLATERRA ESTÁ REEQUIPANDO A SUA BASE MILITAR FALKLANDS, OU SEJA; AS ILHAS MALVINAS (RE)TOMADAS DO POVO ARGENTINO .

Fonte: Verdade Oculta/Livre Pensador
SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

DESAFIANDO Bush-Bama NO FALSO "ATENTADO" 9/11


VENDO ESTE FILME, MESMO NÃO LEGENDADO, NÃO É DIFÍCIL COMPREENDERMOS O QUANTO É NECESSÁRIO E URGENTE DENUNCIARMOS ,TODOS, A CONSPIRADORA  NOVA ORDEM MUNDIAL ESCRAVAGISTA.
UMA TAREFA DIFÍCIL, MAS NÃO IMPOSSÍVEL.




SINTO MUITO ME PERDOE TEAMO SOU GRATO

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Brasil pode perder até R$ 3,6 tri por mudanças climáticas

O H.A.A.R.P. é uma arma de guerra para modificação do clima.


A NOVA (NOVA?) ORDEM MUNDIAL escravagista e conspiradora por definição de princípios, pois é seu modo de vida enquanto espalha a morte ganhando fortunas inimagináveis fazendo guerras, seu melhor e maior negócio; criou mais esta espetacular ARMA DE EXTERMÍNIO EM MASSA, invisíveis aos olhos cegados pela mídia mundial de todos os calibres.


Economicamente pode demolir em segundos ou em anos, como lhes for mais conveniente,um país enorme como o Brasil ou um continente como a América do Sul e ninguém vai perceber, pois a falácia do "AQUECIMENTO GLOBAL", através da mídia terrorista diuturnamente, segue aterrorizando os humanos crédulos do castigo divino pelo pecado mortal compartilhado que lhes imputam.




A Nova Ordem Mundial escravagista angloamericana nazisionista conspira como respira, e, tem na CIA e TODOS OS OUTROS departamentos seus espalhados como tentáculos virtuais e não virtuais pelo mundo afora, a grande e principal tarefa de  CRIAR E OCUPAR TODOS OS ESPAÇOS (postos de combate) disponíveis para implementar sua agenda conspiratória terrorista de subversão para dominação, ocupação e escravização definitiva da humanidade. A qual quer reduzir pela fome (o uso do H.A.A.R.P, arma de guerra para modificação do clima), pestes (pandemias, chemtrails, e vacinações, OMS e ONU lhes pertencem) e, a guerra, seu mais lucrativo meio de vida (sete bases na Colômbia, Guantanamo e mais de vinte na América Latina, 4º Frota em frente ao sudeste brasileiro, drones,  Iraque, Afeganistão, etc, etc, golpes e atentados como Honduras),  e, como não poderia ser diferente; a faca de dois gumes a bendita Internet. 

O mais são contos de fadas enquanto seu lobo não vem...  

Sinto muito, sou grato.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Estudantes inventam óculos que funciona como mouse


oculos_alunos
“É só colocar os óculos, se você piscar os olhos, isso significa um clique no mouse, se mexer a cabeça, pode passear pela tela do computador como se estivesse manejando o mouse”. Assim funciona a nova invenção dos estudantes do Ensino Médio técnico em mecatrônica do Instituto Federal Sul Riograndense, em Charqueadas, região metropolitana de Porto Alegre.
Cleber Quadros, Alexandre Oliveira e Filipe Carvalho apresentaram a novidade no Forum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, que está sendo realizado em Brasília. Os estudantes já tinham criado antes outro experimento também com o objetivo de facilitar a vida de portadores de necessidades especiais – um forno com controle à distância para cegos. “É para que eles não tenham que chegar perto do forno e se queimar”, explica Cleber, um dos jovens inventores.
O novo projeto do “óculos-mouse” foi orientado pelos professores Márcio Bender e Andreia Cabral. Cleber, Alexandre e Filipe, engravatados, mas descontraídos, mostravam orgulhosos as invenções e contaram que já planejam um novo equipamento, também na linha da acessibilidade.
“Queremos fazer um óculos que controle também os movimentos de uma cadeira de rodas. Aí é só a pessoa balançar a cabeça que a cadeira moverá na direção em que a pessoa se inclinar”, explicam.
Como os estudantes estão no terceiro ano e o curso de mecatrônica tem duração de quatro anos, eles ainda terão tempo para novas invenções durante o Ensino Médio.
“Vamos tentar um patrocínio para o óculos e se a gente conseguir, doamos para instituições que cuidam de pessoas com necessidades especiais”.

SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

terça-feira, 24 de novembro de 2009

10 meses de governo Obama, o mentiroso ganhador do "Nobel da Paz"




“Após cerca de 10 meses de governo Obama, o ganhador do “conchavado” Nobel da paz...
Ou eu, Aldo Luiz, aos 62 anos de idade sou um idiota total ou esses senhores são de uma hipocrisia além de qualquer possibilidade imaginável de crédito como seres humanos governantes de povos e nações.
E as massas exploradas e enganadas pelas mídias que lhes prestam este desserviço se matam fratricidas para defendê-los e aos seus nefastos propósitos guerreadores com o escabroso título de NOVA ORDEM MUNDIAL.
A Nova Ordem Mundial escravagista só não é uma conspiração absolutamente escancarada e visível para a desfaçatez de cúmplices e asseclas, empregados e voluntários profissionais mais conhecidos por mercenários que negarão seus crimes e serão, impunemente, sempre aplaudidos por psicopatas dos mesmos e maiores calibres.
Aos ingênuos que ainda acreditam na falácia da lisura de caráter dos imperialistas, e em democracia burguesa, ou em dualidades tipo democráticos versus republicanos, ou Deus está nos castigando restar-lhes-á a vergonha da ingenuidade ou o abrigo à sombra "confortável” da ignorância contumaz.
Continuarão assistindo às suas enormes novíssimas HDTVs, sempre circunspetos e devidamente programados, preenchendo o "ibope" da mídia golpista com seus desinformantes "jornais" nacionais das dez famílias de globais, recordistas, santos e bandeirantes sempre engravatados de vermelho e azul. O resto igual, é desnecessário listar.
A psicopata NOVA ORDEM MUNDIAL escravagista nazi-fascista angloamericana, cujo modo de viver é a conspiração, e o modo de ser é a guerra, segue sua agenda de cerco e extermínio aos heróicos bolivarianos, tendo o Brasil como a cereja desse bolo venenoso confeitado de escravidão e escárnio. Preparam alegremente a mórbida festa ritual de sangueira.
Sinto muito, mas a Nova Ordem Mundial escravagista vai sacrificar serra no altar de fhc para unção e benção de aécio neves. Cuida-se Dilma. Lula, vai continuar em cima do muro até quando eles te acharem útil e te deixarem? Qual é a sua?
Sinto muito, sou grato.

Segue abaixo o patético texto noticioso.

Postura dos EUA na A. Latina frustra Brasil, diz Garcia

1 hora, 28 minutos atrás
Por Natuza Nery

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil está frustrado com o governo dos Estados Unidos por sua atuação na América Latina, em especial na crise em Honduras, e em relação às indefinições na Rodada de Doha e ao impasse nas negociações sobre mudanças climáticas.
O que o assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, aponta como certa dose de decepção já vem sendo tema de conversas nos setores diplomáticos da administração Luiz Inácio Lula da Silva.
Incomodou, sobretudo, a decisão do governo do presidente Barack Obama de considerar legítima a eleição presidencial em Honduras, que ocorre no próximo domingo, mesmo sem a restituição ao poder do presidente deposto, Manuel Zelaya, defendida por líderes latino-americanos e, no início da crise, pelo próprio governo norte-americano.
"Até agora há um certo sabor de decepção que nós esperamos que seja revertido", disse Garcia a jornalistas no Palácio do Itamaraty. "Isso está provocando uma certa frustração", acrescentou.
Ao comentar a crise em Honduras, deflagrada em 28 de junho, Garcia considerou "lamentável que se queira limpar um golpe de Estado com um processo eleitoral". Zelaya está abrigado na embaixada brasileira em Tegucigalpa desde sua volta ao país em setembro.
O assessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva lembrou "o clima favorável que se criou com a eleição do presidente Obama e na reunião de Trinidad e Tobago", na qual o presidente norte-americano se apresentou aos países latino-americanos em ambiente de bastante cordialidade e repleto de simbolismos.
Após cerca de 10 meses de governo Obama, no entanto, Garcia avalia que a administração Obama pouco trabalhou sua relação com a região. Para ele, o fato de a América Latina ser uma região pacífica, sem "explosões de bombas e atentados", não deve ditar uma postura "ausente" dos EUA.
Para Garcia, Honduras corre o risco de "viver um período de alta instabilidade", pois uma parte da população não vai reconhecer a eleição presidencial. Ele avalia como "equivocada" a postura dos EUA e afirmou que a Casa Branca tinha condições de pressionar o governo de facto de Honduras.
Em relação à Rodada de Doha, o principal auxilar de Lula para assuntos internacionais citou uma carta de Obama enviada ao colega brasileiro no fim de semana, com perspectivas pouco otimistas em relação às negociações, iniciadas em 2001 com o objetivo de se chegar a um acordo multilateral que reduza tarifas comerciais e os subsídios dados por países ricos a seus produtores.
Ao falar sobre a cúpula sobre mudanças do clima, marcada para o mês que vem em Copenhague, Garcia disse que "os Estados Unidos não estão entregando praticamente nada". Países em desenvolvimento pressionam as nações ricas a adotarem metas ambiciosas para a redução das emissões de gases causadores do efeito estufa.
Apesar das frustrações, no entanto, Marco Aurélio Garcia disse não haver nenhuma inflexão nas relações bilaterais e espera uma reversão de comportamento, acrescentando, no entanto, que essa desejada mudança de atitude não chegue à região "tarde demais".

SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

domingo, 22 de novembro de 2009

Caminho Niemeyer, presente de aniversário de Niterói

Caminho Niemeyer, presente de aniversário de Niterói

novembro 22nd, 2009 às 19:41
geralHoje é aniversário de Niterói, essa vizinha bonita dos cariocas.
Águas Escondidas, seu nome em tupi-guarani, essa bela cidade renasceu e se tornou um lugar admirado por todos.
E vai ser mais ainda, porque o presente do Estado do Rio de Janeiro para a cidade é uma emenda da bancada fluminense, coordenadacatedral pelo companheiro Miro Teixeira e subscrita pelos deputados Arnaldo Viana (PDT), Chico D`Angelo (PT), Marcelo Itagiba (PSDB) e este blogueiro-deputado aqui garantou, no Orçamento federal de 2010, os recursos necessários para a conclusão da grande obra do Caminho Niemeyer, que transformará a orla de Niterói, da Ponta da Areia ao Gragoatá, no maior conjunto do mestre da arquitetura brasileira.
clique em cada foto para ampliar
clique em cada foto para ampliar
O aniversário foi hoje, mas o presente chega quinta-feira. Estaremos todos lá, no lançamento da revista “Nosso caminho”, editada por Niemeyer, recebendo o compromisso do velho mestre, aos 102 anos, quase, de ir toda semana acompanhar o andamento das obras.
Que maravilha poder ajudar uma cidade querida a ser ornada com este colar de obras lindas.
Quem puder, venha repartir este privilégio.

Sinto muito me perdoe te amo sou grato

Aos militares com honra



"Fazemos um fraternal e patriótico apelo aos militares com honra para que, junto ao nosso povo, formemos um só feixe que convirja numa guerra pátria para defender nossa soberania e dignidade latino-americana, enlodada até o tutano da infâmia, do sangue, da corrupção e do servilismo pelo presidente Álvaro Uribe Vélez. Este, sem sequer ruborizar-se, porque carece de dignidade, aceitou a instalação pelo Império de sete bases militares na Colômbia, as quais serão como uma adaga envenenada enterrada no corpo da Pátria e sua ponta alcançará o próprio coração da América Latina. O seu único objectivo é impedir o processo democrático e integracionista dos nossos povos que sob a luz da ALBA [1] continuaram o inconcluso projecto libertário deixado inacabado pelo Libertador Simón Bolívar.
Ler mais

"Me valgo de estas palabras de Fidel para apuntar una idea: es necesario demoler la falacia uribista de que este infame acuerdo es un asunto de soberanía colombiana. 

¿Un asunto de soberanía cuando todo el arsenal bélico gringo, contemplado en el mismo, responde al concepto de operaciones extraterritoriales?
 

¿Cómo se puede hablar con un Gobierno completamente subordinado a la estrategia global de dominación del Imperio? 

¿De qué se puede hablar con un Gobierno que convierte al territorio colombiano en un gigantesco enclave militar yanqui, esto es, en la mayor amenaza contra la paz y la seguridad de la región suramericana y de toda Nuestra América?
Leia mais

SINTO MUITO M E PERDOE TE AMO SOU GRATO

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

“Levante sua voz”

DENUNCIAR A CONSPIRAÇÃO DA NOVA ORDEM MUNDIAL ESCRAVAGISTA NÃO É UMA TAREFA FÁCIL, MAS NÃO É IMPOSSÍVEL SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO
Veja o vídeo:

Intervozes - Levante sua voz from Pedro Ekman on Vimeo.


Divulguem!
Fonte: Geografia e Luta

Contra o monopólio dos meios de comunicação, documentário incita: “Levante sua voz”
Por Patrícia Benvenuti

Incentivar o debate sobre o direito à comunicação no país, partindo da denúncia sobre a concentração da mídia. Esse é o objetivo do vídeo "Levante Sua Voz" , realizado pelo Intervozes Coletivo Brasil de Comunicação Social com apoio da Fundação Friedrich Ebert Stiftung.
De forma didática, o vídeo desmistifica o conceito de liberdade de expressão no Brasil, revelando que apenas 11 famílias controlam praticamente todas as concessões públicas para emissoras de rádio e televisão. Ao mesmo tempo, revela-se a perseguição às tentativas de furar esse bloqueio midiático, como é o caso das rádios comunitárias que, nos últimos anos, foram fechadas em número recorde.
Para o militante do Intervozes e responsável pelo roteiro, direção e edição de "Levante Sua Voz", Pedro Ekman, "o vídeo é uma tentativa de levar um tema com toda a sua profundidade e importância por meio de uma linguagem mais acessível a um público não acostumado aos textos geralmente complexos".
Em entrevista ao Brasil de Fato, Ekman comenta a produção do vídeo, os desafios para construir uma comunicação mais democrática e as expectativas para a 1ª Conferência Nacional de Comunicação, que acontecerá entre os dias 14 e 17 de dezembro, em Brasília.
Brasil de Fato: Como surgiu a iniciativa de realizar esse vídeo?
Pedro Ekman: O Intervozes, estudando novas formas de se travar o debate sobre o direito à comunicação, entendeu que uma produção áudio visual cumpriria o papel de ampliar esse tema para um público menos especializado do que o que é atingido pelos textos, livros e estudos disponibilizados pela entidade. O vídeo é uma tentativa de levar um tema com toda a sua profundidade e importância por meio de uma linguagem mais acessível a um público não acostumado aos textos geralmente complexos.
Brasil de Fato: Como se deu a produção?
Pedro Ekman: Inicialmente é importante lembar que tivemos o suporte de muitos parceiros do movimento social que ajudaram com infraestrutura técnica sem os quais essa produção seria impossível. Como contávamos com pouco dinheiro, tínhamos que pensar um roteiro capaz de descrever a dramática situação da comunicação no Brasil em sua complexidade sem que fosse preciso uma produção dispendiosa. Optamos por um formato inspirado no curta "Ilha das Flores", de Jorge Furtado. Esse formato conta de uma forma bem humorada a dura situação da desigualdade social brasileira. A estrutura se resume a uma narrativa em off e uma sucessão de imagens que se repetem. A locução em off facilita tecnicamente as gravações nas locações e acaba barateando o processo; por outro lado, a televisão brasileira nos fornece um rico material dos contraexemplos de uma comunicação razoável. Assim, entendemos que o formato do "Ilha das Flores" resolvia a equação "baixo orçamento x conteúdo extenso".
Brasil de Fato: Como está sendo a divulgação e a recepção desse material?
Pedro Ekman: O vídeo foi lançado na internet pelo portal do Observatório do Direito à Comunicação e pode ser visto no YouTube também. Em breve o Intervozes disponibilizará o arquivo para ser baixado em sua página institucional. Importante lembrar que os direitos sobre a obra estão em Criative Commons, possibilitando sua livre reprodução, manipulação e distribuição em atividades não comerciais. Estamos tentando viabilizar cópias em DVD para distribuir para os movimentos sociais parceiros na luta pela democratização dos meios de comunicação. A recepção do vídeo tem sido muito boa, em menos de uma semana mais de 1000 internautas assistiram ao vídeo e os comentários registrados no site do Observatório têm sido muito positivos.
Brasil de Fato: Na sua avaliação, quais os desafios para conscientizar a população sobre a existência desses oligopólios de mídia?
Pedro Ekman: O maior desafio talvez seja justamente encontrar meios para furar a muralha de informação que o próprio oligopólio levantou ao seu redor para impedir qualquer crítica ao seu funcionamento. Para isso, acredito que temos que multiplicar os instrumentos de fala contra-hegemônica e encontrar linguagens que dialoguem com o maior número de pessoas possível. Não vamos conseguir vencer um oligopólio que tem inúmeros veículos e que trabalha numa linguagem popular com poucos veículos que insistam em uma linguagem hermética. A multiplicação de meios de comunicação contra hegemônicos não é uma coisa simples por todos os motivos que o vídeo descreve, mas a opção por uma linguagem menos hermética é algo que podemos fazer e é algo que ainda encontra muita resistência, mesmo na esquerda brasileira. Eduardo Galeano escreve sobre isso de forma memorável. Ele diz: "A linguagem hermética nem sempre é o preço inevitável da profundidade". Em alguns casos pode estar simplesmente escondendo uma incapacidade de comunicação, elevando-a à categoria de virtude intelectual. Suspeito que o fastio serve, dessa forma, para bendizer a ordem estabelecida: confirma que o conhecimento é um privilégio das elites. Algo parecido costuma ocorrer, diga-se de passagem, com certa literatura militante dirigida a um público conivente. Parece-me conformista, apesar de toda a sua possível retórica revolucionária, uma linguagem que repete mecanicamente, para os mesmos ouvidos, as mesmas frases pré-fabricadas, os mesmos adjetivos, as mesmas fórmulas declamatórias. Talvez essa literatura de paróquia esteja tão longe da revolução como a pornografia está longe do erotismo."
Brasil de Fato: O vídeo fala muito sobre os meios tradicionais de comunicação e sua influência sobre o imaginário coletivo. Você acredita que as novas ferramentas de comunicação, possibilitadas sobretudo pela internet, podem reverter um pouco desse quadro?
Pedro Ekman: Optamos por nos ater aos veículos que ainda atingem as massas de forma mais concreta, como o rádio e a TV, pois eles, junto com os meios impressos, são o retrato da história de concentração da comunicação no Brasil. Mas sem dúvida a internet em um cenário de convergência tecnológica vai mexer com toda a estrutura do quadro. Principalmente no que diz respeito à oferta de canais para a veiculação de conteúdo, que são extremamente concentrados no rádio e na TV e na internet tendem ao infinito. Contudo, hoje o acesso à banda larga é muito restrito no Brasil. Sem a universalização do acesso de forma gratuita, a internet nunca se tornará a TV.
Brasil de Fato: Qual sua expectativa para a Conferência Nacional de Comunicação? De que forma ela pode ajudar a construir uma comunicação mais democrática?
Pedro Ekman: A Conferência possibilita, pela primeira vez, um debate público que nunca foi feito no Brasil. A comunicação é um tema historicamente inexistente para a sociedade brasileira, sendo percebida como algo natural e imutável. Mesmo os movimentos sociais mais combativos não têm a comunicação como uma de suas pautas centrais e a Conferência joga luz sobre esse assunto.
Por outro lado é uma pena que o processo esteja tão prejudicado pelas imposições feitas pelo oligopólio e incorporadas sem qualquer resistência pelo governo. A super representação do setor empresarial e a necessidade de quorum qualificado para a aprovação de qualquer proposta distorcem o sentido de uma conferência, que existe justamente para permitir que a sociedade civil tenha alguma voz, já que durante todo o ano ela permanece alijada da arena onde se travam os debates sobre a comunicação, da qual participam Poder Público e os proprietários dos grandes veículos. Além disso, a proibição de eleição de delegados e de votação de propostas nas etapas municipais as esvazia, remetendo toda a disputa para a etapa nacional, o que contraria importante princípio de uma conferência, que é justamente ampliar o debate na sociedade. Um reflexo disso pode ser visto na Conferência Municipal na cidade de São Paulo que aconteceu neste final de semana. Apesar do importante debate realizado, empresários e poder público estiveram ausentes e a conversa circulou apenas entre a sociedade civil sem que o confronto necessário das idéias e dos interesses se desse na prática. Em todo caso, se o processo entorno da Confecom servir para esquentar a pauta e mobilizar o povo em torno desse tema, ela já terá cumprido um grande papel.

DENUNCIAR A CONSPIRAÇÃO DA NOVA ORDEM MUNDIAL ESCRAVAGISTA NÃO É UMA TAREFA FÁCIL, MAS NÃO É IMPOSSÍVEL SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

terça-feira, 17 de novembro de 2009

E Osama Bin Laden foi aposentado pela N.W.O. escravagista e ninguem fala de H.A.A.R.P. ou CHEMTRAILS


Chefe da ONU alerta para futuro terrível sem acordo climático


SEUL (Reuters) - O fracasso em agir rapidamente para combater as mudanças climáticas pode provocar o aumento da violência e uma grande instabilidade no mundo, uma vez que os padrões climáticos globais mudam drasticamente, disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nesta terça-feira.

"Se nós falharmos em agir, a mudança climática vai intensificar as secas, as enchentes e outros desastres naturais", disse Ban em um fórum próximo de Seul que acontece semanas antes de uma conferência do próprio secretário-geral sobre as mudanças climáticas, em setembro.
"A falta de água vai afetar centenas de milhões de pessoas. A subnutrição vai tragar grandes partes do mundo em desenvolvimento. As tensões vão piorar. A instabilidade social -- incluindo a violência -- pode acontecer", afirmou Ban no evento em Incheon.
As emissões de gases causadores do efeito estufa são consideradas a principal causa para o aquecimento global. Os países vão se reunir em Copenhague em dezembro para trabalhar em um novo acordo climático global para reduzir as emissões que substituirá o Protocolo de Kyoto, que termina em 2012.
Ban, que considerou a mudança climática um tema fundamental para a humanidade, pediu que líderes mundiais atuem rapidamente para que um acordo possa ser alcançado em Copenhague.
Esta semana representantes de 180 países se reúnem em Bonn, Alemanha, para negociar sobre o clima, em meio a alertas de que o tempo está passando para que um acordo bastante completo seja concretizado até o fim do ano.
(Por Jon Herskovitz; com reportagem de Alister Doyle em Bonn)

SINTOMUITO MEPERDOE TEAMO SOUGRATO

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

O golpe da mudança climática, mais um "171" internacional em andamento



Entrevistado pelo repórter de rádio Alan Jones em Sydney nesta segunda-feira, Lord Monckton disse que “esta é a primeira vez que eu vi qualquer tratado transnacional referindo-se a um novo órgão a ser criado no âmbito do tratado como um “governo”. Mas são competências que serão dadas a este governo totalmente desprovido de eleições é que são tão assustadoras.” Ele acrescentou: “A ambição absoluta deste novo governo mundial é enorme desde o início, mesmo antes de começar a dar poderes para si próprio como estas entidades normalmente o fazem”.




sinto muito me perdoe te amo sougrato

O ESTADÃO não é aquele que odeia os brasileiros e o presidente LULA?

Pois é, este "jornal" estadão, não é o tal folha, ou são todos iguais?  Servem abnegadamente à mídia da NOVA ORDEM MUNDIAL ESCRAVAGITA proprietária da maior tecnologia bélica do planeta e que quer nos exterminar, chipar os restantes que lhe forem úteis e ocupar o Brasil que "lhes pertence desde há muito" e que agora segundo eles está pronto para tal com as garantias dos andróides fhc, serra e demais asseclas?


Pois é, faz eco e juz ao pior da humanidade quando publica estes "dados/agenda terrorista" que preparam o terreno para o novo governo da elite nazifascista mundial da New World Order escravagista já em faze acelerada de execução. Cínicos, conspiram e mentem ("EUA rompem com era Bush e prometem empenho na ONU" ), desprezam e odeiam descaradamente a humanidade que exploram e escravizam.

Sinto muito, sou grato.

_EUA e Canadá

quinta-feira, 13 de agosto de 2009, 09:38 | Online


Avalie esta Notícia
1 votos

EUA rompem com era Bush e prometem empenho na ONU

Embaixadora americana no órgão diz que Washington deve liderar pelo exemplo e retomar trabalho conjunto
Reuters
Tamanho do texto? A A A A

NOVA YORK - O governo Obama vai trabalhar com as Nações Unidas para combater o terrorismo e outros grandes desafios globais, disse nesta quinta-feira, 13, a embaixadora dos EUA na organização, Susan Rice, deixando claro o rompimento em relação às políticas do presidente George W. Bush, de isolamento em relação à entidade.

Rice disse em discurso na Universidade de Nova York, na quarta-feira, que Washington deve liderar pelo exemplo, admitindo seus erros, mudando suas políticas e estratégias quando for necessário e tratando os outros com respeito.

"Os desafios globais que enfrentamos não podem ser resolvidos sem a liderança dos EUA", disse Rice. "Mas, embora a liderança dos EUA seja necessária, ela raramente é suficiente. Precisamos de cooperação efetiva de uma ampla gama de amigos e parceiros."

Rice disse que esses desafios incluem os programas nucleares de Irã e Coreia do Norte, a crise financeira global, as guerras do Afeganistão e Iraque, a pandemia de gripe e o aquecimento global.

O presidente Barack Obama já prometeu uma "nova era de engajamento" com a ONU, que costumava ser criticada e até ridicularizada por membros do governo Bush.

Na declaração mais detalhada até agora do governo Obama a respeito da ONU, Rice disse, sem citar o governo anterior, que Washington evitará a "condescendência e o desprezo" que estariam marcando as atitudes dos EUA no cenário internacional.

"Já vimos o custo do desengajamento", disse. "Pagamos o preço de manter o braço duro na ONU e de esnobar nossos parceiros internacionais. Os Estados Unidos irão liderar no século 21 -- não pela arrogância, não pela intimidação, mas por uma paciente diplomacia."

Ela lembrou que, como exemplo da sua nova abordagem das questões mundiais, Washington já decidiu aderir ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, rejeitado pelo governo Bush por considerá-lo um fórum anti-Israel. Ela citou também a determinação do governo Obama em melhorar suas relações com o mundo muçulmano.

"Trabalhamos para mudar de dentro em vez de criticar de fora", disse Rice. "Mantemo-nos fortes na defesa dos interesses e valores da América, mas não discordamos só para contrariar. Ouvimos os Estados, grande e pequenos. Construímos coalizões. Cumprimos nossas responsabilidades. Pagamos nossas contas."

Na semana passada, Rice anunciou que os EUA iriam transferir mais de 2 bilhões de dólares em contribuições novas e atrasadas para o departamento de missões de paz da ONU.

As relações entre EUA e ONU atingiram um de seus pontos mais baixos em 2003, ano da invasão dos EUA no Iraque. O então secretário-geral Kofi Annan qualificou a guerra como um ato ilegal do governo Bush.

Rice defendeu reformas na administração da ONU e na Assembleia Geral, que inclui todos os 192 Estados filiados. Ela criticou a Assembleia por suas continuadas críticas a Israel e por permitir que "o teatro político lhe distraia da real deliberação."



Tags:  EUA, ONU, mundo, Nações Unidas, Obama, Barack Obama     O que são TAGS?
 Os "negritos" são meus para conferirmos o alto grau de hipocrisia dessas "autoridades" constituidas na ignorância dos povos que desdenham.
SINTOMUITO MEPERDOE TEAMO SOUGRATO


Prefeririam ficar sem as palavras do presidente brasileiro Inácio Lula da Silva.


Blog A Nova Ordem Mundial
Os Estados Unidos e os países do "bombem Iran" - em uma histeria febril antes das conversas multilaterais para negociações nucleares de quinta-feira em Genebra, prefeririam ficar sem as palavras do presidente brasileiro Inácio Lula da Silva.

Lula realmente conversou com o presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, cara a cara por mais de uma hora à margem da Assembléia Geral da ONU na semana passada. Ele convidou Ahmadinejad a visitar o Brasil em novembro. Sobre a reunião, ele foi direto ao ponto: "O que eu desejo para que o Irã é o que eu sempre quis para o Brasil - uma programa nuclear civil pacífico".

Lula é uma ilha de bom senso em um oceano de histeria. O presidente francês, Nicolas Sarkozy deu publicamente um prazo até dezembro para que o Irã não faça um "erro trágico", provocando o "Armageddon". O Ministro do Exterior italiano, Franco Frattini, reiterou que o Grupo dos Oito estaria dando ao Irã apenas mais três meses.


O Presidente dos Estados Unidos Barack Obama - que atualmente executa três guerras (Iraque e a combinação AfPak) - exigiu que o Irã (que não está em guerra com ninguém) demonstre "suas intenções pacíficas ou seja dado como responsável perante as normas internacionais e de direito internacional".

O Primeiro-ministro israelense Benjamin "Bibi" Netanyahu anunciou a ONU "a maior ameaça que o mundo enfrenta hoje é o casamento entre o fundamentalismo religioso e as armas de destruição em massa". Impermeável à ironia, Netanyahu obviamente esqueceu de que o Irã - como o Iraque em 2003 - não tem armas de destruição em massa (ADM), segundo a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). Israel não apenas tem armas de destruição em massa, mas ainda se recusa a assinar o Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), ou permitir que suas armas sejam inspecionadas, como o primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan, se apressou a esclarecer. Em se falando de fundamentalismo religioso, o sionismo é mais do que adversário para "Shiitismo" iraniano.

SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

domingo, 15 de novembro de 2009

20 anos da queda do Muro de Berlim


O muro de Berlim e o cinismo

CUAUTÉMOC AMEZCUA DROMUNDO*

Tremenda campanha montaram as potencias capitalistas em torno dos 20 anos da queda do Muro de Berlim. Asseguram que esse fato significou a vitória das liberdades sobre a tirania. O esbanjamento para difundir tal mensagem não teve limites. Só que a mensagem é falsa; e a campanha tão escandalosa persegue fins tortuosos.

As potencias imperialistas, campeãs das liberdades humanas? Desde quando? Todas elas apoiaram as ditaduras militares da América Latina, que suprimiram as garantias individuais, a vida democrática, e mandaram ao exílio dezenas de milhares de lutadores patriotas e revolucionários, e encheram com muitos outros milhares, as masmorras. Muitas destas coisas ocorriam de maneira mais ou menos simultânea com os fatos que essas potências comemoram hoje, com bumbos e cornetas, e jamais as denunciaram. Todas essas potências apoiaram os governos sionistas de Israel, em sua permanente política agressiva e persecutória contra o povo palestino. Essas mesmas potências são as culpadas pela fome e pelas terríveis doenças endêmicas que padecem os povos da África; elas exploraram esses povos de maneira impiedosa, e saquearam suas riquezas; usaram seus exércitos para, a sangue e fogo, tratar de impedir sua libertação, encarceraram e assassinaram seus mais conotados lutadores independentistas. E elas, umas mais que outras, têm sido cúmplices do criminoso bloqueio do imperialismo ianque contra Cuba, a pátria de Martí, de Fidel, de Raúl, do Che e de Camilo. Desde quando se interessam por defender a democracia e os direitos humanos? Sua sem-vergonhice aviva a mais justificada indignação!

Estão contra os muros, porque estes dividem os povos e cortam seu direito ao livre transito? Se assim fosse, por que sua cumplicidade com o governo de Israel, que construiu esse muro ignominioso, contra o irmão povo palestino? Por que, o dos Estados Unidos, constrói um imenso muro na fronteira com o México? Por que, a polícia migratória norte-americana assassina os mexicanos que tentam atravessar essa fronteira, sem papéis, em busca de trabalho? Os trabalhadores migrantes mexicanos mortos por essa política desumana supera em muito os que morreram em torno ao tão escandalosamente propagandeado Muro de Berlim, este é um fato amplamente documentado, por que não levantam suas vozes de protesto os governos da Europa, ante semelhantes atrocidades?

Nada, toda esta campanha em torno dos 20 anos da queda do muro, é uma farsa grotesca, só isso, sem pitada de verdade. O Muro de Berlim foi outra coisa, em nada equiparável ao que levanta Israel contra o povo palestino, nem ao que constróem os Estados Unidos contra os trabalhadores mexicanos; estes sim são criminosos, aquele nunca o foi. Aquele teve um caráter defensivo, não ofensivo, como esses, dos imperialistas e dos sionistas; quis proteger à República Democrática Alemã, que teve enormes conquistas ­sobre as que não é o momento de se espraiar, nem de falar de suas falhas, já o faremos em outra ocasião -, dos ataques fascistas, das provocações imperialistas e dos tanques de guerra da OTAN. Mas em torno do Muro de Berlim sempre houve uma campanha, há 20 anos e desde muito antes, como agora. Há muito se criou o mito, a montagem tortuosa, parte da eterna propaganda anticomunista; uma ação para maquiar o imperialismo, para esconder suas repugnantes chagas purulentas sob custosas massas de cosméticos; para dar dele a falsa imagem de um sistema humanista, preocupado pelos direitos e as liberdades, que em nada se assemelha à sua realidade. Um moderno Retrato de Dorian Gray que ambicionara ocultar o rosto verdadeiro do sujeito que é corrupto e imoral, à semelhança do relatado por Oscar Wilde.


10 de novembro de 2009

*presidente do Partido Popular
Socialista, PPS, do México

sintomuito meperdoe teamo sougrato

sábado, 14 de novembro de 2009

UNEGRO apoia Protógenes em sua incansável luta

UNEGRO apoia Protógenes em sua incansável luta
novembro 14th 2009 Posted to Mensagens de Apoio

São Paulo, 09 de novembro de 2009

UNEGRO - UNIÃO DE NEGROS PELA IGUALDADE

CONTRA A IMPUNIDADE DOS CRIMES DE COLARINHO BRANCO, EM DEFESA DO DELEGADO PROTÓGENES QUEIROZ

A Corregedoria da Polícia Federal encaminhou pedido de suspensão por 60 dias do delegado Protógenes Queiróz, responsável pela Operação Satiagraha, que prendeu o banqueiro Daniel Dantas, o megainvestidor Naji Nahas, o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e outras pessoas acusadas de compor a quadrilha especializada em fraudes e crimes financeiros. Ao mesmo tempo em que solicita o afastamento de Protógenes, a cúpula da Polícia Federal articula arbitrariamente sua demissão. Enquanto isso os verdadeiros réus estão soltos com a proteção da mais alta autoridade judiciária do país. Esta ação da Cúpula da Polícia Federal ocorre pela pressão das elites brasileiras, acostumadas com a impunidade dos seus atos, e contam com forte apoio dos meios de comunicação de massa que fazem uma ampla campanha contra o delegado Protógenes Queiroz e o juiz Fausto De Sanctis.

A União de Negros Pela Igualdade - UNEGRO manifesta apoio e solidariedade ao delegado Protógenes Queiróz, repudia a inversão de objeto da cúpula da Polícia Federal que desde a eclosão da Operação Santiagraha tem investido na criminalização de quem cumpriu corretamente suas funções. Atesta que o arbítrio, a corrupção e a impunidade são armas poderosas de desestabilização da democracia e de manutenção das desigualdades sócio-econômica que assola o país. Considera essa iniciativa impregnada do mesmo princípio daqueles que criminalizam os movimentos sociais, ou seja, tratar com tirania e violência todos os atores que se voltam contra os privilégios da elite dominante.
Conclamamos todo movimento negro e popular a manifestarem-se:

“ Pelo arquivamento dos processos disciplinares promovidos pela Polícia Federal contra o delegado Protógenes Queiróz;
“ Pelo julgamento e punição dos culpados dos crimes investigados pela Operação Satiagraha;
“ Pelo fim de qualquer forma de criminalização dos movimentos sociais e das forças progressistas.

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/5223

O APAGÃO DA HUMANIDADE

Os blogueiros “de direita” seguem a cartilha que lhes é enviada de fora para dentro pela Nova Ordem Mundial escravagista (sempre em nova embalagem) à qual professam sonambúlica fé e religiosidade. Adaptam às circunstâncias locais sua conduta sempre de acordo com as determinações já aceitas em paradigmas tradicionais para encurtar o caminho da cooptação dos novatos. Pregam-lhes a “divina” imutabilidade da existência do sistema que lhes garantirá o enriquecimento perene.
Nada de novo nisso. Permeiam todas as classes. Desde muito tenros os asseclas são preparados pela mídia da N.W.O. escravagista e seus banqueiros para aceitá-la como verdade única. Toda ideologia desde o nascimento é bem identificada em todos os veículos de formação virtuais e não virtuais de cérebros com a mais sofisticada atualizada didática. Memórias e programações ancestrais são passadas de bom grado de pais para filhos religiosamente
Afinal, eles têm ou não têm a maior repressiva tecnologia bélica atualizada do planeta para impor seus ditames? Obedece pelo medo quem tem juízo...
A maior parte dos blogueiros chamados de “esquerda”, inclusive os que se sentem marxistas, me parecem dentro de uma “invisível” armadilha, sempre tão envolvidos com os programas eleitorais sucessórios domésticos e estrangeiros impostos pela N.W.O. escravagista esquecendo o quanto as diretrizes de conduta nesse jogo democrático de faz de conta são sempre pautadas de fora para dentro pela ideologia dela.
Seriamente não duvido da honestidade deles, pensam na governabilidade possível dentro desse estado prisional enquanto “preparam” o povo para aderir à uma possível insurgência pacífica... O MST sempre me pareceu mais realista, talvez por isso mesmo seja considerado “persona não grata” e criminalizado e perseguido pelo sistema.
Primeira década do século XXI e tudo permanece,nos EUA  como na Inglaterra ou UE como dantes. Com seus impecáveis ternos negros, gravatas vermelhas e azuis, tudo segue a agenda de dominação deixada por Bush(s) e todos os antecessores. E ninguém vê?
Obama é um embuste “democrático/republicano” conspiratório. Surgiu do nada, do chão ao cume da pirâmide como uma estrela cadente desafiando a lei da gravidade? Produto de marqueteiros. Você nunca ouviu falar de Ron Paul... Quem? Que banqueiros o bancou e bancam isso? Quantos contratos assinou para sentar no salão oval fazendo o que lhes mandam fazer? A que preço? O cacife desse jogo? É a inesgotável senzala mundial de sua propriedade.
O Brasil não tem uma política sua, tem uma política, uma economia  e uma vida possível, um novo milagre brasileiro sempre consentido de fora para dentro. O país do futebol, samba e olimpíadas. É uma espécie de “caridade” do tipo “The CGIAR is a strategic alliance of members, partners and international agricultural centers that mobilizes science to benefit the poor.
Os eleitos pela massa teleguiada são os consentidos pela New World Order  angloamericanasionista escravagista e seus banqueiros que administram a escassez planejada de tudo e todos não para erradicar a pobreza, mas para “beneficiá-la”.  
Esses são os políticos que as massas supõem livres para escolher. Tudo nesse jogo é consentido por eles da N.W.O., sempre de fora para dentro, desejar além é um perigo enorme ainda mais com tantas bases militares sendo construídas na Colômbia anexada para garantir a retomada do território recuperado no “quintal” da “Blessed América” nesses últimos anos por valentes heróicos índios e nativos...  
Sinto muito, sou grato.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

VERDE PORQUE NOS QUEREM VERDE



The CGIAR is a strategic
alliance of members, partners and international agricultural centers that mobilizes science to benefit the poor.
Por que  "eles" querem  beneficiar a pobreza ao invés de acabar com ela ?

A Nova Ordem Mundial escravagista é uma conspiração que precisa ser denunciada. Uma tarefa difícil, mas não impossível...

 “... A Revolução Verde propunha-se resolver o problema mundial da fome, um problema importante no México, na Índia e noutros países escolhidos onde Rockefeller actuava. O agrónomo da Fundação Rockefeller, Norman Borlaug, ganhou o Prémio Nobel da Paz pelo seu trabalho, uma coisa de que não pode orgulhar-se muito, dado que o partilhou com Henry Kissinger.


Na realidade, como anos depois se veio a verificar, a Revolução Verde foi um brilhante esquema da família Rockefeller para montar um agribusiness globalizado que depois pudesse vir a monopolizar, tal como já tinha feito na indústria petrolífera mundial meio século antes. Como Henry Kissinger declarou nos anos 70, 'se controlarmos o petróleo, controlamos o mundo; se controlarmos os alimentos, controlamos a população'.

Observando-se do ponto de vista ético, é impossível determinar o ponto exato onde a interferência do Estado pode ou não impedir ou incentivar a reprodução de cidadãos por quaisquer critérios. A comunidade científica sabe que a hereditariedade tem papel importante, porém nunca exclusivo sobre a inteligência de um determinado indivíduo, ou grupos de indivíduos, pois o fator inteligência não é determinado apenas por uma seqüência genética, mas também é influenciado pelo ambiente do indivíduo. Logicamente não podemos afirmar que uma pessoa é menos inteligente que outra apenas por ela não saber ler. Por outro lado, estudos mais modernos têm mostrado que existem diferentes inteligências e os testes de QI têm valor no mínimo limitado, mas que mostra muito bem a capacidade lógica de um indivíduo. http://pt.wikipedia.org/wiki/Eugenia


Um aspecto particular do PGH estadunidense é que ele procurou abordar também os aspectos éticos, legais e sociais envolvidos. Os responsáveis pelo projecto acreditavam que a descoberta da posição de cada gene, além de sua composição, seria valiosa para diagnóstico e a cura de muitas doenças, como cancro, obesidade, diabetes, doenças auto-imunes e hipertensão. Os críticos do projecto, no entanto, alertavam para o perigo do uso indevido das informações genéticas. Candidatos a emprego, por exemplo, poderiam ser recusados com base em testes capazes de revelar predisposição genética para certas doenças, como o alcoolismo. http://pt.wikipedia.org/wiki/Projeto_Genoma_Humano


O projeto do genoma humano : é um velho projeto dos eugenistas. Foi lançado pela Sociedade Americana de Genética Humana (ASHG), fundada pelo Dr. Franz J. Kallmann (membro da Sociedade de Eugenia Americana) que trabalhou com os nazistas. O conhecimento do mapa do genoma humano permitirá afinar a seleção dos filhos antes do nascimento, e inclusive sua produção industrial, dentro da visão de Francis H. Crick (prêmio Nobel em 1962 junto com James D. Watson pela descoberta do DNA): "Nenhum recém-nascido deveria ser declarado humano enquanto não houver passado com êxito certos testes relativos a seu patrimônio genético, e em caso de fracasso frente a tais controles, deveria ser privado do direito de viver." (Pacific News Service, 01/1978). Estas pesquisas são apresentadas como animadas pela finalidade da "terapia genética"; mas na verdade a "terapia genética" é a morte do doente; neste caso, a de seres humanos embrionários.
http://www.trdd.org/EUGBR_1P.HTM


SINTOMUITO MEPERDOE TEAMO SOUGRATO

Se há coisa que abunda é canalha.

Como diz muito bem o excelente blogue do  Jurandir Paulo, se há coisa que abunda é canalha.
Aqui está um bom exemplo da massa de "lenha terrorista" midiática que a New World Order escravagista nazisionista angloamericana manda jogar na fogueira de sua conspiração permanente contra a humanidade para manutenção de sua milenar governância exploradora.
Preparando o terreno da guerra contra a Venezuela de Chaves em sua conspiração permanente, que é seu modo de vida, desavergonhadamente belicoso (que é seu meio de vida) contra os governos verdadeiramente DEMOCRÁTICOS e que lhes desagrada por mostrar ao mundo o caminho pacífico e humano para a liberdade e fraternidade de todos os povos que ela, a (milenar; esteve sempre aí mudando apenas o nome para enganar os desatentos) N.W.O.escravagista, mantém sob tacão do seu coturno exterminador.


Vejam abaixo como vem de longe, do outro lado do mundo, uma "PREPARATÓRIA" notícia decodificada em bom portugues com a Yankee personalidade da hipocrisia e desfaçatez furiosa e sempre imediatamente executada por seus asseclas.

Colômbia se queixa contra Chávez ao Conselho de Segurança

REUTERS 2 horas, 33 minutos atrás
Por Hugh Bronstein

BOGOTÁ (Reuters) - A Colômbia levou na quarta-feira ao Conselho de Segurança da ONU uma queixa contra supostas ameaças de guerra feitas pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que orientou seu Exército a se preparar para um conflito armado.

Chávez há meses diz que seu país está ameaçado pelo novo acordo militar entre Colômbia e EUA, que permite a presença de soldados norte-americanos em sete bases do país vizinho. Bogotá e Washington alegam que o objetivo do acordo é apenas combater o narcotráfico e guerrilhas de esquerda dentro da Colômbia.

A ordem de Chávez aos militares foi dada no programa dominical de rádio e TV do presidente. Bogotá respondeu com uma carta ao Conselho de Segurança da ONU "sobre as ameaças da Venezuela de usar a força contra a Colômbia", segundo nota da chancelaria local, que esclarece que o texto deve ser distribuído a todos os membros do Conselho.

"Entregamos uma carta explicando em detalhe as preocupações da Colômbia a respeito de comentários do presidente Chávez e outras questões delicadas", disse o chanceler Jaime Bermudez à Reuters durante a cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, em Cingapura. "Sempre dissemos que a porta está aberta ao diálogo (...), ainda não tivemos qualquer contato."

As relações diplomáticas entre os dois países estão congeladas, e recentemente a Colômbia acusou a Venezuela de não ajudar no combate a guerrilheiros infiltrados no seu território.

Desde a conclamação de domingo aos militares, Chávez abrandou sua retórica, alegando que a imprensa manipulou suas palavras. "Os militares da Venezuela são pacifistas", disse ele, acrescentando que todas as nações usam seus Exércitos para se defender contra invasões.

O atrito não deve levar a um conflito armado na longa fronteira entre os dois países, mas a crise já levou a uma forte redução do comércio bilateral, que movimentou mais de 7 bilhões de dólares no ano passado.

Tanto Chávez quanto o presidente colombiano, Alvaro Uribe, tendem a se beneficiar com a troca de acusações diante da opinião pública de seus respectivos países.

Uribe é o maior aliado dos EUA na América do Sul, e tem como vizinhos dois dos governos mais críticos a Washington --o de Chávez e o do equatoriano Rafael Correa.

(Reportagem adicional de Patrick Markey em Cingapura)

SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Rio de Janeiro mais perto de Cubatão



Veneno no seu pulmão?
Rio de Janeiro mais perto de Cubatão

Seg, 09/Nov/2009 00:00 Denúncias
Sandra Quintela, Economista - Pacs 2347

A secretaria estadual do Ambiente do Rio de Janeiro acaba de  anunciar que a nova siderúrgica do Rio, a Companhia Siderúrgica do Atlântico(CSA) que iniciará suas operações em 2010 em Santa Cruz, na Zona Oeste da cidade aumentará em 76% a cada de dióxido de carbono na atmosfera.  Estima que quase 10 milhões de toneladas deste gás serão jogadas na atmosfera.  O valor representa mais de 12 vezes o total de emissões industriais desse gás no município e cerca de 14% do total de emissões do estado (incluindo todas as fontes), que atualmente gira em torno de 70 milhões de toneladas (OGLOBO,6/11/2009).

A CSA é um conglomerado industrial-siderúrgico-portuário formado pela Companhia Vale do Rio Doce (cerca de 26% das ações) e a empresa alemã Thyssen Krupp Steel (TKS).  Desde o início, as obras vêm desrespeitando a legislação brasileira e ignorando os direitos humanos e constitucionais de cidadãos brasileiros. O canteiro de obras da TKCSA de 9km quadrados situa-se numa área costeira e de manguezal, considerada Área de Preservação Ambiental(APA) sujeita a proteção segundo o Código Florestal Brasileiro. Além disso, por se situar numa área costeira, que segundo a legislação brasileira deveria ser licenciada pelo órgão ambiental federal, ou seja, o IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). As obras da TKCSA, entretanto, desde 2006 só possuem a licença emitida pela FEEMA (Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente), órgão ambiental estadual,contrariando aquilo que está disposto na lei.

No dia 9 de junho de 2008 o Ministério Público Federal em sua pagina na Internet anunciava OMPF recomendou ao Estado a suspensão das licenças ambientais dadas pela Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema) para as obras. Requisitos legais das licenças expedidas foram descumpridos, com destaque para a exigência do aval do IBAMA ao empreendimento. Essa anuência é necessária devido à intervenção no entorno da Baía de Sepetiba, área de  preservação permanente. A licença para desvio do canal de São Fernando, por exemplo, dependeria da autorização do IBAMA para a retirada da vegetação nativa de Mata Atlântica.

A obra está embargada pelo IBAMA desde dezembro de 2007. Além de uma série de outras denúncias amplamente expostas ás autoridades públicas. São elas: ilegalidades e falta de transparência no processo de licenciamento ambiental; manipulação da participação popular durante as audiências públicas; ilegalidades e falta de transparência no processo de licenciamento ambiental; cooptação de falsas lideranças comunitárias; violação dos direitos humanos; convivência com as milícias da região; violação de direito dos trabalhadores;violação dos direitos dos imigrantes e a destruição ambiental na Baía de Séptica e desmatamento de extensa área de manguezais *EIA-RIMA:

*Segundo o relatório do Grupo de Apoio Técnico Especializado do Ministério Público Federal (GATE) a empresa vem conduzindo as obras sem o menor respeito ao que teria sido definido no EIA-RIMA.

Os pescadores que atuam naquela área especifica da baia vem sendo diuturnamente, impedidos de trabalhar,seja porque a empresa instala equipamentos dentro dos rios, que os impede de sair ao mar, por tanto cerceando seus direitos de IR e VIR, e conseqüentemente de TRABALHAR,  seja por ameaças que partem da segurança da empresa orientada a fazê-lo, ou por suas embarcações de grande porte que, sempre que podem, fazem rota com o intuito de colidir com as pequenas e frágeis embarcações de pescadores, e também danificar ou inutilizar os petrechos de pesca, que são caros para quem  necessita deles. Tudo isso faz parte de um grande processo de intimidação por parte da transnacional que viola direitos constitucionais de cidadãos brasileiros.

Este empreendimento, com todas essas denúncias atrás de si e já apresentadas na Câmara de deputados, Assembléia, Legislativa, Câmara de veradores RJ, além de denuncias ao BNDES e outro órgão do Estado brasileiro continua sendo incensada pela grande imprensa como um dos símbolos da suposta recuperação econômica do Rio de Janeiro. 

Ora, a siderúrgica terá quase toda sua produção exportada para, principalmente, os EUA e a Ásia, num aparente sinal de modernidade. Mas, na prática, as denúncias se avolumam e o silêncio das autoridades anuncia a cumplicidade de um poder que não representa os interesses do povo e do bem viver.

A baia de Sepetiba e a baia da ilha grande são patrimônio de beleza,de diversidade,de vida marinha e terrestre. De quilombolas, caiçaras.. De um turismo que alimenta a muitas famílias que dali tira seu sustento.  A mistura de montanha e mar. De verde com o azul. Tudo isso em risco em nome do progresso. Será que esse preço está disposto a pagar?  Até quando vamos silenciar diante do envenenamento da vida?  È preciso falar!  È preciso não ter medo!

SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

O medo de olhar para dentro


... E agora o ego está com medo. Entretanto, o que ele ouve com terror, a outra parte ouve como a mais doce música, a canção que ansiava por ouvir desde que o ego veio à tua mente pela primeira vez.

A fraqueza do ego é a sua força.

A canção da liberdade, que canta os louvores de um outro mundo, traz a ela a esperança da paz.

Pois ela se lembra do Céu e agora vê que o 
Céu afinal veio à terra, fora do qual o domínio do ego a manteve por tanto tempo.

O Céu veio porque achou um lar no teu relacionamento na terra.

E a terra já não pode conter o que foi dado ao Céu como algo que lhe é próprio.

Olha gentilmente para o teu irmão e lembra-te que a fraqueza do ego é revelada na vista de ambos.

Aquilo que ele quer manter à parte se encontrou e se uniu e olha para o ego sem medo.

Pequena criança, inocente do pecado, segue na alegria o caminho para a certeza.

Não te atrases em função da insana insistência do medo, segundo a qual a certeza está na dúvida. Isso não tem significado.

Que importância tem para ti que isso seja proclamado tão alto?

O que não tem sentido não se torna significativo pela repetição e pelo clamor.

O caminho da quietude está aberto.

Segue-o com felicidade e não questiones o que não pode deixar de ser assim.


(UCEM) Razão e Percepção

SINTO MUITO. ME PERDOE. TE AMO. SOU GRATA.

Lena Rodriguez

"O amor é a total atenção."


A energia que cria o bem ou o mal é a mesma.
Deu para ligarem mais uns velhos pontos? 
Se liguem aí... 
Comecem por vocês e ajude alguém mais (espelhos)...
Caprichem nos deveres de casa.
ONDE HÁ AMOR NÃO HÁ PERDÃO!

Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.

Related Posts with Thumbnails