O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 22 de agosto de 2009

Silva está negociando com Barack...


Sex, 21 Ago, 06h21

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está negociando com o presidente dos EUA, Barack Obama, um encontro do mandatário norte-americano com os países da América do Sul. O objetivo é retomar a interlocução, arranhada após o episódio das bases militares na Colômbia.

Por iniciativa do Brasil, Lula e Obama conversaram nesta sexta-feira e trataram da polêmica proposta de aumento do efetivo militar norte-americano em bases colombianas e das condições para o retorno do presidente deposto Manuel Zelaya a Honduras.

Segundo uma fonte do governo, Lula insistiu ser necessário um gesto dos Estados Unidos para se aproximar da região, citando a reunião de Trinidad e Tobago, primeiro encontro de Obama com as nações sul-americanas, considerado positivo para o relacionamento dos EUA com a América do Sul.

Essa relação, no entanto, sofreu fissuras por conta do acordo com a Colômbia negociado, segundo Venezuela e Bolívia, às escuras.

O presidente norte-americano prometeu avaliar a possibilidade do encontro, mas não há data definida.

Lula se prontificou a afinar posições junto aos países vizinhos na reunião da Unasul, marcada para a próxima sexta-feira em Bariloche, Argentina. Ainda de acordo com a fonte, que falou sob condição de anonimato, Lula disse a Obama que não tem interesse em isolar qualquer país da região e ouviu do colega a disposição de restabelecer um nível de diálogo prometido durante a campanha eleitoral e após ter assumido a Casa Branca.

Sobre Honduras, Lula manifestou sua percepção de que o governo interino do país está à vontade após o golpe em que militares retiraram Zelaya do poder e o expulsaram do país. Lula ainda manifestou a necessidade de uma atuação mais firme dos EUA em relação a Honduras.

No dia 12, em visita ao Brasil, Zelaya pediu que Lula intercedesse junto ao governo dos EUA para que não reconheça nenhum presidente eleito em Honduras por um processo comandado pelo poder interino.


Obama, por outro lado, teme ser acusado de intervencionista e busca o respaldo da Organização dos Estados Americanos (OEA) para intensificar sua oposição ao regime golpista. A reivindicação do Brasil é de que a Casa Branca congele contas bancárias de hondurenhos nos EUA.

O Brasil já suspendeu as atividades de colaboração técnica, educacional e militar com Honduras, bem como análises de pedidos de financiamentos em infraestrutura. A economia hondurenha é extremamente dependente dos EUA, daí a importância estratégica do país para pressionar e restabelecer o poder de direito em Honduras.

Segundo a fonte, Obama indicou que é possível avançar nas restrições ao país, mas que só deve decidir após a ida de uma missão da OEA prevista para semana que vem.

(Por Natuza Nery)

SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails