O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

FORÇA OCULTA


FORÇA OCULTA ? = NEW WORLD ORDER / (VELHA) NOVA ORDEM MUNDIAL

Lula: 'força oculta' barra votação da reforma tributária

1 hora, 0 minuto atrás

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou o fato de o Congresso não ter aprovado até agora a reforma tributária. Segundo ele, o corporativismo de diversos setores impediu a aprovação. "Dizem que as forças ocultas pedem para elas (as reformas) não serem votadas. A reforma tributária não avançou porque cada um de nós tem um modelo próprio. As coisas não andam", disse o presidente, no discurso durante a reunião no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, no Palácio do Itamaraty.

Lula disse que o seu governo promoveu o "maior processo de desoneração da história da República". Ele aproveitou para reclamar de críticas que recebeu da imprensa, empresários, economistas e sindicalistas em dois momentos do seu governo. "Não esqueço nunca que em 2003 eu utilizei a palavra 'espetáculo do crescimento' para falar do desenvolvimento do País e fui achincalhado pela imprensa, pelos jornalistas econômicos, pelos empresários e pelos sindicatos. Todo mundo dizia que eu estava louco", afirmou. Segundo o presidente, o País cresceu como deveria ter crescido e nenhum analista lhe pediu desculpas.

Lula também reclamou quando pediu otimismo, no final do ano passado, diante da crise financeira global. Ele disse que foi um momento muito difícil ter de ir para a televisão fazer apologia ao consumo, para que não houvesse desemprego. Lula avaliou que a redução do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano ocorreu por causa do pânico e do medo exagerado propagandeado no noticiário internacional. Segundo ele, o mercado interno aliviou os efeitos da crise na economia brasileira. "O que está acontecendo em relação à crise é que a água já não está fervendo. A água está morna. Não há mais tanto pessimismo na União Europeia e nos Estados Unidos", afirmou.

Agencia Estado

SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails