O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

AOS MEUS NETOS COM CARINHO...



O povo unido jamais será vencido, mas...
Os banqueiros do mundo “contratam” a mídia, que lhes pertence, para repetir e divulgar seus planos de dominação e permanência. Para eles nós somos “coisas” que dão lucros ou prejuízos ao “sistema”. Deles...
Administram crises econômicas, doenças, guerras, atentados, eleições, vidas e mortes, qualquer coisa que lhes aumente os lucros; qualquer coisa... Sei que você jamais pensou assim, está distraído com uma montanha de sons e imagens emocionantes e inúteis em seu rádio ou sua espetacular novíssima HDTV...

As gerações após a segunda grande guerra mundial cresceram em frente aos aparelhos de rádio e TV. E, enquanto isso, sem que você perceba, pois está distraído com o cheio de vazio... Os banqueiros estão ativos na ampliação dos serviços da governação permanente de nossas vidas, tanto pelas realezas e governos não pertencentes às realezas mas, por elas autorizados e coniventes.

Você deve estar achando que o Aldo pirou de vez. Será? É que eu já limpei um tanto com sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato em cima dos programas e memórias repetentes que me impediam visualizar está verdade, “invisível como o tigre no bambuzal”.
São eles e elas que justamente “bem ocultos” pela própria mídia, estão aí para impor aos povos sua milenar ideologia e políticas de condução e escravização das massas. Somos até aqui o que “os verdadeiros donos” das mídias em todas as épocas nos dizem para sermos...

Empregando sempre tecnologia de ponta na manipulação de cérebros nos fazem acreditar sem contestação em tudo o que nos dizem. Está na TV? Ah, então é verdade. Não está na TV? Não aconteceu e não é verdade. Pode ser verdade ou mentira, mas se não está na TV não aconteceu. Aceitamos isso com absurda naturalidade. Este é o ponto a que chegamos de doutrinação, entrega e manipulação de nossas mentes. Limpemos isso fervorosamente, sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato!
A mídia mantém-nos de cabeça baixa pela sofisticadíssima manutenção de programações de memórias em permanente reverencia ao cume da pirâmide.
Aceitamos, ou seremos execrados, perseguidos e expulsos do “paraíso virtual” por eles construído para nós, o qual está sempre, de alguma forma, propositalmente em escassez de tudo, ameaçado de extinção e distante para a maioria.

Os modelos de sentimentos e emoções são impostos por imagens, palavras e símbolos, sons ou a combinação desses vetores, tendo preferencialmente como alvos os idosos e os mais jovens. Massa mais vulnerável, maleável, programável.

Estado de guerra permanente contra tudo e todos!

Que cumpram as ordens, pois não é permitido ter a liberdade de uma identidade própria, muito menos amorosa.

Usam a dualidade da força do medo contra a razão como eficiente fator divisor para maiores e melhores manobras jogando uns contra os outros.Sistematicamente buscam sempre o campo irracional e fértil da explosão. Quanto menos capacidade de crítica houver, melhor. O pensamento se esvai manipulando memórias, não resolve os conflitos e o corpo padece. Está no E – Book (GRATUITO) pág. 47. A mídia sabe disso. Precisa fazer você não esquecer. Os técnicos especialistas que usam a mídia para este fim doloso sabem disso.GRIPES E TODAS AS DOENÇAS (um estado doentio permanente), CRIMES, BANALIZAÇÃO DA MORTE E DESPREZO PELA VIDA em busca da CORRUPÇÃO DOS COSTUMES.
A manutenção do estado de medo adoece, a medicação dos sintomas físicos no corpo pelo permanente estado de medo aumenta e cronifica o adoecimento.

Há sobre estas premissas uma arquitetada engenharia sem precedentes, montada pelo sistema, não só para manter-nos sob seu controle, bem como para enquanto isso ganhar muito dinheiro com isso mesmo.
Permitam-me citar uma reflexão contida no livro “O elo perdido da medicina” do Dr. Eduardo Almeida para cientificar estas ações. Pág. 183

“A matéria é uma forma de energia, mas o grande processo energético é invisível. É sobre esta vertente de pensamento que se quer estabelecer, no campo médico, novas contribuições para aplicação no conhecimento da vida, do organismo humano e compreensão do adoecimento. Como dizia Carlo Rubia (premio Nobel de física em 1984), “A parte que vemos da matéria é apenas um bilionésimo dos fenômenos que acontecem na natureza”, ou seja, a ciência que considera o fenômeno da energia ou dos campos cobre apenas um bilionésimo dos fenômenos cósmicos e das partes subordinadas."

Subordinados a eles! É assim que nos querem e para isso impõem à escassez planejada, de tudo.
Uma vez que você se encontra no estado de espírito de “sobrevivência”, você está em um estado de espírito defensivo. Você está acuado no estado de medo permanente. Você realmente não está mais usando sua força.
Individualmente, você entregará sua força porque você concluiu que existe alguma coisa para sobreviver. Então, quando você pensa que tem que sobreviver, você entrega sua força a eles na tentativa de escapar à pressão. Limpemos isso com fervor imediatamente, sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato! Precisamos estabelecer uma nova condição.
Mas a idéia não é sobreviver; a idéia é justamente ser.
Ser é bem diferente quando descobrimos que não temos sido 100% responsáveis por criar nosso universo físico como ele é. Estamos soterrados por uma montanha programações de lixo em memórias mentirosas historicamente repetidas milenares vezes.

A mídia manipula, mente ou omite a verdade para manter-nos fora da realidade sob permanente pressão e medo.

Mente e reclama de tudo o tempo todo a tal ponto que até a previsão do tempo atualmente é uma ficção. Aquecimento global, todos os crimes, grades e farpados, óvnis, terroristas, torturas, balas perdidas, novas doenças, extraterrestres que virão nos salvar ou atacar. Escassez de tudo; dinheiro, água, comida e tudo o mais que puder nos aterrorizar. Um horror!
Pronto! Você agora está como e onde eles querem. Apavorado e se sentindo um pano de chão. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato!
E o maior crime é amar ao próximo como a si mesmo sem esperar gratidão.
Estímulo total às competições... Farinha pouca meu pirão primeiro! Não dê a outra face. É olho por olho e dente por dente. Se de algum modo sobrevivermos a isso, seremos todos ao final, ainda escravos, dementes, famintos, cegos e desdentados.

Nossa tão propalada liberdade de escolha não passa de ficção. Podemos escolher toda sorte de quinquilharias e inutilidades em inumeráveis formas, cores e tamanhos diferentes em lojas diferentes, com cartões diferentes, porém iguais, gastando o dinheiro que não temos comprando coisas que não precisamos e que não nos possibilitam uma identidade própria.

Há milênios o estado de terror reciclado é permanente. O dinheiro “de plástico” é o nosso novo elo no grilhão que permite esta “liberdade”. Ficção? Esqueceu seu celular? Seu vizinho está de olho em você. Fique de olho nele enquanto está assistindo ao “bigbrother”. Se ele tentar fugir dessa "prisão", ridicularize-o, abandone-o ou acuse-o às "autoridades"... Esta é a moda que não sai de moda, não há ninguém na sala, mas a TV, os rádios, os “ipods”, o celular no carro, os sons invasivos estão ligados... E você, desligado. Ta ligado?

Onde a mudança de planos será decidida?

Não será um lugar físico; será na consciência de todos nós. O que nós precisamos fazer não é acumular armas, estocar alimento e adotar um modo de sobrevivência; nós precisamos é pegar de volta o controle de nossas mentes! Isso é o que nós precisamos fazer.




Limpemos permanentemente tudo isso que foi preciso expor para podermos daqui em diante ver e afirmar uma nova condição de boa saúde, bem aventurança e prosperidade para o nosso bem e o bem de todos, já.

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato! E assim está feito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails