O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Bala "perdida"? Será?


A você não pode ser negado nada que é perfeito, íntegro, completo, e correto quando você é seu Eu verdadeiro em primeiro lugar. Ser seu Eu verdadeiro faz com que você vivencie automaticamente a perfeição de Pensamentos, Palavras, Atos e Ações Divinas. Se você se permite em primeiro lugar pensamentos tóxicos , você automaticamente vivencia a imperfeição da doença, confusão, ressentimento, depressão, culpa e pobreza.”
Dr. Ihaleakala Hew Len em “Zero Limits”

“Você não sabe bem como, nem porque ligou a TV sem que houvesse de fato uma vontade sua e verdadeira? Você não quer fazer mais isto e, no entanto, ainda não consegue não fazer? Não tem importância, não se desespere por isto e não desista! Vamos olhar este fato por um novo ângulo?
Inicialmente proponho compreendermos que nós não temos a necessidade de tentar mudar o mundo.

O mundo será melhor na medida em que nos melhorarmos a nós mesmos. E melhorar é assumir 100% de responsabilidade sobre tudo o que você vivencia.

Bem antes de conhecer o Ho’oponopono da Identidade Própria, havia decido cuidar da minha alma, pois compreendera, a partir de uma situação limite em 1994 quando uma bala "perdida" me encontrou e duas grandes mãos me tiraram da linha de tiro fatal, a bala ia ao coração e a "empurradinha das mãos" fez com que ela entrasse e saísse pelo braço esquerdo. Vi a bala e virei-me para agradecer as benditas mãos, não havia ninguém... Ninguém visível aos olhos. "Caiu-me a ficha": a coisa mais importante na minha existência era minha alma e nós não estamos, como costumamos pensar, "exatamente" no comando. Quem está no comando? Precisava conhecê-la melhor, amá-la mais, cuidá-la mais, pois como disse Sócrates o imortal filósofo, a alma é a nossa imortalidade.

Deus me deu excelente máquina viva para abrigar este espírito imortal e eu não me dava conta disso? Eu não me pertenço, pertenço a Ele, não como propriedade, objeto particular, mas, como parte integrante d’Ele, sou Sua criatura, sou parte inseparável de Seu Ser. Nós somos Um, o todo, o tudo! O ETERNO CAMPO QUÂNTICO INFINITO EM EXPANSÃO!

Pois foi assim, cuidando de fazer melhor, da melhor maneira que pudesse e sempre com presteza, mas sem correria (não devemos confundir rapidez com pressa e correria) "as pequenas coisas", "as coisas mais singelas, banais"; lavar o prato depois da refeição, talheres, não pedir ao outro aquilo que eu devesse e pudesse fazer, e fosse o que fosse, da mais simples a mais complexa e menos agradável tarefa, que acabei encontrando esta filosofia da responsabilidade por tudo aquilo que vejo, toco, e vivencio. Experimente!

Tudo está em paz se eu estou no presente, que é a única coisa "real" e onde devemos permanecer, passado e futuro são memórias se repetindo, inesiste aí qualquer possibilidade de estar em paz que é nossa única missão em nossa existência.

Trecho abaixo é de Auto importância no site http://pistasdocaminho.blogspot.com/search/label/Carlos%20Castaneda

"O contato com sua transcendência deixa uma marca indelével no caráter do aprendiz.
Este entende de uma vez por todas que toda energia do Universo está conectada. Não há um mundo de objetos que se relacionam entre si através de leis físicas. O que existe é um panorama de emanações luminosas inextricavelmente ligadas, no qual nós podemos fazer interpretações na medida em que o poder de nossa percepção o permita. Todas as nossas ações contam, porque elas desencadeiam avalanches no infinito. Por isso nenhuma vale mais que outra, nenhuma é mais importante que outra”.


Para aprender mais sobre o Ho’oponopono baixe o e-book Ho’oponopono grátis!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos, estamos aqui para compartilhar experiências que nos iluminem, mas, por força de impertinentes baixas vibrações planetárias sou obrigado a moderar os comentários. Para bons comentadores este pingo é letra. Sintam-se em casa. E muito grato pela lúcida carinhosa presença. Venham sempre que lembrarem, se gostarem divulguem, compartilhemos nossas descobertas.Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato. A faxina é infinita.

Related Posts with Thumbnails