O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 19 de setembro de 2009

A HUMANIDADE SE DEIXOU APRISIONAR...



O fato é que a mídia nos mantém andando com o freio de mão puxado e insiste em dizer através das tais “autoridades” e dos tais “especialistas” que isso é natural, moderno e verdadeiro.

Estamos milenarmente prisioneiros do medo e não nos damos conta. É a moda do medo esquizoparanóico e anestésico permanente em desinformação direcionada.

A quem interessa isso e com que propósito? Pergunte-se!

Ninguém se responsabiliza pela criação da torre de babel que despreza a vida aterrorizando as massas e acostumando-as à banalização da tortura e morte.
E assim cada vez mais lotam igrejas, hospitais, farmácias, delegacias, necrotérios, tribunais esvaziando praças, ruas, escolas e mentes de todo e qualquer interesse pelo saber quem somos verdadeiramente em nossa divina e perfeita unicidade pacífica.

A humanidade entrega aos outros sua mente e entrega ao outros sua responsabilidade e poder de pensar por si mesmo. Ela é consumida pelo temor, engendrado especialmente pelo medo do que a outra pessoa vai pensar de você – é o medo de ser diferente e único. O medo da fictícia “solidão”.

Os homens da New World Order sabem que dividida e jogada contra ela mesma em extermínio recíproco a humanidade vai poupando um grande trabalho e abrindo o terreno para eles, os dominadores que a exploram e escravizam.

Ela procura impor seus dogmas e paradigmas sobre todos e nega o direito de cada um de nós de ser diferente e de ter nosso ponto de vista próprio e único.

A mídia global recebe uma concessão pública e investimentos massivos para a manutenção dessa “rede de intrigas”.

Você não está assistindo um programa, você está é sendo programado...

It is the fact what the media maintains us walking with the hand brake pulled and insists in saying through such "authorities" and of such "specialists" that that is natural, modern and true.

We are milenarmente prisoners of the fear and do not realize. It is the fashion of the fear esquizoparanóico and constant anesthetic in desinformação direcionada.

To whom does it interest that and with what purpose? One ask!

Nobody takes responsibility for the creation of the tower of muddle that despises the life terrorizing the masses and accustoming them to the banalização of the torture and death.
And so more and more they fill churches, hospitals, pharmacies, offices, mortuaries, courts when there is emptying squares, streets, schools and minds of all and any interest for the knowledge who we are really in our divine and perfect peace-loving unicity.

The humanity hands to others over his mind and delivery to others sweats responsibility and power of thinking for you himself . She is consumed by the fear, dreamed up specially by the fear of which another person is going to think of you – is the fear of being different and the only. The fear of the fictitious "solitude".

The men of the New World Order know what divided and abandoned against her herself in reciprocal extermination the humanity is saving a great work and opening the land for them, the rulers who explore and enslave it.

She tries to impose his dogmas and paradigms on all and denies the right of each one of us of being different and of having our own and only point of view.

The global media receives a public concession and investments massivos for the maintenance of this “ net of intrigues ”.

You are not assisting a program, you are that you are being planned...


SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails